FILMES E SÉRIES

O ator Armie Hammer em cena de Morte no Nilo

Divulgação/20th Century Studios

Discovery+

Armie Hammer: Escândalo sobre canibalismo será tema de documentário

Ator caiu em desgraça após acusações de abuso; filme vai explorar histórias sórdidas de cinco gerações da família Hammer

André Zuliani

Acusado de estupro e canibalismo, o ator Armie Hammer terá a sua história contada em um especial produzido para o Discovery+. O escândalo envolvendo o astro de filmes como Morte no Nilo (2021) e Me Chame Pelo Seu Nome (2017) será tema do documentário, que também irá explorar o passado de sua família.

Intitulado House of Hammer (Casa Hammer, em tradução livre), o filme vai explorar histórias sórdidas de cinco gerações da família do ator. De acordo com a descrição oficial da produção, o especial vai usar várias imagens de arquivos e entrevistas com sobreviventes dos abusos para expor uma “dinastia disfuncional com os personagens masculinos do clã e as consequências devastadoras do privilégio branco”.

“Devassidão. Engano. Abuso. Vício. Corrupção. Ao longo de cinco gerações, os homens da família Hammer têm mais segredos e escândalos do que qualquer cofre pode conter. Os supostos crimes de Armie Hammer são apenas a ponta do iceberg”, disse um porta-voz do Discovery+ em comunicado oficial. O documentário será uma coprodução entre a plataforma e o canal ID.

Acusações em 2021

No ano passado, o ex-astro de 35 anos foi acusado de estupro e outras violências contra mulheres após uma das vítimas se pronunciar. “Em 24 de abril de 2017, Armie Hammer me estuprou violentamente por mais de quatro horas em Los Angeles, durante as quais ele repetidamente bateu minha cabeça contra uma parede, machucando meu rosto. Ele também cometeu outros atos de violência contra mim com os quais eu não consenti”, disse a moça, identificada apenas como Ellie.

Segundo a revista Entertainment Weekly, as polêmicas envolvendo a família do ator, que controla um império de petróleo nos Estados Unidos, começaram há várias décadas. Um dos personagens mais marcantes destas histórias macabras é Armand Hammer (1898-1990), avô de Armie Hammer, que também será tópico do documentário.

Relembre o caso

A suposta má conduta de Hammer veio à tona em janeiro do ano passado, quando surgiram alegações nas redes sociais de que ele havia enviado mensagens perturbadoras para várias mulheres no Instagram que diziam ter tido relações sexuais com ele. Na época, o ator negou as acusações e eventualmente se internou em uma clínica de reabilitação para lidar com o vício em drogas.

Por conta das acusações, Hammer perdeu vários papéis no cinema e na TV. Ele estava confirmando no elenco de The Offer, série do Paramount+ sobre os bastidores de O Poderoso Chefão (1972), mas acabou descartado e substituído por Miles Teller (Whiplash).

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

André Zuliani

Repórter de séries e filmes. Viciado em cultura pop, acompanha o mundo do entretenimento desde 2013. Tem pós-graduação em Jornalismo Digital pela ESPM e foi redator do Omelete.

Ver mais conteúdos de André Zuliani

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal