GAMES

Imagem de eFootball 2022

Divulgação/Konami

Jogamos

Após um início desastroso, eFootball 2022 busca inspiração no passado

Nova versão do jogo corrige problemas do lançamento e procura reconquistar jogadores com elementos da era Winning Eleven

Bruno Silva

Bruno Silva

Em 2021, a Konami anunciou uma mudança profunda em Pro Evolution Soccer, seu tradicional simulador de futebol. O jogo passaria a se chamar eFootball e iria romper com uma das maiores tradições do gênero: a de ter um título novo por ano, acompanhando as temporadas no esporte real. Agora, o modelo passa a ser o free-to-play, em que você pode baixar o jogo gratuitamente. O jogo saiu em setembro, todos nós jogamos e… foi um desastre. Nem uma atualização de emergência salvou o fiasco do lançamento.

Sete meses depois, a Konami retorna com uma parruda atualização, chamada versão 1.0 de eFootball 2022, e sua principal missão, tal qual a de um time tradicional que caiu para a segunda divisão, é reconquistar os torcedores apaixonados. Para isso, a principal tática do estúdio japonês é, além de corrigir os inúmeros problemas que a edição de lançamento trouxe, se inspirar em seu rico legado.

A Tangerina jogou a nova versão, que chega em 14 de abril para todas as plataformas nas quais o jogo está disponível —PCs, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X/S, Android e iOS— e a impressão é que, agora, eFootball finalmente está jogável.

Quando o jogo saiu, foram inúmeras as críticas em relação a problemas na movimentação, postura e até mesmo aparência dos jogadores, tornando o jogo em um grande meme. Dentro da comunidade, a recepção não foi boa. No PC, por exemplo, o jogo conta com apenas 14% de avaliações positivas na plataforma Steam até o lançamento da versão 1.0.

Reconhecendo os problemas

“Ninguém ficou feliz com tudo o que aconteceu. Por isso, fizemos uma pesquisa e enviamos aos jogadores para que pudessem nos dizer quais foram os principais problemas a corrigir”, contou à Tangerina o gerente da eFootball para as Américas, Robbye Ron.

A primeira impressão é exatamente essa. Durante a sessão de uma hora de jogo que fizemos a convite da Konami, eFootball parece ser o jogo que a Konami gostaria de ter lançado em setembro do ano passado. Tudo funcionou como deveria, sem problemas técnicos nem deformações de personagens.

No quesito visual, inclusive, a atualização de eFootball impressiona. O jogo é o primeiro trabalho da Konami com a franquia de futebol na Unreal Engine, uma das ferramentas de jogos mais populares da indústria. E o resultado é bem satisfatório, com um nível de fotorrealismo e detalhe que foi ofuscado na versão de lançamento do game.

Cena de eFootball

Cena de eFootball, jogo de futebol da Konami

Divulgação/Konami

Em campo, a necessidade de ouvir os fãs inevitavelmente levou eFootball a buscar inspirações no passado. O aspecto que chama mais a atenção é a defesa. Ao contrário do seu eterno rival FIFA, que é muito focado na ocupação dos espaços no campo, PES aposta mais em ritmo, permitindo que os jogadores controlem melhor a velocidade do jogo, tanto pelo movimento dos atletas quanto, principalmente, pelo passe.

A defesa foi um dos componentes que mais passaram por mudanças na nova versão, que retomou os comandos clássicos de desarme e cercar, além de adicionar uma nova opção de pressão com o segundo jogador. Enquanto você está pressionando o adversário com a bola, você também pode fazer marcação ombro a ombro.

No passe, a Konami também buscou inspiração no passado com um toque de inspiração em seu principal concorrente com a atualização. As tabelinhas voltaram com passes um-dois, mas agora é possível apenas fazer o jogador que tocou avançar, abrindo espaços sem a necessidade de retomar o passe.

Por fim, a Konami também apresentou uma opção de chute chamada Stunning Kick, na qual você pode usar os botões de ombro do controle para fazer um chute melhor. No entanto, essa ação demanda mais tempo e espaço em campo, de forma similar ao que acontece com os chutes finesse de FIFA.

Cena de eFootball

Cena de eFootball, jogo de futebol da Konami

Divulgação/Konami

Calendário de atualizações

Seguindo a cartilha dos jogos como serviço, eFootball também passará a ser atualizado por temporadas. Elas vão durar dois meses, e cada uma terá uma temática diferente com a promessa de novos conteúdos.

O modo Criativo também passou por uma reformulação e passará a se chamar Dream Team. Ele vem para substituir o antigo myClub dos tempos de PES e funciona como o Ultimate Team do rival FIFA, no qual você pode montar seu time com cartas de jogadores para competir online.

Por fim, o modo online também contará com uma liga de 28 dias chamada eFootball League, que terá um sistema de divisões e recompensas.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Bruno Silva

Bruno Silva

Editor de games e animes na Tangerina, Bruno Silva é brasiliense e fã de basquete. Jornalista, apresentador e streamer, foi co-criador do The Enemy e já publicou no Omelete, Nerdbunker, Metrópoles e Correio Braziliense.

Ver mais conteúdos de Bruno Silva

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal