FILMES E SÉRIES

William Hurt no Oscar de 1986

Reprodução/Oscars

Obituário

Morre William Hurt, vencedor do Oscar por filme de Babenco

Ator é conhecido por ganhar o Oscar de 1985 por O Beijo da Mulher-Aranha, de Hector Babenco

Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

O ator William Hurt, vencedor do Oscar por O Beijo da Mulher-Aranha, dirigido por Hector Babenco; morreu neste domingo (13) de causas naturais. Ele tinha 71 anos e deixa quatro filhos. Sua morte foi confirmada pelo amigo Gerry Byrne (via Variety).

Nascido em 20 de março de 1950 em Washington, nos Estados Unidos, Hurt frequentou a Universidade Tufts, onde estudou teologia. Após se interessar por atuação, ele se juntou à divisão de drama da Juilliard School. O ator possui um amplo currículo no teatro e ganhou um Theatre World Award em 1978, por atuações em diferentes peças.

No mundo das telonas, Hurt foi indicado ao Oscar por um total de quatro vezes ao longo de sua carreira. Depois de levar a estatueta por sua atuação em O Beijo da Mulher-Aranha de 1985, ele concorreu novamente como melhor ator em Filhos do Silêncio de 1986 e em Nos Bastidores da Notícia de 1987. Também competiu na categoria de melhor ator coadjuvante da premiação em Marcas da Violência, de David Cronenberg, em 2005.

Hurt também apareceu em produções televisivas, com destaque para Damages, que lhe rendeu uma indicação ao Emmy. Sua carreira prosseguiu com aparições em filmes como A.I. – Inteligência Artificial (2001), A Vila (2004), O Bom Pastor (2006), Instinto Secreto (2007), Na Natureza Selvagem (2007) e Robin Hood (2010).

Recentemente, o ator apareceu também no universo cinematográfico da Marvel por meio de O Incrível Hulk, de 2008, como o general Thaddeus Ross. Ele reprisou o papel em filmes como Capitão América: Guerra Civil, Vingadores: Guerra Infinita, Vingadores: Ultimato e Viúva Negra.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

Repórter da Tangerina, Jessica Pinheiro já cobriu games e tecnologia em veículos coo IGN Brasil, Loading TV e The Enemy. É streamer nas horas vagas e nasceu no Ceará, mas infelizmente não tem sotaque. Ama karaokê e também assina a Koluna Pop, onde traz todas as novidades do universo do k-pop.

Ver mais conteúdos de Jessica Pinheiro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal