FILMES E SÉRIES

Rosa e Momo

Divulgação/Netflix

Lista

Filmes estrangeiros: Os 30 melhores para assistir nos streamings

Olha aí os melhores filmes não falados em inglês disponíveis nas plataformas de streaming pra você dar uma variada

Melissa Andrade

Melissa Andrade

Toda semana, sem falta, entra uma galeria imensa de filmes novos nos catálogos das plataformas de streaming como Netflix, Prime Video, HBO Max, Telecine Play e Globoplay. O ponto é que, apesar da oferta imensa, nem sempre o tal do algoritmo ajuda e alguns ótimos títulos acabam passando despercebidos ou nem aparecem na página principal do serviço.

Porque justamente as produções mais populares, geralmente americanas, é que costumam ficar nos destaques das páginas e aí o clique é quase automático. Mas não é raro surgirem ótimos filmes em outros idiomas que não o inglês e que acabam ficando injustamente escondidos… Então, a Tangerina chegou pra desbravar estes catálogos virtuais pra você maratonar alguns longas diferentões no próximo final de semana.

Ação

Inimigos Íntimos (Frères Ennemis – Bélgica – 2018)

Inimigos íntimos

Inimigos Íntimos

Melhores amigos: um é policial, outro é chefe de gangue

Não confunda com aquele outro de título parecido e protagonizado por Brad Pitt e Harrison Ford, lançado em 1997. Este aqui conta a história de Manuel (Matthias Schoenaerts), membro de uma gangue que busca vingança pela morte de dois de seus companheiros, ao mesmo tempo em que foge da polícia. Ele então pede ajuda de Driss (Reda Kateb), amigo de infância e policial a quem se junta para desvendar o crime, despistar a polícia e também cair nas graças do chefe da gangue. Inimigos Íntimos é um filme de ação com ritmo mais lento e foco maior nos personagens e suas histórias.

Assista na Netflix

O Rei das Drogas (Ma-yak-wang – Coreia do Sul – 2018)

Rei das Drogas

Os Reis das Drogas

Suspense, comédia e MUITA ação

O rosto de Song Kang-ho já é conhecido por aqueles que assistiram Parasita (2018). Nesse filme, baseado em uma história real, ele interpreta Lee Doo-sam, um traficante que constrói seu império em Busan na década de 1970. No início, ele fazia parte de uma famosa gangue da época e era responsável por contrabandear diamantes e outros produtos. No entanto, ele queria mais. Aos poucos foi expandindo os negócios, chegou às drogas ilícitas, contrabandeando-as até para o Japão e aumentando seus domínios – assim como também o tamanho do alvo em suas costas. Na construção da história dessa figura real, O Rei das Drogas tem um pouco de suspense e comédia também.

Assista na Netflix

Códigos Ocultos (70 Binladens – Espanha – 2018)

Códigos Ocultos

Códigos Ocultos

Desgraça pouca é bobagem

Se desgraça pouca é bobagem, como diz o dito popular, Raquel (Emma Suárez) pode até pedir música se quiser. Após ter a filha sequestrada, ela vai precisar de uma boa quantia para recuperar a menina. Ela então pede ao banco um empréstimo e, no mesmo dia, um casal invade a agência e anuncia um assalto. Desesperada, ela vai fazer de tudo para negociar com os bandidos e conseguir sair dali viva e com o dinheiro que precisa para reaver a filha. O menor dos erros pode pôr tudo a perder.

Assista no Telecine Play

Abaixo de Zero (Bajocero – Espanha – 2021)

bajocero

Abaixo de Zero

Tensão no gelo é sempre uma boa...

Um motorista está transportando prisioneiros em meio a uma estrada deserta e coberta de neve quando sofre um ataque. Martin (Javier Gutiérrez), o homem que guia o ônibus, consegue se trancar dentro do veículo e se protege na esperança do resgate chegar rápido. Mas não é algo tão simples, pois ele está lidando com bandidos perigosos do lado de fora e de dentro também… O longa possui diversas reviravoltas e mistérios que vão sendo revelados aos poucos, além de boas cenas de ação. O fato de se passar quase todo dentro do ônibus ajuda a aumentar esse clima de tensão no espectador.

Assista na Netflix

Comédia

The Trip (I ode dager – Noruega – 2021)

The Trip

The Trip

Uma viagem muito louca

Esse é um filme bem fora da curva, no qual um casal decide fazer uma última viagem juntos para uma cabana isolada nas montanhas antes de terminarem a relação. Todavia, por trás dos planos da viagem, um está decidido a matar o outro. Mas tudo muda quando são atacados por três estranhos e agora vão precisar se unir, mesmo com a raiva mútua, se quiserem sobreviver a essa situação absurda.The Trip tem um humor mais ácido, é muito gore e tem um final que divide opiniões.

Assista na Netflix

A Incrível História da Ilha das Rosas (L’incredibile storia dell’isola dele Rose – Itália – 2020)

Rose Island

A Incrível História da Ilha das Rosas

A história do homem que construiu uma ilha

Baseado na história real do engenheiro Giorgio Rosa, que construiu sua própria ilha artificial com uma estação postal, loja de lembrancinhas, bar e um restaurante em Rimini, no mar Adriático, em 1968. O longa fala sobre a briga judicial que Giorgio (Elio Germano) travou para ter sua ilha reconhecida legalmente e também tudo o que aconteceu desde o momento da sua construção, a briga travada com o governo italiano, como seus primeiros residentes foram parar lá e o desfecho da Ilha das Rosas. É divertido, mesmo com algumas liberdades poéticas, e é sempre válido aprender sobre coisas que realmente existiram e não fazíamos nem ideia.

Assista na Netflix

Nada a Esconder (Le Jeu – França – 2017)

Nada a Esconder

Nada a Esconder

Você deixaria seus amigos verem suas mensagens de zap?

Celular é o diário do século 21, por isso que às vezes mexer no aparelho alheio pode causar bastante confusão. Esta é a premissa deste filme, onde um grupo de amigos decide propor um desafio durante um jantar: ninguém pode mexer no telefone e o aparelho que tocar, seja mensagem ou ligação, deverá ser atendido ou lido em voz alta à mesa. O que começa como uma brincadeira inocente vai aos poucos se revelando um desastre quando segredos bem guardados começam a vir à tona e os casais e amigos não sabem mais se podem confiar uns nos outros. Resumindo, essa festa virou um enterro. Nada a Esconder possui também uma versão alemã, que considero melhor pois aborda e explora mais a fundo alguns tópicos pontuados no filme.

Assista na Netflix

Um Banho de Vida (Le Grand Bain – França – 2019)

Um Banho de Vida

Um Banho de Vida

Equipe masculina de nado sincronizado arrasando

Preparados para uma versão aquática de Ou Tudo ou Nada (1997)? Um grupo de homens quarentões, com problemas de meia-idade correspondentes, começam a frequentar a piscina do bairro e montam uma equipe masculina de nado sincronizado. Algo nada convencional dentro da modalidade. Liderados por Bertrand (Mathieu Amalric) e sob os olhares rígidos da treinadora e ex-atleta Delphine (Virginie Efira), decidem que vão participar do Campeonato Mundial de Nado Sincronizado e quem sabe assim encontrar um novo caminho e sentido para suas vidas. É um típico feel good movie, daqueles que ajudam a aquecer o coração com boas risadas.

Assista na Netflix

Os Amantes Passageiros (Los amantes pasajeros – Espanha – 2013)

Os amantes passageiros

Os Amantes Passageiros

Um não tão famoso de Almodóvar

Um filme não tão famoso de Pedro Almodóvar, porém com várias referências de outras obras do diretor e que tem (claro!) nomes como Antonio Banderas e Penélope Cruz no elenco. No longa, uma falha técnica em um avião coloca em perigo a vida de todos a bordo do voo 2549. Enquanto os pilotos tentam reverter a situação, do outro lado da porta os comissários deixam de lado suas preocupações para garantir o divertimento e segurança dos passageiros que só têm uma coisa em mente: sexo.

Assista na HBO Max

Drama

Desejo e Perigo (Se, jie – China – 2007)

Desejo e Perigo

Desejo e Perigo

Drama chinês ambientao na 2ª Guerra

Dirigido por Ang Lee, o mesmo de A Vida de Pi (2012), o filme traz Wang Jiazhi (Wei Tang), uma jovem chinesa que faz parte de um grupo de teatro patriótico durante a 2a Guerra Mundial. Ela é recrutada, junto com outras jovens, para se aproximar do Sr. Yee (Tony Leung), um poderoso oficial e colaborador do lado japonês, com o objetivo de assassiná-lo. Usando o que aprendeu no teatro, Wei se transforma em Mak e passa a cortejar o Sr. Yee. Ela só não esperava se apaixonar pelo oficial e entrar em conflito entre razão e coração.

Assista no Prime Video

A Mão de Deus (È stata la mano di Dio – Itália – 2021)

AMão de Deus

A Mão de Deus

Drama baseado na infância do diretor Paolo Sorrentino

Longa dirigido por ninguém menos que Paolo Sorrentino (A Grande Beleza), tem um toque quase biográfico, pois é levemente baseado na infância do próprio diretor. O filme narra as desventuras do menino Fabietto Schisa (Filippo Scotti), um aficionado por futebol vivendo em Nápoles na década de 1980. Sua vida é cheia de alegrias e surpresas, como a visita do craque argentino Diego Maradona, porém uma tragédia familiar pode colocar em risco o seu sonho de se tornar um cineasta. Cheios de simbologias, o filme lida com temas como luto, maturidade e decisões com uma sutileza muito familiar ao diretor. Um dos diamantes recentes da Netflix.

Assista na Netflix

Rosa & Momo (La vita davanti a sé – Itália – 2020)

Rosa e Momo

Rosa & Momo

Quem dirige é o filho de Sophia Loren

Inspirado no livro homônimo de Romain Gary, escrito sob o pseudônimo de Émile Ajar.

Nele, a estrela Sophia Loren retorna após 10 anos longe das telas como Madame Rosa, uma sobrevivente do Holocausto que é responsável por gerir uma creche e cuja vida muda por completo quando ela decide abrigar Momo (Ibrahima Gueye), um garoto senegalês de 12 anos que havia lhe assaltado recentemente. O garoto rebelde, envolvido com o tráfico, logo se torna um grande aliado quando os primeiros indícios de Alzheimer de Madalena começam a aparecer. É a versão italiana e para o Netflix do anterior francês feito para o cinema de Moshè Mizrahi com Simone Signoret como Rosa. Um filme emocionante, bastante dramático e que lida com os traumas dos órfãos de diferentes origens. A direção é do filho da atriz, Edoardo Ponti.

Assista na Netflix

Capital Humano (Il capitale umano – Itália – 2013)

Capital Humano

Capital Humano

Segredos de família

Na véspera de Natal, um ciclista é atropelado e o motorista foge sem prestar socorro à vítima ou chamar ajuda. A vítima é então levada para o hospital, mas está à beira da morte. As autoridades são chamadas para investigar e descobrem que duas famílias muito conhecidas da cidade podem estar envolvidas no caso criminoso. Mas como fazer para identificar o culpado se ninguém parece falar a verdade?

Assista no Globoplay

O Caso Collini (Der fall Collini – Alemanha – 2019)

Caso Collini

O Caso Collini

Drama que envolve crimes de guerra

Baseado em uma história real que ocorreu na Alemanha no início dos anos 2000, o longa segue o advogado Caspar Leinen (Elyas M’Barek), que é contratado para defender Fabrizio Collini (Franco Nero), um homem sem antecedentes criminais e que está sendo acusado de ter assassinado Hans Meyer (Manfred Zapatka), um empresário alemão proeminente, em seu quarto de hotel em Berlim. Fabrizio se recusa a ser atendido por Caspar e nega qualquer ajuda. Intrigado com a história, Caspar decide mergulhar na defesa, recolhendo toda e qualquer informação possível sobre o caso e acaba se envolvendo em um dos maiores escândalos judiciais da história alemã. As atuações são ótimas e o ritmo é bem equilibrado, de modo a apresentar todos os personagens e sua ligação com o caso.

Assista na Netflix

Sibyl (Sibyl – França – 2019)

Sibyl

Sibyl

Reescrevendo a própria história

Na tentativa de se manter sóbria, a psicoterapeuta Sibyl (Virginie Efira) decide suspender todas as suas consultas e focar em outra coisa na vida. Ela quer muito escrever um livro – mas a aspirante a escritora só não esperava que a visita surpresa de Margot (Adèle Exarchopoulos), uma jovem atriz em crise, fosse bagunçar sua vida. De início ela recusa atender a atriz, mas logo muda de ideia, pois vê nas crises de Margot uma material ótimo para usar e, assim, ter conteúdo para escrever seu romance.

Assista no Telecine Play

Um Homem de Sorte (Lykke Per – Dinamarca – 2018)

Um homem de sorte

Um Homem de Sorte

Jovem dinamarquês transforma cidade com projeto de engenharia

No final do século 19, um jovem dinamarquês ambicioso decide sair da sua pequena cidade e ir morar na capital para estudar engenharia, indo contra as vontades e desejos do pai, um clérigo. Peter (Esben Esmed) acaba conhecendo uma família judia rica e intelectual e se encanta por Jakobe (Katrine Greis-Rosenthal), a filha mais velha. Decidido a mudar o rumo da sua terra natal, desenvolve um grandioso projeto de engenharia que consiste em construir uma série de canais para melhorar o fornecimento de energia via elementos naturais e não mais utilizar carvão. Porém tal projeto vai encontrar alguns obstáculos… Filme bem introspectivo, o final pode não agradar a todos, pois não tem aquela fita de laço vermelho hollywoodiana.

Assista na Netflix

Um por Todos (Uno Para Todos – Espanha – 2020)

Uno Para Todos

Um por Todos

Para aquecer o coração

Esse é um daqueles filmes para aquecer o coração e é bom ver um desses de vez em quando. Um professor substituto começa a trabalhar numa escola em uma vila na qual ele nunca esteve e sobre a qual não conhece nada a respeito. Ele então passa a dar aulas para uma turma que não aceita o retorno de um aluno doente e os colegas de classe fazem de tudo para dificultar a adaptação do menino. Resta ao professor acolher o aluno doente e também ensinar sua turma e os habitantes da vila como abraçar as diferenças.

Assista na HBO Max

Acusada (Acusada – Argentina – 2018)

Acusada

Acusada

Exposição midiática influencia no julgamento da ré

A vida de Dolores Dreier muda por completo depois que sua melhor amiga é brutalmente assassinada. Dois anos depois, Dolores é a única suspeita do crime e, com a exposição na mídia, todos têm uma opinião sobre ela: culpada ou inocente. Isolada em sua casa, ela e sua família estão preparando uma defesa, mas conforme a pressão da mídia e do congresso aumentam, as suspeitas dentro da própria família começam a aparecer. Cabe a própria Dolores enfrentar as evidências e descobrir a verdade.

Assista na HBO Max

Efeito Pigmaleão (La vie scolaire – França – 2019)

La Vie Scolaire

Efeito Pigmaleão

Quando maior as expectativas direcionadas, maior o desempenho

O título do filme em português se refere ao fenômeno psicológico que dita que, quanto maiores as expectativas postas em uma pessoa ou em um grupo, melhor vai ser seu desempenho. Assim, a vida dos alunos de um bairro pobre de Paris muda drasticamente com a chegada de uma nova conselheira. Ela passa a cuidar não só dos alunos mais difíceis como também dos professores, atendendo aos problemas da escola e criando forças para travar uma batalha diária com o objetivo de garantir um futuro melhor para esses garotos e garotas. Mais um filme para aquecer o coração, ainda que aponte uma série de situações tristes e complicadas.

Assista na Netflix

O Baile das Loucas (Le Bal Des Folles – França – 2021)

O Baile das Loucas

O Baile das Loucas

Filme sobre os primórdios de tratamentos de saúde mental

No final do século 19, Eugenie (Lou de Laâge) é levada para a clínica neurológica La Salpêtrière por seu pai e irmão, depois que eles descobrem o segredo da jovem – ela consegue ver e ouvir os mortos. O local trata mulheres com diagnóstico de histeria, epilepsia e outras doenças físicas e mentais. Sem poder escapar da clínica, ela fica amiga de uma das enfermeiras do local, Geneviève (Mélanie Laurent). As duas se ajudam, trocam confidências e juntas vão se preparar para o Bal des Folles que é organizado anualmente pelo Professor Charcot, diretor da clínica. O longa foi dirigido por Mélanie Laurent e é baseado no livro homônimo de Victoria Mas.

Assista no Prime Video

Perdi meu Corpo (J’ai perdu mon corps – França – 2019)

Perdi meu corpo

Perdi meu Corpo

Animação adulta sensível sobre o luto

Animação roteirizada por Guillaume Laurant, o mesmo de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Uma mão decepada foge do laboratório e tenta retornar ao seu dono para que eles se tornem um novamente. Nesse meio tempo, entre passado e presente, vemos o que aconteceu ao corpo, sua infância, alegrias e tristezas e também todo o desenrolar da jornada da mão pela cidade de Paris até chegar à sua outra metade. Uma grande alegoria sobre o luto, a perda, a maturidade e aprender a lidar com as consequências das próprias escolhas.

Assista na Netflix

Suspense/Terror

Sua Vida me Pertence (Dein Leben gehört mir – Alemanha – 2019)

sua vida me pertence

Sua Vida me Pertence

Relacionamento abusivo vira filme de terror

Malu Barstedt (Josefine Preuß) acaba de voltar para Berlim e decide comemorar numa noitada com as amigas. No meio da festa, ela conhece Hannes Jäger (Vladimir Burlakov) e os dois logo se tornam amigos. Não demora muito para essa amizade virar um namoro e tudo parece ir muito bem, até que certas atitudes de Hannes começam a deixar Malu desconfiada do rapaz. Ela decide terminar, mas não vai ser tão simples. Hannes passa a persegui-la e ameaçar sua vida, ela vai lutar muito para ter sua liberdade de volta.

Assista no Globoplay

Oxigênio (O2 – França – 2021)

oxigenio

Oxigênio

Se você tem problemas com claustrofobia, não assista

Ao acordar dentro de uma câmara criogênica, uma mulher precisa entender o que está acontecendo e agir com calma para conseguir pedir ajuda e escapar. Mas ela precisa ser rápida, pois um defeito na câmara afetou a circulação de oxigênio e quanto mais tempo ela gasta tentando descobrir sua identidade ou como sair dali, mais o nível do ar diminui e consequentemente as suas chances de escapar com vida. A tensão segura o espectador do início até o fim e o final surpreende.

Assista na Netflix

Rastros de um Sequestro (Gi-eok-ui bam – Coreia do Sul – 2017)

Rastros de um sequestro

Rastros de um Sequestro

Reviravoltas e final inesperado

O estudante Jin-seok (Kang Ha-Neul) se muda com a família para uma casa nova. Um dia, após um passeio com seu irmão mais velho Yoo-seok (Mu-Yeol Kim), ele o vê ser sequestrado e não consegue ajudar. A polícia é informada, mas nada faz a respeito. Um tempo depois, Yoo-seok volta para casa, mas parece ser outra pessoa. Jin-seok começa a vigiar o comportamento do irmão bem de perto e até a segui-lo na rua e isso desencadeia uma série de situações perigosas que fazem o jovem duvidar da sua própria família e de quem ele é. Como um bom filme sul coreano, tem um pouco de tudo, principalmente reviravoltas e um final inesperado.

Assista na Netflix

A Ligação (Call – Coreia do Sul – 2020)

A Ligação

A Ligação

Enredo interessante sobre viagem no tempo e suspense

Em 2018, Kim Seo-yeon (Park Shin-Hye) perde o celular a caminho da casa da mãe, que está no hospital. Na casa existe apenas um telefone fixo que ela usa para ligar para onde a mãe está internada. De repente, o telefone toca e, do outro lado da linha, uma mulher pede socorro e diz que está sendo torturada pela própria mãe. Após algumas perguntas e investigação, Kim Seo-yeon descobre que a mulher, chamada Young-sook (Jeon Jong-seo), está na mesma casa que ela, mas em outro tempo, mais precisamente em 1999. As duas acabam criando uma amizade e trocando confidências – Young-sook reclama da mãe, uma xamã que lhe prende em casa, enquanto Kim Seo-yeon lamenta a morte prematura do pai naquele mesmo ano. Quando Young-sook resolve reverter a morte do pai de Kim Seo-yeon, a relação entre as duas muda drasticamente, trazendo severas consequências. Trata-se de um remake de um filme inglês lançado em 2011, porém, com a estética do cinema sul coreano e suas peculiaridades.

Assista na Netflix

Mimic – Não Confie nas Vozes (Jang-san-beom – Coreia do Sul – 2018)

Mimic

Mimic - Não Confie nas Vozes

Baseado em uma lenda do folclore sul-coreano

O filho de Hee-yeon (Yum Jung-ah) está desaparecido. No meio das buscas, ela vai parar próximo ao Monte Jang, um local misterioso cuja lenda diz que a criatura Jangsanbum vive lá. Este ser teria a capacidade de imitar a voz dos humanos e com isso seduz as pessoas para conseguir capturá-las e devorá-las – e seu principal alvo são as crianças. Prato cheio para quem gosta de folclore sul-coreano, é inspirado na lenda urbana do Tigre de Jangsan.

Assista no Telecine Play

Rede de Ódio (Hejter – Polônia – 2020)

Rede de ódio

Rede de Ódio

Quando o ódio nas redes sociais saem do controle

Um estudante é expulso da universidade de Varsóvia e decide virar o jogo, se vingando na internet. Como ele faz isso? Consegue um emprego numa empresa e passa a comandar campanhas de ódio nas redes sociais, atacando figuras públicas e até políticos. No entanto, as coisas saem do controle e todo o ódio e violência praticados no mundo virtual passam a tomar conta das ruas da cidade. O filme levou o prêmio de Melhor Longa de Narrativa Internacional no Festival de Cinema de Tribeca em 2020.

Assista na Netflix

Segredo nas Paredes (The Whole Truth – Tailândia – 2021)

O Segredo das Paredes

Segredo nas Paredes

Quem não tem medo de um buraco na parede?

Depois da morte dos pais, os irmãos Pim (Sutatta Udomsilp) e Putt (Mac Nattapat Nim Jirawat) acabam indo morar com os avós que nunca foram tão próximos deles assim. Dia a dia, vão se acostumando à nova rotina e à perda dos pais, até que eles descobrem um estranho buraco na parede da casa. A partir daí, coisas horripilantes começam a acontecer e revelam segredos sinistros sobre a família. Os filmes de terror tailandês não são tão apreciados mas deveriam, já que são donos de uma estética e cultura próprias que mereciam mais reconhecimento.

Assista na Netflix

O Bar (El Bar – Espanha – 2017)

El Bar

O Bar

Um ataque a um bar e tudo vai à loucura

Em um bar em Madri, os clientes de sempre chegam para tomar o café da manhã, ler o jornal, bater um papo, tudo como de costume. De repente, um dos clientes vai saindo do bar e leva um tiro na cabeça. Pronto, está instaurado o momento de tensão, pois agora eles não podem/querem mais sair do local. Sem entender o motivo de serem obrigados a ficar presos ali, eles tentam escapar de outra maneira.. O obstáculo? A desconfiança entre eles. A convivência passa a ser tão perigosa quanto tentar sair dali. O Bar tem momentos de descontração, humor mais ácido e tensão numa história cujo desenrolar o espectador não espera.

Assista na Netflix

O Orfanato (El Orfanato – Espanha – 2007)

O Orfanato

O Orfanato

Terror com crianças...já pode imaginar o que vem por aí

Laura (Belén Rueda) se muda com o marido e o filho de 7 anos para o local que abrigava o orfanato onde ela cresceu e foi muito feliz. Seu maior desejo é reformar o lugar e reabrir o local que está abandonado há anos. Seu filho, Simón (Roger Príncep), fica encantado com a casa e passa a criar histórias fantásticas e brincar com amigos imaginários. Ao longo dos dias, os contos ficam cada vez mais estranhos e ela começa a desconfiar de que algo está à espreita deles na casa, ameaçando a segurança de todos, especialmente de Simón. Até o dia em que o menino desaparece e a vida de Laura vira de cabeça para baixo. O Orfanato ganhou diversos prêmios e possui uma atmosfera assustadora.

Assista na Netflix

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Melissa Andrade

Melissa Andrade

Melissa Andrade é jornalista por paixão, crítica de cinema há mais de 10 anos, podcaster lá no Zonenando Podcast e streamer nas horas vagas. Marvete com orgulho. E, é óbvio, feminista!

Ver mais conteúdos de Melissa Andrade

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal