Only Murders in the Building: 2ª temporada retorna ainda melhor

FILMES E SÉRIES

Steve Martin

Divulgação/Star+

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Only Murders in the Building: 2ª temporada retorna ainda melhor

Novos episódios da comédia de suspense contam com reforços de Shirley MacLaine, Amy Schumer e Cara Delevingne

André Zuliani

Um dos principais títulos do Star+ em sua chegada ao Brasil, Only Murders in the Building está de volta com a estreia dos dois primeiros episódios de sua segunda temporada nesta terça-feira (28). O que já era ótimo em seu primeiro ano ficou ainda melhor nesta leva, com um novo mistério e novos personagens incríveis.

Recebida com entusiasmo e curiosidade pela imprensa norte-americana no ano passado, Only Murders in the Building reúne um trio de protagonistas improvável –tanto na história da série quanto na vida real. Amigos de longa data em Hollywood, os septuagenários Steve Martin e Martin Short se uniram a Selena Gomez, popular entre os millennials, para resolverem assassinatos em um condomínio em Nova York.

A trama, que mistura comédia e suspense, logo conquistou o público. O carismático trio Charles (Martin), Oliver (Short) e Mabel (Selena) se coloca nas mais absurdas situações para investigar o assassinato de um morador do prédio odiado por todos os condôminos. Cheia de reviravoltas, a série deu aula de como deixar o espectador intrigado com o mistério sem deixar de lado as gargalhadas.

Consciente do sucesso imediato, o showrunner John Hoffman entendeu que precisaria não apenas sustentar a qualidade, como aumentar o sarrafo no novo ano. Para atingir este objetivo, um novo e curioso mistério surge, ao lado de participações especiais tão carismáticas quanto as anteriores.

A segunda temporada começa instantes depois do fim do primeiro ano. Charles, Oliver e Mabel são surpreendidos com o assassinato de Bunny (Jayne Houdysell), a detestável presidente do conselho do edifício Arconia. Como os três foram encontrados na cena do crime, eles são presos e considerados os principais suspeitos.

Martin Short, Steve Martin e Selena Gomez

Oliver, Charles e Mabel estão de volta

Divulgação/Hulu

Para limpar seus nomes e aproveitar a onda de sorte que o sucesso do podcast Only Murders in the Building lhes proporcionou, os protagonistas entendem que precisam, mais uma vez, resolver um crime. E a nova missão gera situações tão absurdas quanto as da primeira temporada.

Se parte da qualidade de Only Murders in the Building recaía sob o elenco escolhido a dedo, no segundo ano o nível aumenta. Eis que entra em cena Leonora Folger, a mãe de Bunny, vivida pela ícone de Hollywood Shirley MacLaine.

Do alto de seus 88 anos, a atriz veterana rouba a cena em todas as suas sequências. Sua aparição surpresa após a morte da filha influencia diretamente na trama do mistério e, de quebra, movimenta o passado pouco explorado da vida de Charles. A chegada da personagem obriga o protagonista a revisitar seus traumas para entender o que de fato está acontecendo no Arconia.

Na mesma prateleira da participação especialíssima do astro da música Sting no primeiro ano, a segunda temporada introduz uma versão fictícia da comediante Amy Schumer. Obcecada pela história do podcast, ela se muda para o condomínio com o intuito de convencer Oliver a vender os direitos do programa para que ele seja adaptado (ironicamente) em uma série de TV para o streaming com oito a dez episódios.

A principal mudança da série, no entanto, recai sob os ombros de Mabel. Deprimida com as muitas mortes que aconteceram em sua vida, ela deseja deixar de lado as investigações para focar em seu futuro. E a introdução da novata Alice (Cara Delevingne) tem tudo a ver com isso.

Artista reconhecida no mercado, Alice é admiradora do trabalho de Mabel e a convence a investir em seu talento. A aproximação das duas resulta em um novo interesse romântico para a protagonista, já que a série justifica em um breve (e pouco convincente) diálogo a ausência de Oscar (Aaron Dominguez), affair de Mabel no primeiro ano.

Cada novidade introduzida na segunda temporada ajuda a elevar o alto nível imposto por Only Murders in the Building em sua estreia. Uma das favoritas ao Emmy 2022, a série prova em seu retorno que é capaz de iniciar uma nova hegemonia entre as comédias norte-americanas.

Steve Martin, Selena Gomez e Martin Short em cena de Only Murders in the Building

Only Murders in the Building - 2ª temporada

Assista ao trailer:

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ

André Zuliani

Repórter de séries e filmes. Viciado em cultura pop, acompanha o mundo do entretenimento desde 2013. Tem pós-graduação em Jornalismo Digital pela ESPM e foi redator do Omelete.

Ver mais conteúdos de André Zuliani

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal