MIX

Leonardo Correa durante eliminação do No Limite

Reprodução/Globoplay

ERROU FEIO

Por que o No Limite nunca vai ser tão bom quanto o Survivor?

Episódio de terça do No Limite provou que, apesar de ter comprado o formato estrangeiro, a Globo ainda não tem jogo de cintura para fazer o jogo engrenar

Luciano Guaraldo

Sucesso de audiência no início dos anos 2000, o No Limite voltou ao ar no ano passado em uma tentativa da Globo de prorrogar o sucesso do Big Brother Brasil. Porém, a versão brasileira do fenômeno Survivor passa muito longe do frescor do reality norte-americano, que já exibiu 41 temporadas e continua sendo um sucesso de audiência. O episódio de terça-feira (19) só terminou de comprovar que a emissora brasileira não tem jogo de cintura para lidar com atitudes inesperadas dos participantes.

Para quem não viu –e, considerada a audiência do No Limite, essa categoria inclui bastante gente–, o programa de ontem mostrou o cirurgião-dentista Leonardo Correa fazendo uma jogada genial para não ser eliminado. Ele inventou que tinha encontrado um amuleto de imunidade e, portanto, não poderia ser votado no Portal de Eliminação da vez.

O blefe pareceu ser coisa de quem assistiu ao Survivor na preparação para o No Limite. Na versão americana, participantes com frequência forjam um ídolo de imunidade para enganar seus companheiros de tribo e assegurarem a permanência no jogo. Outros decidem repassar o amuleto falso para um colega se ferrar na votação. A jogada, claro, não é infalível: alguns farsantes foram desmascarados, mas muitos se dão bem no plano.

Correa, porém, nem teve a chance de tentar jogar. O apresentador Fernando Fernandes, estreante na função, pediu para o dentista lhe entregar o colar que ele havia criado, mostrou para os outros participantes e o atirou no chão. “Isso aqui não está na dinâmica do jogo”, sentenciou. Em seguida, ainda forçou Leonardo a explicar sua mentira.

Como isso tudo ocorreu imediatamente antes da votação para eliminar alguém, Correa virou alvo fácil, recebeu sete votos e foi o eliminado da vez do No Limite. Mas a interferência direta de Fernando Fernandes (sem dúvida, sob orientação do diretor J. B. de Oliveira, o Boninho) irritou espectadores, que foram às redes sociais para reclamar. Confira algumas reações:

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal