Kodak Black é preso por porte ilegal de drogas na Flórida - Tangerina

MÚSICA

Kodak Black sorri para foto em frente a carro de luxo

Reprodução/Instagram

Segunda vez

Rapper Kodak Black é preso por porte de drogas nos Estados Unidos

Polícia encontrou opioide e mais de R$ 400 mil em dinheiro dentro do carro do artista, na Flórida

Lucas Almeida
Lucas Almeida

O rapper Bill Kahan Kapri, mais conhecido pelo nome artístico Kodak Black, foi preso na noite de sexta-feira (15), na Flórida (Estados Unidos), por porte ilegal de drogas.

O artista estava dirigindo e foi parado pela Patrulha Rodoviária da Flórida porque seu carro tinha janelas “que pareciam ser mais escuras do que o limite legal”, segundo um comunicado obtido pela CNN. Durante a revista, os policiais encontraram uma bolsa com 31 comprimidos de Oxicodona (um droga opioide) e U$ 75 mil (mais de R$ 400 mil) em dinheiro.

Em fevereiro deste ano, Kodak Black laçou o seu quarto álbum de estúdio, Back for Everything (2022). Com participação especial de Lil Durk, o disco chegou ao segundo lugar do ranking de mais vendidos nos Estados Unidos, o Billboard 200.

Pouco mais de dez dias antes do lançamento, o rapper tinha sido hospitalizado depois de ser ferido durante um tiroteio em frente a uma casa noturna de Los Angeles, onde estava acontecendo uma festa do cantor Justin Bieber.

Em novembro de 2019, Kodak Black já tinha sido sentenciado a três anos de prisão, após ter se declarado culpado por conscientemente ter feito declarações falsas para adquirir armas de fogo em uma loja de Miami.

Em janeiro de 2021, a pena foi diminuída pelo então presidente Donald Trump. A Casa Branca divulgou um comunicado, na época, afirmando que o rapper era “um artista proeminente e líder comunitário”, de acordo com a Variety.

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ
Lucas Almeida

Lucas Almeida

Repórter. Passou pela MTV Brasil e Veja.com. É fã de um pop triste e não deixa de ouvir todos os lançamentos musicais da semana.

Ver mais conteúdos de Lucas Almeida

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal