Beyoncé rejeitou pôster de filme que a deixava mais magra - Tangerina

FILMES E SÉRIES

Beyoncé

Reprodução/Instagram

AUSTIN POWERS

Beyoncé rejeitou pôster de filme que a deixava mais magra; entenda

Mesmo novata na atuação, Beyoncé já lutava contra os padrões de beleza e, em 2002, não aceitou um pôster filme em que fizeram alterações em seu corpo

Giulianna Muneratto

Há 20 anos, Beyoncé protagonizou a comédia Austin Powers: O Homem do Membro de Ouro (2002). A estrela do pop tinha apenas 19 anos e fazia seu primeiro papel no cinema como a agente Foxxy Cleopatra. O que ninguém sabia, até então, é que a cantora chegou a rejeitar um pôster do filme porque notou que seu corpo havia sido alterado para que ela parecesse mais magra

A maquiadora do longa, Kate Biscoe, contou em entrevista à Vulture que Beyoncé fez questão de que todos os materiais de divulgação do filme não alterassem seu corpo de nenhum jeito. “Quando estávamos filmando, o designer trouxe para ela um pôster para promover o filme”, disse. “Ele mostrou para ela e perguntou ‘Você gostou?’ E ela respondeu, meio desanimada, ‘Sim’. Ele disse: ‘Qual é o problema?’ E ela: ‘Você me deixou muito magra. Não sou eu.‘”

Biscoe revelou que a cantora e atriz pediu ao designer para que ela ficasse mais curvilínea na imagem. “Ela fez essa forma de ampulheta. E ele disse: ‘Ok, vamos consertar isso.’ Ela se afastou para fazer a cena, e eu olhei para ele e sorri”, acrescentou. “Perguntei: ‘É a primeira vez que uma atriz pede para você aumentar o corpo dela?’ E ele respondeu, ‘Sim. Vai me custar milhares de dólares, mas vou fazer isso’.”

Pôster de Austin Powers: O Homem do Membro de Ouro

Pôster do filme Austin Powers: O Homem do Membro de Ouro (2002)

Divulgação

Austin Powers: O Homem do Membro de Ouro marcou a estreia de Beyoncé nas telonas. A estrela interpretou um antigo interesse romântico do espião Austin Powers (Mike Myers), a agente do FBI Foxxy Cleopatra. O filme arrecadou mais de U$ 296 milhões (aproximadamente R$ 1,5 bilhão na cotação atual) em bilheterias do mundo todo.

O papel antecedeu o álbum de estreia da carreira solo da cantora, Dangerously in Love, que só foi lançado em 2003. Desde então, a artista também participou de filmes como a comédia romântica Resistindo às Tentações (2003) e o musical Dreamgirls (2006).

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Giulianna Muneratto

Jornalista pela Faculdade Cásper Líbero. Adora um filme clichê, música pop e sonhava em ser cantora de cruzeiro, mas não tem talento pra isso.

Ver mais conteúdos de Giulianna Muneratto

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal