Por que atriz fingiu 'ser ET' para atuar com marido de Britney Spears? - Tangerina

FILMES E SÉRIES

Sam Asghari com o elenco de Black Monday

Divulgação/Showtime

BLACK MONDAY

Por que atriz fingiu ‘ser ET’ para atuar com marido de Britney Spears?

Casey Wilson decidiu que seria de outro planeta para não bombardear o modelo e ator Sam Asghari com perguntas sobre a princesa do pop

Luciano Guaraldo

A atriz Casey Wilson decidiu fingir ser uma alienígena quando soube que iria contracenar com o modelo e ator Sam Asghari, marido de Britney Spears, na comédia Black Monday (2019-2021). Na época, a cantora ainda não havia se casado, mas vivia o auge do movimento #FreeBritney, que buscava libertá-la da tutela do pai, Jamie Spears.

“Claro que nós amamos Britney Spears e queríamos vê-la livre desesperadamente! Mas, ao mesmo tempo, queríamos ser apropriados e não ficar perguntando as milhares de perguntas que nós tínhamos”, contou Casey Wilson ao programa de rádio The Jess Cagle Show.

Na tentativa de manter o respeito pelo ator, que participou de apenas três episódios de Black Monday, a atriz e seu colega de elenco Andrew Runnels bolaram um plano para não bombardeá-lo com dúvidas sobre Britney Spears, a tutela do pai e o relacionamento do modelo com a cantora.

“Nós combinamos de fingir que éramos ETs que acabaram de pousar na Terra e não sabem nada a respeito da vida por aqui. Nós nem sabemos o que é música. Não somos deste planeta, somos tespianos”, explicou ela, em uma referência à palavra “thespian”, usada para se referir a atores.

Casey Wilson em Black Monday

Casey Wilson em Black Monday

Divulgação/Showtime

O plano de Casey Wilson e Andrew Rannels era que os dois fossem muito respeitosos com Sam Asghari em um primeiro momento para ganharem a confiança dele e, depois, fazerem algumas perguntas sobre como era estar com Britney Spears –ou talvez até conhecê-la? “Mas demoramos demais e não deu tempo. E a culpa é nossa”, admitiu ela.

Em um dos três episódios de que participou, Asghari teve uma cena de sexo com Casey. E ela brincou com a situação: “Às vezes Deus te coloca no lugar certo, na hora certa. Eu fui a escolhida! Alguém tinha de simular uma transa com esse homem no auge do movimento #FreeBritney. E esse alguém era eu!”.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal