MÚSICA

Kondzilla e Jottape juntos

Reprodução/Instagram

NOVO PANORAMA

Como racha na Kondzilla pode mudar a cara do funk nacional

Konrad Dantas, o Kondzilla, e Marcelo Portuga decidiram separar seus trabalhos e tocar duas gravadoras independentes

Luciano Guaraldo

O funk nacional não será mais o mesmo. Um racha na Kondzilla, marca mais conhecida do estilo musical no país, vai dividir os artistas agenciados até então em duas empresas diferentes. Konrad Dantas segue à frente da Kondzilla Records, enquanto Marcelo Augusto Gonçalves, o Marcelo Portuga, ficará no comando da Portuga Records.

Os dois eram sócios desde 2017, mas começaram a se desentender no início do ano. Na época, o perfil no Instagram da Kondzilla Records, com mais de 2,5 milhões de seguidores, apareceu com o nome KZMP. As redes sociais eram administradas por Portuga, que pretendia usar a nova marca para tocar projetos com seus artistas. Dantas não gostou nem um pouco e disse que o sócio só poderia atuar sob o nome Kondzilla.

Portuga disse ao site G1 que estava revendo os termos de seu contrato com Dantas e acabou se reaproximando da GR6, da qual havia saído em 2017 –ele migrou para a empresa de Konrad e levou com ele muitos de seus artistas, inclusive o bombado Kevinho. A “pulada de cerca” transformou Kond e GR6 em concorrentes diretas, e as duas entraram em guerra para agenciar novos funkeiros promissores.

Os motivos da atual separação entre Konrad Dantas e Marcelo Portuga são mantidos em segredo. Em pronunciamento nas redes sociais, os dois informaram que a decisão de dividir suas operações em duas empresas foi tomada de modo consensual.

Como fica a Kondzilla agora?

Muito além da gravadora, a Kondzilla virou uma gigante que atua em vários setores. O site oficial explica suas quatro frentes: a Kondzilla Records, que agencia os principais rostos do funk no país; a Kondzilla Filmes, produtora de clipes que tem um dos maiores canais do YouTube no mundo todo e também é responsável pela série Sintonia, da Netflix; uma área de licenciamento, responsável por produtos que vão de bonés e capinhas de celular; e o Portal Kondzilla, com “notícias para o jovem da favela”.

O racha entre Kond e Portuga não afetará todas as áreas da empresa. O funkeiro Jottape, que agora é artista da Portuga Records, seguirá no elenco de Sintonia, por exemplo. Mas o plantel de cantores certamente sofrerá um grande baque. Marcelo está levando para sua gravadora nomes como Kevinho, Fioti, Tainá Costa e MM. Já Konrad Dantas fica com Lexa, Kekel e Livinho.

E você, de que lado está nessa divisão? Ou você é do time que prefere que todos convivam em paz? Ou ainda daqueles que curtem uma treta, independentemente de quem está certo ou errado?

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal