FILMES E SÉRIES

A Palma de Ouro, prêmio máximo do Festival de Cannes

Divulgação/Festival de Cannes

Festival de Cannes

Festival de Cannes 2022 terá coprodução brasileira, Cronenberg e Elvis

Edição 2022 do festival tem filme coproduzido pela brasileira RT Features, longas de David Cronenberg e Hirokazu Kore-Eda e estreia da cinebiografia de Elvis Presley

Natalia Engler

Natalia Engler

O Festival de Cannes 2022 terá uma programação cheia de grandes nomes do cinema, mas com uma participação brasileira mínima. Na lista dos filmes selecionados para a 75ª edição do evento, anunciada nesta quinta-feira (14), o Brasil aparece representado apenas pela RT Features, comandada por Rodrigo Teixeira, que coproduziu Armageddon Time, novo filme de James Gray (Ad Astra, Era uma Vez em Nova York) que tem Anne Hathaway, Anthony Hopkins e Jeremy Strong no elenco.

O Festival de Cannes 2022 será realizado de 17 a 28 de maio, na cidade francesa que dá nome ao evento.

Além do filme de Gray, a seleção oficial, cujos filmes competem pela Palma de Ouro —prêmio máximo do evento— ainda conta com novas produções de grandes nomes como o estadunidense David Cronenberg, que apresenta Crimes of the Future, que tem Kristen Stewart no elenco.

Além dele, a mostra competitiva do Festival de Cannes 2022 ainda conta com títulos dos irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne (de Dois Dias, Uma Noite e O Garoto da Bicicleta), da francesa Claire Denis (diretora de High Life e 35 Doses de Rum), do japonês Hirokazu Kore-Eda (de Assunto de Família e Pais e Filhos) e do sul-coreano Park Chan-Wook (diretor de Old Boy e A Criada).

Fora da competição, Baz Luhrmann (Moulin Rouge, O Grande Gatsby) apresenta Elvis, cinebiografia do “rei do rock”, e George Miller (Mad Max) exibe Three Thousand Years of Longing, protagonizado por Idris Elba e Tilda Swinton. A aguardada sequência de Top Gun, Top Gun: Maverick, também será finalmente apresentada ao público do Festival de Cannes 2022 depois de adiamentos causados pela pandemia de Covid-19, e Tom Cruise receberá uma homenagem do evento.

Cena do filme Crimes of the Future, de David Cronenberg, selecionado para o Festival de Cannes 2022

Trailer de Crimes of the Future

Filme de David Cronenberg com Kristen Stewart compete pela Palma de Ouro

Brasil no Festival de Cannes

Vale lembrar que produções brasileiras vinham alcançando destaque no Festival de Cannes nos últimos anos. Em 2019, por exemplo, Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, venceram o prêmio especial do júri, o terceiro mais importante do evento, enquanto A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, de Karim Aïnouz, foi escolhido o melhor filme da mostra Um Certo Olhar, a segunda mais importante do festival.

Foi o ápice das produções nacionais em um dos principais festivais de cinema do mundo, resultado de anos de investimento público e desenvolvimento da indústria nacional, que vêm sofrendo um desmonte com as políticas de ataque à cultura do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL-SP).

A falta de investimentos no setor já se refletiu em 2021, primeira edição de Cannes depois do início da pandemia de Covid-19, quando nenhum filme foi selecionado para as duas principais mostras do evento. Títulos brasileiros entraram apenas na competição de curtas-metragens e outras mostras paralelas, como a Quinzena dos Realizadores e Cinéfondation. Há ainda há chances de títulos brasileiros serem selecionados este ano para essas mostras de menor destaque, cujas listas ainda não foram divulgadas.

Cena do filme Elvis, dirigido por Baz Luhrmann

Elvis, dirigido por Baz Luhrmann, será exibido fora da competição no Festival de Cannes 2022

Divulgação

Confira abaixo a lista dos filmes selecionados para o Festival de Cannes 2022 até o momento:

Seleção oficial do Festival de Cannes 2022

  • Armageddon Time, James Gray
  • Boy From Heaven, Tarik Saleh
  • Broker, Hirokazu Kore-eda
  • Close, Lukas Dhont
  • Crimes of the Future, David Cronenberg
  • Decision to Leave, Park Chan-wook
  • Eo, Jerzy Skolimowski
  • Frere et Soeur, Arnaud Desplechin
  • Holy Spider, Ali Abbasi
  • Leila’s Brothers, Saeed Roustaee
  • Les Amandiers, Valeria Bruni Tedeschi
  • Nostalgia, Mario Martone
  • Showing Up, Kelly Reichardt
  • Stars at Noon, Claire Denis
  • Tchaïkovski’s Wife, Kirill Serebrennikov
  • Triangle of Sadness, Ruben Ostlund
  • Tori and Lokita, Jean-Pierre e Luc Daradenne
  • RMN, Cristian Mungiu

Mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes 2022

  • All the People I’ll Never Be, Davy Chou (Camboja)
  • Beast, Riley Keough e Gina Gammell (EUA)
  • Burning Days, Emin Alper (Turquia)
  • Butterfly Vision, Maksim Nakonechnyi (Ucrânia)
  • Corsage, Marie Kruetzer (Áustria)
  • Domingo and the Mist, Ariel Escalante Meza (Costa Rica)
  • Godland, Hlynur Pálmason (Islândia)
  • Joyland, Saim Sadiq (Paquistão)
  • Metronom, Alexandru Belc (Romênia)
  • Plan 75, Hayakawa Chie (Japão)
  • Rodeo, Lola Quivoron (França)
  • Sick of Myself, Kristoffer Borgli (Noruega)
  • The Silent Twins, Agnieszka Smocynska (Polônia)
  • The Stranger, Thomas M. Wright (Austrália)
  • Les Pires, Lise Akora e Romane Gueret (França)

Fora de competição

  • Elvis, Baz Luhrmann
  • Z (Comme Z), Michel Hazanvicius — filme de abertura
  • Mascarade, Nicolas Bedos
  • November, Cédric Jimenez
  • Three Thousand Years of Longing, George Miller
  • Top Gun: Maverick, Joseph Kosinski

Sessões da meia-noite

  • Fumer fait tousser, Quentin Dupieux
  • Hunt, Lee Jung-Jae
  • Moonage Daydream, Brett Morgen

Exibições especiais

  • All That Breathes, Shaunak Sen
  • The Natural History of Destruction, Sergei Loznitsa
  • Jerry Lee Lewis: Trouble in Mind, Ethan Coen

Cannes Première

  • Dodo, Panos H. Koutras
  • Irma Vep, Olivier Assayas
  • Nightfall, Marco Bellocchio
  • Nos Frangins, Rachid Bouchareb
Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Natalia Engler

Natalia Engler

Natalia Engler é editora-chefe da Tangerina. Jornalista, mestra em audiovisual pela ECA-USP e pesquisadora de gênero e cultura pop, passou por Omelete, UOL, Folha e Ansa. Do feminismo e do Carnaval.

Ver mais conteúdos de Natalia Engler

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal