Rock in Rio terá 'BRT próprio' com passagens a R$ 22 - Tangerina

NA GRADE

Rock in Rio 2019: Público comemora entrada

Divulgação/I Hate Flash

Rock in Rio 2022

Rock in Rio terá ‘BRT próprio’ com saídas a cada 10 minutos, por R$ 22

Batizado de Rock Express, serviço com ônibus articulados vai sair dos terminais Jardim Oceânico e Alvorada; integração do BRT tradicional com metrô também segue como opção

Luccas Oliveira
Luccas Oliveira

Na contagem regressiva para o Rock in Rio 2022, o festival anunciou nesta quarta-feira (3) seu esquema especial de transportes com uma novidade. Trata-se do Rock Express, uma espécie de BRT exclusivo para quem vai ao evento. Os bilhetes são vendidos a R$ 22 (ida e volta). A venda já foi aberta, e é feita exclusivamente pela internet.

Serão ônibus articulados que vão usar os corredores do BRT, com saídas de 10 em 10 minutos. Na ida para o Rock in Rio, o embarque será feito pelos terminais Jardim Oceânico (integrado ao MetrôRio) e Alvorada (ponto final de diversas linhas de ônibus) e o desembarque no Terminal Olímpico da Cidade do Rock. Na volta, o trajeto é o inverso.

O Rock Express vai funcionar das 13h às 5h nos dias de festival —2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro. Entre 22h e 2h, o Terminal Olímpico da Cidade do Rock será exclusivamente destinado ao serviço.

Vale reforçar que os bilhetes do Rock Express não têm integração com o MetrôRio. Ou seja, eles devem ser adquiridos separadamente.

“O MetrôRio sugere que os clientes antecipem a compra do bilhete, que custa R$ 6,50 por trecho, para facilitar o embarque na hora do evento, no site ou aplicativo do GIRO, nas estações, ou que paguem suas passagens por aproximação com cartões ou dispositivos habilitados com tecnologia NFC, direto na catraca na hora do embarque”, avisa a organização do Rock in Rio.

BRT ainda poderá ser utilizado no Rock in Rio

Importante, também, dizer que o Rock Express não fará com que o BRT deixe de levar e trazer passageiros para o Rock in Rio, como aconteceu em 2019. O serviço pode ser visto como uma opção a mais diante dos problemas recentes vistos no sistema do BRT, para trazer maior comodidade e agilidade no transporte para o festival.

Diferentemente do Rock Express, BRT e MetrôRio contam com serviço de integração no Terminal Jardim Oceânico para quem tem os cartões RioCard ou Riocard Mais. Como nas últimas edições do Rock in Rio, o MetrôRio terá um esquema especial de funcionamento 24h nos dias de evento.

Outra opção disponibilizada pelo festival é os ônibus premium, chamados de Primeira Classe. Eles contam com entrada exclusiva e diversos pontos de embarque espalhados pela cidade e custa R$ 125 por dia.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira é editor de música na Tangerina e assina a coluna Na Grade, um guia sobre os principais shows e festivais que acontecem pelo país. Ex-jornal O Globo, fuçador do rock ao sertanejo e pai de gatos, trocou o Rio por São Paulo para curtir o fervo da noite paulistana.

Ver mais conteúdos de Luccas Oliveira

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal