Paul Haggis é liberado de prisão domicilar por assédio - Tangerina

MIX

Paul Haggis

Reprodução/YouTube

na itália

Paul Haggis é liberado de prisão domiciliar por acusação de assédio

Juíza decidiu soltar Paul Haggis após acusações de forçar sexo com jovem na Itália; cineasta ficou em prisão domiciliar por 16 dias

Giulianna Muneratto

Uma juíza na Itália determinou o fim da prisão domiciliar do diretor e roteirista Paul Haggis, acusado de agressão sexual. A prisão durou 16 dias em um hotel e, segundo o advogado de Haggis, Michele Laforgia, a decisão se deu porque a juíza observou uma “ausência de comportamento violento ou constrangedor” no cineasta. 

Haggis foi detido em junho, acusado de abusar sexualmente e agredir uma mulher no sul do país europeu. A decisão de liberá-lo da prisão domiciliar partiu da juíza de Puglia, Vilma Gilli, que, de acordo com Laforgia, afirmou que não havia sinais de violência ou abuso encontrados na mulher. 

Paul Haggis estava na Itália para o Festival de Allora quando supostamente forçou uma jovem inglesa a fazer sexo sem consentimento com ele ao longo de dois dias. O cineasta teria largado a mulher no aeroporto de Brindisi em condições físicas e psicológicas precárias. A suposta vítima teria sido abordada por funcionários do aeroporto, que auxiliaram nos primeiros socorros. Mais tarde, a mulher prestou queixas na polícia.

As informações são da Associated Press. Na liberação do cineasta, a juíza também alegou que a decisão de estar com Haggis em seus aposentos foi “espontânea” por parte da mulher. Os promotores do caso ainda estão deliberando se prosseguirão com a investigação. 

Não é a primeira vez que Paul Haggis é acusado de abuso sexual. Em 2018, ele foi processado pela assessora Haleigh Breest, que alegou que o diretor a tinha estuprado após a estreia de um filme cinco anos antes. Depois de sua denúncia, outras três mulheres também vieram a público para acusar o roteirista de má conduta sexual. O julgamento desses casos ainda não ocorreu.

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ

Giulianna Muneratto

Jornalista pela Faculdade Cásper Líbero. Adora um filme clichê, música pop e sonhava em ser cantora de cruzeiro, mas não tem talento pra isso.

Ver mais conteúdos de Giulianna Muneratto

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal