FILMES E SÉRIES

Imagem promocional da Crunchyroll

Divulgação/Crunchyroll

Animes

De One Piece a Jujutsu Kaisen: Os 15 melhores animes da Crunchyroll

De One Piece a Haikyuu, veja o que há de melhor no serviço de streaming de anime

Sayumi

Sayumi

As animações japonesas ganharam novo fôlego no Brasil nos últimos anos, com a chegada de novos serviços de streaming cheios de opções e gerando a dúvida: qual os melhores animes para assistir em plataformas como a Crunchyroll?

Caso você não conheça, a Crunchyroll é um dos serviços de streaming que licencia animes para o Brasil, recheado com novas e antigas animações. Ela tem um catálogo extenso, com ótimos títulos e sempre está anunciando novas dublagens. A plataforma é uma das responsáveis por renovar o amor dos brasileiros por essas produções, que ganharam o coração de muita gente a partir da década de 1990.

Assistir a Dragon Ball Z na TV Globinho todos os dias era o momento sagrado de muitas crianças e adolescentes da época, você se lembra?

Se você já assina ou está pensando em assinar o serviço e quer saber quais os melhores animes da Crunchyroll, esta lista é pra você. A Tangerina indica 15 animes incríveis, que podem agradar todos os tipos de pessoas e gostos, disponíveis na ‘crunchy’.

Haikyuu!!

Imagem de Haikyuu!!

Haikyuu!! gira em torno de um time escolar de vôlei e tem várias referências ao esporte no Brasil

Divulgação/Crunchyroll

O anime de vôlei acompanha o pequeno Hinata. Ele tem como sonho ser uma grande estrela do vôlei, ou melhor, um pequeno gigante. Nós acompanhamos sua trajetória junto de seu time, Karasuno, rumo ao topo do esporte no Japão.

Haikyuu!! encanta por ter muitos personagens carismáticos, interações divertidas entre eles e muitos momentos épicos durante as partidas, além de trazer muitas lições sobre amizade, autoconfiança e companheirismo.

Se você assistiu Super 11 (Inazuma Eleven) na TV ou gosta de animes de esporte em geral, com certeza vai gostar de Haikyuu!!. É um anime obrigatório para os amantes do gênero.

A história é cheia de emoção e as músicas que compõem a trilha sonora contribuem para certos momentos serem ainda mais marcantes. Algumas músicas eu escuto religiosamente seis vezes antes do café da manhã.

Leva que tá doce: Muitas lições sobre amizade, autoconfiança e companheirismo.

Dois pelo preço de um: Se você gostou de Super 11 (Inazuma Eleven), vai gostar de Haikyuu!!

Presta atenção, freguesia: Músicas que compõem a trilha sonora contribuem para certos momentos serem ainda mais marcantes.

Assista na Crunchyroll.

Yona of The Dawn (Akatsuki no Yona)

Imagem de Yona of the Dawn

Yona of the Dawn traz conflitos políticos em cenário feudal

Divulgação/Studio Pierrot

Imagine uma princesa que tem como única preocupação da vida o próprio cabelo. Essa era a nossa protagonista, Yona. Tudo muda em seu aniversário de 16 anos, quando seu pai, o rei de Kouka, é assassinado. Ela é obrigada a fugir acompanhada de seu fiel guarda-costas e melhor amigo de infância para não acabar morta também.

Yona é forçada a amadurecer rapidamente e, ao sair por seu reino procurando por abrigo, descobre que o falecido imperador não era tão bom assim. Agora, para recuperar seu trono por direito e consertar os erros de seu pai, a jovem precisa cumprir uma profecia que envolve dragões.

Com uma união entre temas místicos, ação e boas doses de romance, a história traz várias reflexões políticas que refletem sobre nossa situação na atualidade, mesmo com o cenário feudal do anime.

Obra perfeita para os amantes de romance com muita ação e boas lutas. O estúdio Pierrot, responsável pela animação, é o mesmo de Naruto, Tokyo Ghoul e Black Clover, e eles dão um show no design de personagens que, apesar de bem fiel ao mangá, é belíssimo. 

Leva que tá doce: O anime, um dos melhores da Crunchyroll, mistura o místico com ação, tem boas doses de romance e várias reflexões políticas.

Dois pelo preço de um: A história de Yona é muito parecida com a de Anastasia. Se você gostou da animação lançada pela Fox em 1997, vai gostar deste anime.

Presta atenção, freguesia: O estúdio responsável pela animação, Pierrot, é o mesmo de Naruto, Tokyo Ghoul e Black Clover.

Bungo Stray Dogs

Imagem de Bungo Stray Dogs

Bungo Stray Dogs é história de investigação com referências a grandes autores da literatura

Divulgação/Crunchyroll

Em Bungo Stray Dogs, acompanhamos a história de Atsushi, um jovem que quase morre de fome após ser expulso do orfanato onde vivia. Por sorte, ele é resgatado por Osamu Dazai, um excêntrico membro de uma agência de detetives capaz de resolver casos que a polícia não consegue.

O destino dos dois é entrelaçado após Atsushi ajudar Dazai a solucionar um crime envolvendo um tigre. A vida do protagonista muda completamente e pessoas pra lá de esquisitas começam a cruzar seu caminho com frequência.

Cada personagem de Bungo Stray Dogs é único e todos são bem trabalhados na história, então você com certeza vai acabar se identificando com algum, além de aprender lições ótimas sobre confiança e superação.

Para finalizar, temos detetives e poderes sobrenaturais acompanhados por um pouquinho de mistério e muita ação, ou seja, se você gosta de animes com boa história e lutas empolgantes, ‘Bungou’ é perfeito para você.

Leva que tá doce: Personagens únicos e todos bem trabalhados, então você com certeza vai acabar se identificando com algum e aprendendo lições ótimas sobre confiança e superação.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de boa história e lutas empolgantes, como em Naruto ou Dragon Ball, vai gostar desse.

Presta atenção, freguesia: Cada personagem do anime representa um autor da literatura, principalmente Japonesa, e desde seus nomes, até seus poderes, tem haver com suas vidas

Jujutsu Kaisen

Imagem de Jujutsu Kaisen

Jujutsu Kaisen tem lutas, personagens carismáticos e poderes sobrenaturais

Divulgação/Crunchyroll

Yuji Itadori sempre foi um jovem com atributos físicos acima da média. No Japão, isso faz dele um aluno cobiçado pelos clubes de esportes de sua escola. Ele se daria bem em qualquer atividade esportiva, mas preferiu se juntar ao clube de ocultismo.

Após a morte de seu avô, seus colegas de clube descobrem um estranho item que acaba desencadeando uma série de eventos estranhos e perigosos envolvendo demônios. O resultado? Yuji passa a dividir o seu corpo com uma entidade amaldiçoada chamada Ryoumen Sukuna, selada há milhares de anos.

Jujutsu Kaisen tem todos os clichês dos famosos animes de ação: um trio de protagonistas fortes e divertidos, um mestre fortão e um drama envolvendo a proteção da humanidade. Entretanto, esses clichês são tão bem utilizados que tornam a história excelente e emocionante.

Leva que tá doce: Tem todos os clichês dos animes de ação, embalados de uma forma emocionante.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de Bleach e Yu Yu Hakusho, vai gostar desse.

Presta atenção, freguesia: Lutas bonitas de se assistir e empolgantes, animadas pelo estúdio MAPPA.

The God of High School

Cena de The God of High School

Em The God of High School, torneio premia campeão com qualquer desejo

Divulgação/Crunchyroll

The God of High School conta a história de Jin Mori, um estudante que sonha em participar do histórico torneio que dá nome à animação, uma das melhores da Crunchyroll. O certame é disputado por alunos do ensino médio e decide quem é o mais forte entre eles. Além disso, o campeão recebe como prêmio a realização de qualquer desejo.

Como em todo bom anime de luta, os estudantes têm a força de guerreiros. A influência de suas famílias é algo primordial para que eles obtenham seus poderes, então a importância da família e amigos na vida dos personagens é muito abordada na história.

Porém, The God of High School não tem apenas combates. Os episódios nos dão pistas sobre estranhas conspirações. Então, se você gosta de ação, filmes de máfia e um bom mistério, acaba de encontrar seu anime ideal.

Leva que tá doce:  A história aborda a importância da família e amigos na vida das pessoas.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de Dragon Ball, que também tem muita ação e super poderes, vai curtir esse anime.

Presta atenção, freguesia: A história é a adaptação de um manhwa, os quadrinhos da Coreia do Sul, e a popularidade do anime no Ocidente foi importante para mostrar que há interesse na adaptação desse tipo de história.

Classroom of the Elite

Cena de Classroom of the Elite

Classroom of the Elite é definido por hierarquia rígida de estudantes

Divulgação/Crunchyroll

Tokyo Koudo Ikusei é um prestigiado colégio conhecido por preparar seus alunos para boas faculdades e empregos requisitados. Mas, por ser uma escola de elite, o local trabalha com um sistema de méritos. São quatro turmas. Na turma A estão os melhores alunos. Na turma D ficam os estudantes problemáticos.

Suzune Horikita acaba indo parar na turma D e acredita se tratar de um terrível engano, enquanto Kiyotaka Ayanokouji só quer terminar essa fase de sua vida o quanto antes. Porém Horikita está disposta a usar os meios necessários para ficar entre os melhores.

Em Classroom of the Elite, os jogos psicológicos entre alunos e professores durante a história são de tirar o fôlego. Além de o anime ser cheio de viradas, nenhum aluno é realmente o que parece ser e você acaba querendo saber mais sobre cada um deles.

Se você gosta de mistérios e lutas entre pessoas inteligentes, vai adorar essa história. Apesar de ter só uma temporada e o último episódio terminar em um momento empolgante, a light novel, livro de bolso no qual a história é publicada, ainda está em lançamento. Então podemos ter a esperança de que uma segunda temporada possa chegar.

Leva que tá doce: Os jogos psicológicos que acontecem entre alunos e professores durante a história são de tirar o fôlego.

Dois pelo preço de um: Assista a Classroom of the Elite se você gostou da série brasileira 3%, da Netflix, na qual uma sociedade é dividida em duas classes por exames preparatórios e onde todos escondem seus verdadeiros interesses.

Presta atenção, freguesia: A história é a adaptação de uma light novel que ainda está em lançamento.

Mob Psycho 100

Cena de Mob Psycho 100

Do mesmo criador de One-Punch Man, Mob Pyscho 100 conta história de jovem com poderes psíquicos

Divulgação/Crunchyroll

Kageyama Shigeo, mais conhecido como Mob, é um garoto do ensino fundamental com um sonho comum: ser notado pela garota que ele gosta. Porém, ele não é um garoto comum. Apesar de sua aparência, ele tem poderes psíquicos e trabalha em uma agência de exorcismos.

Mob esconde esse fato do máximo de pessoas que consegue e continua tentando levar sua vida da forma como uma pessoa normal, se esforçando para realizar seu maior objetivo.

Apesar dos poderes, Mob tem as mesmas preocupações de um garoto comum do ensino fundamental. A forma como ele lida com esses problemas traz muitos ensinamentos para quem assiste e ainda podemos contar com as preciosas filosofias de vida do Reigen sensei.

Leva que tá doce: A forma como Mob lida com esses problemas traz muitos ensinamentos para quem assiste.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de One Punch Man, vai gostar de Mob Psycho 100. 

Presta atenção, freguesia: ONE, o autor de One Punch Man, também escreve Mob Psycho 100. Portanto, as duas obras têm o mesmo tipo de humor e ação.

One Piece

Imagem de One Piece

Com mais de mil episódios, One Piece é um dos maiores animes de todos os tempos

Divulgação/Toei Animation

Em busca do One Piece, o mais cobiçado tesouro da era dos piratas, o jovem Luffy sai de sua terra natal em busca da tripulação perfeita para ajudá-lo a encontrar tamanha preciosidade e se tornar o rei dos piratas.

Sei que o número de episódios pode assustar, mas, depois de assistir tudo, você percebe que mil capítulos são pouco para toda a magnitude da história de One Piece, um dos melhores animes disponíveis na Crunchyroll.

Cheia de representatividade, personagens fortes, discussões políticas e um mundo fascinante muito bem escrito por Eiichiro Oda, One Piece tem de tudo um pouco. Mesmo que o foco seja na ação, em diversos momentos você vai chorar, passar raiva, se apaixonar e muito mais.

Sentimos que a história está caminhando para sua reta final e imaginem só quando for finalmente revelado o que é o One Piece? Será um dos maiores momentos da história dos animes. Você vai querer ser a pessoa que vai descobrir junto de todo mundo ou levar esse spoiler?

Leva que tá doce:  Porque é cheio de representatividades, personagens fortes, discussões políticas e um mundo fascinante muito bem escrito.

Dois pelo preço de um: One Piece é um dos pilares do gênero shounen, voltado a garotos, então vai agradar os fãs de animes consagrados no Brasil, como Dragon Ball, Naruto e Cavaleiros do Zodíaco.

Presta atenção, freguesia:  A história está caminhando para sua reta final e está cada vez mais próximo de ser revelado o que é o One Piece.

Kaguya-sama: Love Is War

Cena de Kaguya-sama: Love Is War

Em Kaguya-sama: Love Is War, o orgulho fica no caminho do amor entre dois estudantes

Divulgação/Crunchyroll

Kaguya Shinomiya e Miyuki Shirogane, líderes do conselho estudantil da prestigiada Academia Shuchiin, estão apaixonados um pelo outro. Porém, ambos são absurdamente orgulhosos para admitir essa paixão e brigam para ver quem faz o outro se declarar primeiro.

Uma das comédias românticas mais engraçadas que já assisti. A guerra intelectual que acontece apenas na cabeça desses dois é divertidíssima de assistir. O elenco de suporte também dá show. Todos os outros personagens que aparecem para contribuir no avanço dessa história de amor são muito carismáticos.

Apesar da guerra entre eles, durante os episódios temos muitos momentos fofos. E após assistir, tenho certeza que você vai se viciar nas músicas de abertura de ambas temporadas, 

Leva que tá doce: A guerra intelectual que acontece apenas na cabeça dos protagonistas é divertidíssimo de assistir.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de boa comédia e romances que avançam de forma inocente e devagar, como Ranma ½, vai gostar desse.

Presta atenção, freguesia: As músicas-tema cantadas por Masayuki Suzuki casam perfeitamente com o clima da história.

Cells at work! CODE BLACK!

Cena de Cells at Work! Code Black

Cells at Work! Code Black mostra o funcionamento do corpo humano

Divulgação/Liden Films

Com Naruto, aprendemos sobre o poder da amizade. Já com One Piece, aprendemos sobre o poder da persistência. E com Cells at Work! Code Black, aprendemos o que pode acontecer com nosso corpo se não cuidarmos corretamente dele.

Isso mesmo, é um anime sobre a vida cotidiana de células, mas essas pobres coitadas moram no corpo de um proletário que sofre de problemas cardíacos, tabagismo, alcoolismo, insônia e muitos outros problemas resultado de negligências com seu próprio corpo.

Os cenários são caóticos e desesperadores. Com certeza, depois de assistir esse anime você vai se endireitar na cadeira, buscar um copo d’água, maneirar no miojo por uma semana e comer frutas, mas juro que vale a pena. Além das aulas gratuitas de citologia, você também vai torcer e chorar por essas células sofredoras.

Se Code Black for demais para você, existe a versão ‘soft’ dessa mesma história, chamada apenas Cells At Work, que está disponível no catálogo da Netflix. Esse anime se passa em um corpo mais saudável, mas não menos azarado, porque até câncer aquela pessoa tem.

Leva que tá doce: Os cenários caóticos e desesperadores desse anime com certeza irão fazer com você tenha hábitos mais saudáveis por pelo menos uma semana.

Dois pelo preço de um: Cells at work! tem a mesma premissa da animação ocidental Osmose Jones – Uma Aventura Radical pelo Corpo Humano, da Warner Bros., só que sem a parte com atores.

Presta atenção, freguesia: Existe a versão ‘soft’ dessa mesma história, chamada apenas Cells At Work.

Dr. Stone

Imagem de Dr. Stone

Dr. Stone traz conflitos filosóficos em mundo pós-apocalíptico

Divulgação/Crunchyroll

Um evento misterioso acaba transformando toda a humanidade em pedra. 3 mil anos depois, a natureza toma conta do planeta e não se vê mais humanos. Tudo muda quando o jovem cientista Senku consegue se libertar. 

Por sorte ou destino, ele se torna o salvador da humanidade ao decidir trazer nosso mundo de volta ao que era. Porém, durante sua trajetória ele liberta Tsukasa, um forte e inteligente garoto que questiona Senku se todos os humanos merecem mesmo deixar de ser pedra.

São interessantes as discussões políticas da história. Os ideais de Senku se baseiam em dar uma segunda chance à humanidade, enquanto Tsukasa acredita que os humanos são culpados pela própria petrificação, e que apenas os jovens deveriam reconstruir o planeta.

Para quem adora física, Dr Stone, é a obra ideal. Ambos os lados lutam para evoluir rapidamente, então várias construções são feitas durante essa ‘Guerra Fria’, só que com os recursos que eles encontram na natureza.

Leva que tá doce: São bem interessante as discussões políticas que temos no desenrolar da história deste anime, um dos melhores da Crunchyroll.

Dois pelo preço de um: Uma história na qual dois personagens têm visões filosóficas distintas sobre o destino da humanidade vai agradar aos fãs de X-Men, com seu embate ideológico entre Magneto e o professor Xavier.

Presta atenção, freguesia: Já tem terceira temporada do anime anunciada, com Senku na América do Sul após desbravar os mares. Será que teremos brasileiros com mais de 3 mil anos sendo libertados da petrificação?

Hunter x Hunter

Cena de Hunter X Hunter

Hunter X Hunter é clássico do mesmo criador de Yu Yu Hakusho

Divulgação/Crunchyroll

Gon Freecss é um garoto que segue os passos do pai e se transforma em um caçador profissional. O jovem escolhe a profissão na esperança de reencontrá-lo um dia.

Mas, para poder desbravar os mistérios do mundo nesse emprego, é preciso passar por um extenso e desafiador exame. Durante a prova, Gon se torna amigo de outros três aspirantes a caçador: Killua, Kurapika e Leorio, e a união do grupo será fundamental para os desafios do processo.

A história é do tipo shounen, como Dragon Ball e Naruto, e utiliza muito bem todos os clichês e estereótipos dessa demografia. Além disso, temos lutas ótimas e vários momentos emocionantes. O arco das formigas é sempre lembrado quando falamos de Hunter x Hunter porque, além de ter uma das lutas mais incríveis dos animes, também tem uma das redenções mais bonitas.

A amizade entre Gon e Killua é uma das mais fortes que já vi, então acabamos aprendendo várias lições sobre companheirismo e também sobre confiar um nos outros. Além disso, no final da história temos uma personagem trans e várias discussões entre os personagens sobre tratá-la pelos pronomes certos.

Leva que tá doce: Uma bela história sobre companheirismo e amizade.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de Yu Yu Hakusho, vai gostar desse, já que ambos são escritos por Yoshihiro Togashi.

Presta atenção, freguesia: No final da história temos uma personagem trans e várias discussões entre os personagens sobre tratá-la pelos pronomes certos.

Welcome to Demon School! Iruma-kun

Cena de Welcome to Demon School! Iruma-kun

Em Welcome to Demon School! Iruma-kun, o mundo dos demônios acolhe o protagonista que dá nome à série

Divulgação/Crunchyroll

Iruma Suzuki é um azarado garoto que já passou pelas maiores dificuldades da vida por conta da falta de dinheiro de seus pais. Ele nunca foi para a escola e, desde que aprendeu a andar, trabalhou nos mais diversos tipos de empregos.

Mesmo passando por tanta coisa, Iruma nunca deixou de ser amável e tem o hábito de não negar favores para quem quer que seja. Como se não bastasse tudo isso, um belo dia seus pais acabam o vendendo para um demônio triste que tinha como sonho ter um neto.

Um humano vivendo e frequentando uma escola de demônios é muito caótico, mas a ida ao inferno mudou a sorte do garoto. É muito gostoso acompanhar as pequenas conquistas do protagonista, como fazer amigos, ir para a escola, ter férias de verão e passear.

Mesmo se passando em um universo fictício, essas pequenas coisas que Iruma não tinha em sua vida no mundo humano nos fazem refletir sobre outras pessoas, da nossa realidade, que também não tem essas ‘pequenas’ coisas em suas vidas.

Pode parecer dramático, mas Welcome to Demon School! Iruma-kun tem ótimos alívios cômicos. É o anime perfeito para ser assistido depois de um dia ruim. 

Leva que tá doce: É muito gostoso acompanhar Iruma conquistando pequenas coisas que deveriam ser comuns na vida de alguém, como fazer amigos, ir para a escola, ter férias de verão e passear.

Dois pelo preço de um: Iruma é bastante comparado a My Hero Academia, já que ambos os protagonistas são parecidos e estudam em uma escola na qual os alunos têm super poderes.

Presta atenção, freguesia: Todas as músicas cantadas na história são exclusivas do anime. Isso faz com que as pessoas achem o mangá mais maduro que o anime.

Chihayafuru

Imagme de Chihayafuru

Chihayafuru gira em torno do jogo de cartas Karuta

Divulgação/Crunchyroll

Chihaya é uma bela garota que sonha em ver a irmã mais velha se tornar uma modelo de sucesso. A pequena não se importa muito consigo mesma e tem um comportamento altruísta. Porém, tudo muda quando ela conhece o jovem Arata.

Ele apresenta a ela um jogo de cartas empolgante chamado Karuta. Após se encantar pela maneira como o garoto é apaixonado por essas cartas, ela toma para si o sonho de ser uma das melhores jogadoras de todos. Uma queen.

Ela acaba arrastando mais um amigo para esse jogo e juntos, os três se divertem enquanto jogam. Porém, o destino decide separá-los. Quatro anos depois, Chihaya continua em busca de seu sonho, porém Arata desistiu de jogar.

Acompanhar a história desses três é realmente emocionante. O estilo anime com competições, times e clubes realmente me agrada e é um dos que mais me deixa empolgada enquanto assisto. A pressão de cada jogo faz com que a gente se coloque no lugar dos personagens e você acaba totalmente envolvido com os sonhos deles.

Leva que tá doce: Chihayafuru traz algumas discussões ótimas no começo de sua história sobre papéis de gênero e  como mulheres que não tem muita feminilidade não são validadas pela a sociedade.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de histórias emocionantes com competições, como Super Campeões (Captain Tsubasa), vai gostar de assistir essa obra e ainda terá de brinde um dramático triângulo amoroso.  

Presta atenção, freguesia: É um dos poucos animes no currículo do estúdio Madhouse com mais de uma temporada.

Saga of Tanya the Evil

Cena de Saga of Tanya the Evil

Saga of Tanya the Evil aborda temática de guerra e religião

Divulgação/Crunchyroll

Após questionar durante toda sua vida sobre a existência de Deus, um homem é desafiado pelo próprio Criador a viver em uma condição diferente, na qual ele necessitará da proteção divina para sobreviver.

Então, este homem reencarna em 1923, no corpo de uma garotinha prodígio forçada a servir nas forças armadas no meio de uma guerra. Ela passa a viver em constante estado de alerta, pois precisa sobreviver, salvar pessoas, lutar por seu país e em momento algum clamar por proteção divina.

Esse anime tem uma história empolgante e cheia de questionamentos sobre religião e política. Por se passar em cenário de guerra, temos por diversas vezes Tanya questionando o porquê da maior força do universo não salvar os inocentes.

O anime tem versão dublada e arrasaram muito no elenco. As vozes combinaram bastante, deixando Saga of Tanya the Evil perfeito para quem quer assistir, mas ainda não se acostumou em assistir animes legendados.

Leva que tá doce:  História empolgante e cheia de questionamentos sobre religião e política.

Dois pelo preço de um: Se você gosta de histórias que unem guerra e religião, como as populares séries Vikings e The Lost Kingdom, esse anime vai te agradar bastante. Ele é uma daquelas provas que animes não são apenas para crianças e tem um plot cheio de discussões inteligentes que nos fazem refletir

Presta atenção, freguesia: O elenco da versão dublada em português é ótimo.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Sayumi

Sayumi

Sasa é podcaster, aspirante a jornalista, streamer de joguinhos fofos e fã de One Piece. Adora cultura pop asiática e fala sobre isso principalmente no Instagram.

Ver mais conteúdos de Sayumi

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal