Por que Gilberto Gil é o rei das trilhas? - Tangerina

MÚSICA

Gilberto Gil cantando em palco

Divulgação

Histórico

Novelas, Sítio e Hollywood: Por que Gilberto Gil é o rei das trilhas?

Músico, que completou 80 anos neste domingo, conta com mais de 80 créditos em projetos audiovisuais bem diferentes; confira alguns deles

Lucas Almeida
Lucas Almeida

Gilberto Gil tem uma peculiaridade em sua carreira musical. Além dos álbuns politizados e da revolução da Tropicália, o cantor se consolidou como um verdadeiro rei das trilhas sonoras em projetos de audiovisual.

Na plataforma de dados IMDb, por exemplo, ele possui 84 créditos em trilhas. Seja em aberturas de novela ou filmes de Hollywood, o cantor, que completou 80 anos no domingo (26), tocou e cantou para várias gerações. Confira algumas das músicas que integraram produções marcantes –ou um tanto inusitadas.

Copacabana Mon Amour

Ouça Diga A Ela, de Gilberto Gil

Música apareceu na trilha sonora do filme Copacabana Mon Amour

Em 1970, aos 28 anos, Gilberto Gil foi convidado para compor a trilha sonora do filme brasileiro Copacabana Mon Amour, dirigido por Rogério Sganzerla. Realizada durante a Ditadura Militar (1964-1985), a produção é considerada “um dos experimentos mais radicais do cinema brasileiro”, de acordo com a TV Brasil.

O longa contava a história de uma mulher que quer ser cantora da Rádio Nacional. No entanto, ele não pôde ser exibido, por causa da censura. O próprio Gil não estava no Brasil na época. Em exílio no Reino Unido, ele gravou as músicas no estúdio Chappell, de Londres.

Sítio do Picapau Amarelo

Ouça Sítio do Picapau Amarelo, de Gilberto Gil

Versão foi gravada durante o Acústico MTV

Inspirado pelas obras de Monteiro Lobato, Gilberto Gil escreveu uma música sobre o Sítio do Picapau Amarelo em 1977. A canção foi criada para a primeira adaptação da obra feita pelo TV Globo, que foi ao ar durante nove anos.

Desde então, a faixa já ganhou algumas regravações. Na outra versão do Sítio, que estreou em 2001, a Globo usou o áudio do Acústico MTV, que Gil tinha gravado em 1994.

Em 2011, a música recebeu uma produção mais lúdica, com barulhos de passarinhos, para a trilha da série de animação da Globo, que foi ao ar no ano seguinte.

Confissões de Adolescente

Veja a abertura de Confissões de Adolescente

Produção usou versão de Sina, cantada por Gilberto Gil

Já em 1994, foi a vez de a TV Cultura usar a voz de Gilberto Gil. O seriado Confissões de Adolescente, que teve três temporadas, tinha a música Sina como abertura.

A composição original é, na verdade, de Djavan. Gil fez uma regravação para o álbum Parabolicamará, de 1992.

Garota Fantástica

Ouça Domingo no Parque, de Gilberto Gil

Música fez parte da trilha sonora de Garota Fantástica

A música de Gilberto Gil chegou em Hollywood. Em 2009, o cantor entrou para a trilha sonora de Garota Fantástica, primeiro filme de ficção dirigido por Drew Barrymore. O longa é estrelado por Elliot Page e conta a história de uma adolescente desajustada que entra para uma competição de patins.

Logo nos primeiros 20 minutos do filme, é possível ouvir Domingo no Parque tocando ao fundo em uma cena da protagonista. A música fez parte do álbum Gilberto Gil, de 1968. No entanto, o filme traz uma versão da faixa com menos instrumentos e mais atenção à voz de Gil.

Gonzaga: De Pai pra Filho

Ouça No Mundo da Lua, cantada por Gilberto Gil

Música foi escrita para o filme Gonzaga: De Pai pra Filho

Em 2012, Gil foi convidado para cantar a música-tema do filme Gonzaga: De Pai pra Filho, que fala sobre a relação entre Luiz Gonzaga, considerado o Rei do Baião, e o filho, Gonzaguinha.

Gil já regravou diversas músicas de Luís Gonzaga e não esconde a influência que teve do pernambucano ao longo da vida.

A canção se chama No Mundo da Lua e foi usada, novamente, quando o filme ganhou uma versão para a TV, exibida em quatro partes na Rede Globo.

Joia Rara

Ouça a música Joia Rara, cantada por Gilberto Gil

Canção foi encomendada para abertura da novela de mesmo nome

Gilberto Gil também deu voz a vários temas de personagens da Globo e cantou algumas aberturas de novela, caso de Minha Princesa, em Cordel Encantado (2011).

Mas um exemplo clássico é o de Joia Rara. A música de mesmo nome foi especialmente encomendada para a trama das seis, exibida entre 2013 e 2014.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Lucas Almeida

Lucas Almeida

Repórter. Passou pela MTV Brasil e Veja.com. É fã de um pop triste e não deixa de ouvir todos os lançamentos musicais da semana.

Ver mais conteúdos de Lucas Almeida

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal