FILMES E SÉRIES

Jéssica Barbosa em cena de Vai Dar Nada

Fábio Rebelo/Paramount+

JÉSSICA BARBOSA

Atriz revela caso de racismo durante gravação de longa em Porto Alegre

Jéssica Barbosa foi do céu ao inferno durante as filmagens de Vai Dar Nada. Com um papel de destaque, a atriz foi vítima de racismo

Luciano Guaraldo

Jéssica Barbosa foi do céu ao inferno durante as filmagens de Vai Dar Nada, primeiro longa original brasileiro do Paramount+. Feliz com a oportunidade de ter uma personagem de destaque em uma produção tão importante, ela foi vítima de racismo em Porto Alegre (RS), onde o filme de Jorge Furtado e Guel Arraes foi rodado.

Em conversa exclusiva com a Tangerina, a atriz revela que essa situação complicada faz mais parte da rotina dos negros no Brasil do que qualquer um gostaria. “Por isso é importante um filme como o Vai Dar Nada, que tem eu, o Cauê [Campos], a Kizi [Vaz]. Tem atores negros, tem a questão racial, mas não é aquele lugar cheio de dedos para cumprir uma cota de representatividade. Porque aí fica engessado e não é de verdade”, aponta.

“Talvez por isso, quando chegamos em Porto Alegre, hospedados em um hotel chique, andando de BMW para cima e para baixo, sendo muito bem tratados pela equipe, nós nos chocamos com o racismo local. Porque estávamos vivendo uma situação que não era de verdade e, de repente, nos deparamos com a realidade do nosso país, com o baque de que Porto Alegre é uma cidade extremamente racista em que nos deparamos com racismo até no hotel”, desabafa Jéssica Barbosa.

A artista acredita que a representatividade no cinema e na TV precisa ir além do que é visto nas telas. “Sabemos que o cinema é majoritariamente branco. Mas as estruturas precisam ser modificadas. A transformação real não é só na dramaturgia, mas no jeito que se trata o ator, no valor do cachê, na comida que servem, se no final das filmagens convidam a equipe toda para a festa de encerramento. É sobre isso. Ainda temos muita luta pela frente.”

Heroína com falhas

Vai Dar Nada chama a atenção por transformar contraventores em mocinhos. Mas Rebeca, a personagem de Jéssica Barbosa, é um ponto fora da curva. Enquanto o irmão, Kelson (Cauê Campos), é um ladrão de carros que tenta se dar bem a qualquer custo, a mocinha é apenas uma estudante de Direito que quer pagar as contas, sustentar a casa e fazer a coisa certa.

A atriz, porém, é rápida para apontar que Rebeca não é tão perfeitinha assim. Afinal, ela se apaixona pelo golpista Fernando (Rafael Infante), dono de um desmanche, casado com Suzi (Katiuscia Canoro) e grande vilão da história. “Quando a Rebeca chegou para mim, com essas características, isso me gerou uma questão: ‘Gente, por que ela se envolve com esse cara?’. Uma mulher dessa idade, já na faculdade, de periferia, ela não é uma virgem inocente, não é a mocinha da novela. Então eu coloquei na Rebeca uma coisa de ela ser um pouco interesseira também”, explica.

“Acho que a gente precisa parar de pensar nesses papéis de maneiras estereotipadas e às vezes meio flat [lineares], de que a personagem romântica é só boazinha e mocinha. Precisa humanizar, então a Rebeca é um pouco interesseira também. O olho dela brilha quando ela vê a vista da casa do Fernando. Ela fica ligada nas fotos da reforma do apartamento… Ela tem seu lado que não é só bom, como todo ser humano”, indica a intérprete.

Confira o trailer do filme, já disponível no Paramount+:

Rafael Infante em Vai Dar Nada

Vai Dar Nada

Confira o trailer da comédia nacional do Paramount+

Colaborou André Ricardo

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal