Autora de 365 Dias conta detalhes do último filme - Tangerina

FILMES E SÉRIES

Massimo e Laura em 365 Dias

Divulgação/Netflix

Blanka Lipińska

365 Dias: Autora desvia de haters e dá detalhes do último filme

Blanka Lipinska falou com a Tangerina sobre o novo livro da saga 365 Dias. Ainda deu detalhes do último filme e o futuro para Laura e Massimo

Giulianna Muneratto

Mesmo que você nunca tenha assistido, certamente já ouviu falar do filme 365 Dias (2020), da Netflix. Famosa por suas cenas de sexo quase explícitas e pelas polêmicas que envolvem o roteiro, a história é baseada no livro de mesmo nome da escritora polonesa Blanka Lipińska

No começo deste ano, o longa ganhou uma sequência –365 Dias: Hoje (2022). Recentemente, a autora lançou no Brasil o livro que vai inspirar o último filme da saga e conversou com a Tangerina sobre o que podemos esperar da história de Laura e Massimo.  

“Eu acho que, primeiro de tudo, esse é meu melhor livro. Se você gosta da primeira parte e da segunda, vai amar o terceiro livro. Eu não quero dar spoilers, mas você pode esperar que Laura estará diferente. Ela vai crescer muito rapidamente, como mulher na relação”, explica a escritora.

“Eu acredito que muitas mulheres se encontrarão na história. É importante lembrar que esse é um livro sobre a mulher, o livro é sobre Laura. O que eu posso dizer é que Laura terá o final mais feliz do mundo. Ela será 1000% feliz, apaixonada e será o melhor final para ela.”

Blanka Lipinska

Blanka Lipinska, autora de 365 Dias, no lançamento de seu novo livro em São Paulo

Divulgação/Buzz Editora

No entanto, os filmes têm algumas divergências importantes dos livros. No final do primeiro filme, por exemplo, a protagonista Laura (Anna-Maria Sieklucka) tem um sumiço misterioso em um acidente de carro. Ela retorna no segundo longa, mas a produção termina com ela completamente ensanguentada após ser baleada. Já era de se esperar, porém, que a personagem principal ressuscitasse mais uma vez para 365 Dias Finais. 

“É engraçado! Nós nos demos conta disso apenas quando fizemos a segunda parte. A linguagem do filme é diferente da linguagem do livro”, explica Blanka sobre a decisão de quase matar Laura na conclusão dos dois primeiros longas. “Sim, nós quase matamos Laura duas vezes (risos). Me desculpem! Mas garanto que não foi minha ideia –no primeiro filme, quando fingimos que ela está morta, não foi ideia minha.”

365 Dias Finais

O último filme da saga chega à Netflix daqui a um mês, em 19 de agosto. 365 Dias Finais traz o desfecho da história de Laura e Massimo (Michele Morrone).

Blanka, que é co-roteirista de todos os filmes da saga 365 Dias, confessa que não está mais tão animada para assistir ao último longa, já que teve que revê-lo mais de 40 vezes.

“Eu não quero ver de novo. Não estou animada como todo mundo, porque eu já assisti tantas vezes. Quantas vezes dá para ver um único filme? A última vez que vi foi umas duas semanas atrás, então não quero ver de novo. Eu espero que eu não tenha que ver esses filmes na minha vida outra vez”, revela à Tangerina, em meio a risadas. 

A autora afirma que as tão famosas cenas de sexo estarão ainda melhores em 365 Dias Finais. “Eu sou a diretora das cenas de sexo e acho que criei uma das sequências mais lindas que eu já vi. Não somente na saga 365 Dias, mas em todos os filmes que já assisti na vida”, conta. “Eu estava bem focada nisso, [em criar] cenas muito mágicas. Eu acho que as pessoas vão amar essa parte, porque é bem forte.” 

As críticas à saga

Apesar de se tratarem de um best-seller, tanto os livros quanto os filmes são bastante criticados por apresentarem uma espécie de romantização de comportamentos abusivos e crimes. 

Na história, Massimo, membro da máfia siciliana, sequestra Laura e dá a ela um ano para se apaixonar por ele. A diretora de vendas, na verdade, se apaixona em menos de três meses. Os comportamentos indicam que a protagonista esteja vivenciando uma síndrome de Estocolmo.

Blanka acha as críticas injustas e acredita que há animações da Disney que apresentam esses comportamentos de maneiras piores. “Você conhece a animação A Bela e a Fera? Consegue enxergar semelhanças nessas duas histórias? Pois é, mas sabe qual é a diferença? 365 Dias é para pessoas adultas, pessoas que sabem distinguir o bem e o mal. Crianças não entendem isso”, argumenta. 

A autora reforça que adultos têm um ponto de vista diferente, por terem uma vivência maior. “Eu não entendo por que as pessoas do mundo todo enxergam tanta polêmica no livro e em um filme para adultos, mas não veem tamanha controvérsia em um desenho da Disney. Então, sabe, eu era uma garota muito jovem quando eu assisti a este desenho da Disney, talvez isso tenha mudado a minha vida e o meu ponto de vista.” 

Um próximo livro?

Apesar de ser anunciada como uma trilogia, Blanka admitiu já estar planejando um quarto livro para o universo de 365 Dias. “Todo mundo me pressiona (risos). Eu tenho o livro número quatro [pronto], e a história é do começo, pela perspectiva do Massimo”, confessa. “Você consegue ter uma pequena amostra disso no primeiro livro. O primeiro capítulo é o livro número quatro. A cena com a garota no avião, por exemplo, estará no quarto livro.” 

Blanka também pretende seguir com novos projetos no cinema. A autora utiliza muito de suas experiências pessoais em seus trabalhos, e dessa vez não será diferente. “Eu terminei recentemente o roteiro de um novo filme –que não tem nada a ver com 365 Dias. É um projeto totalmente novo, se chama One. É uma história sobre uma garota escritora e um famoso guitarrista, uma estrela do rock”, adianta.

“Será um ótimo e erótico filme. É similar a 365 Dias, mas o roteiro é melhor do que o que eu escrevi para 365 Dias. Porque eu amadureci.”

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Giulianna Muneratto

Jornalista pela Faculdade Cásper Líbero. Adora um filme clichê, música pop e sonhava em ser cantora de cruzeiro, mas não tem talento pra isso.

Ver mais conteúdos de Giulianna Muneratto

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal