MIX

Angeli

Reprodução

Mix

Cartunista Angeli encerra a carreira após diagnóstico de afasia

O cartunista já havia sido diagnosticado há alguns anos, mas nos últimos meses os sintomas se agravaram

Gabriela Franco

Gabi Franco

O cartunista Angeli, 65, criador de personagens como Bob Cuspe, Rê Bordosa, Os Skrotinhos, entre outros, anunciou sua aposentadoria por conta de um diagnóstico de afasia, a mesma condição que afastou o ator Bruce Willis de sua carreira. Angeli já estava recluso há tempos e havia encerrado sua colaboração regular no caderno Ilustrada, da Folha de S. Paulo, em 2016, quando foi também diagnosticado com depressão, passando a publicar apenas esporadicamente.

Angeli é considerado um dos maiores cartunistas brasileiros, começou a desenhar tirinhas batizadas de Chiclete com Banana para a A Folha de S. Paulo ainda nos anos 1970. Logo depois, nos anos 1980, suas charges acabaram virando uma revista independente underground, da qual também faziam parte grandes nomes como a cartunista Laerte e Glauco (957-2010).

Segundo informações de sua companheira, Carolina Guaycuru, Angeli recebeu o diagnóstico de afasia há alguns anos, mas, de um mês para cá, a condição se agravou e ele decidiu parar. “Achamos que assim ele poderá trabalhar e produzir neste novo momento de vida mais tranquilamente”, disse Carolina à Folha de S.Paulo.

A afasia é caracterizada pela perda da linguagem como consequência de uma lesão cerebral, as mas mais comuns são os AVC (Acidente Vascular Cerebral) mais conhecidos como derrame. De uma hora para outra, o afásico perde a capacidade de compreender ou  formular a linguagem. Os quadros são variados, mas em alguns casos é como se todos ao redor estivessem falando uma língua estrangeira. A doença também pode afetar a memória e a linguagem escrita, como se a pessoa desaprendesse a escrever.

Não há cura para a condição, mas existem tratamentos que podem aliviar seus sintomas chegando até à recuperação completa. A escolha do tratamento dependerá da idade do paciente, de suas condições de saúde, sintomas e da causa da doença.

Mestre dos Quadrinhos

Angeli

Capa da revista Chiclete com Banana da Circo Editorial

Reprodução

As charges de Angeli sempre foram mais duras e sarcásticas, comparadas aos trabalhos dos demais cartunistas que compunham a Chiclete com Banana. Paulistano do bairro da Casa Verde, seus personagens refletiam a frieza e a crueldade da grande metrópole e externavam uma revolta catártica contra as injustiças sociais e a política brasileira, típicos da charge, gênero de quadrinhos com uma visão crítica sobre assuntos que estejam sob alvo de discussões na sociedade.

Por 16 anos consecutivos (1997 a 2012), Angeli  foi eleito o melhor chargista brasileiro no festival de quadrinhos na premiação HQ Mix, categoria modificada para melhor desenhista de humor gráfico, da qual foi vencedor em 2013. Em 2014, foi homenageado na categoria Grande Mestre.

Em 2005, recebeu a Ordem do Mérito Cultural, sendo nomeado comendador da República pelo Ministério da Cultura Brasileiro.

Angeli já teve suas tiras publicadas na Alemanha, França, Itália, Espanha e Argentina, mas foi em Portugal que obteve mais destaque, tendo uma compilação de seu trabalho lançado em 2000 pela editora Devir e também uma série de animação com seus personagens numa coprodução da TV Cultura com a produtora portuguesa Animanostra.

Angeli é um marco na história dos quadrinhos no Brasil e seu legado é incomensurável. Ele pode ser visto em ação no recente filme-documentário, inspirado em seu principal personagem, Bob Cuspe: Nós não gostamos de gente, de Cesar Cabral, que acabou levando o prêmio máximo no festival de animação de Annecy, na França, um dos mais importantes do mundo. 

Angeli

Bob Cuspe - Nós não gostamos de gente

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ
Gabriela Franco

Gabi Franco

Editora de filmes e séries na Tangerina, Gabi Franco é criadora do Minas Nerds, jornalista, cineasta, mãe de gente, pet e planta. Ex- HBO, MTV, Folha, Globo… É marvete, mas até tem amigos DCnautas.

Ver mais conteúdos de Gabi Franco

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal