FILMES E SÉRIES

Mulheres para ficar de olho 2022

Divulgação/Tangerina

Filmes e séries

Futuro promissor: Diretoras e atrizes para ficar de olho em 2022

Aproveitando o Dia Internacional da Mulher, a Tangerina listou 20 personalidades femininas da indústria cinematográfica para a gente ficar de olho em 2022, pois elas vão dar o que falar!

Yasmine Evaristo

Yasmine Evaristo

O número de mulheres em destaque no audiovisual cresce a cada dia. E não estamos falando apenas de diretoras, mas também atrizes, roteiristas e produtoras. Na atual edição do Oscar, são as mulheres que dominam a maior parte das indicações, sendo que na categoria principal são dois os indicados a melhor filme dirigidos por mulheres. Além disso, três disputam na categoria de melhor roteiro adaptado.

Aproveitando o Dia Internacional da Mulher, a Tangerina listou 20 personalidades femininas da indústria cinematográfica pra gente ficar de olho em 2022, pois elas vão dar o que falar!

Jessie Buckley

Jessie

Jessie Buckley rouba a cena em A Filha Perdida, que concorre ao Oscar

Divulgação/Imdb

A jovem atriz está concorrendo ao Oscar de Melhor Atriz pelo filme A Filha Perdida (Netflix) e aparecerá em mais duas produções em 2022: Men, da produtora A24, previsto para maio, e Woman Talking, ainda sem data de lançamento. A atriz e cantora irlandesa, vem se destacando desde o ano de 2019 aparecendo em séries como Chernobyl (HBO Max) e Fargo (Netflix), além de um histórico de apresentações em peças musicais. Uma profissional versátil que veremos bastante em produções futuras. 

Kristen Stewart

Kristen Stewart

Kristen redirecionou sua carreira e amadurece a cada novo filme

Divulgação/Filmnation

Indicada ao Oscar de Melhor Atriz por sua interpretação de Lady Di em Spencer, a americana Kristen Stewart se encontra em projetos cada vez mais ousados e de qualidade. O próximo filme do cineasta David Cronenberg, sobre a humanidade se adaptando a um ambiente sintético, conta com a atriz em seu elenco. Kristen é aquelas artistas das quais ouviremos falar muito ainda, pois sua interpretação amadurece a cada filme. 

Shonda Rhimes 

Shonda

Shonda Rhimes não para de produzir, nunca!

Divulgação/Netflix

Dona do coração e da saúde mental dos fãs de Grey’s Anatomy (GloboPlay), Shonda parece não parar de produzir, nunca. Após o sucesso da Netflix, Inventando Anna, a roteirista e produtora promete em 2022 as novas temporada das séries sob seu comando: Bridgerton, Grey’s, Estação 19 e o projeto ainda sem nome sobre Rainha Charlotte, derivada de Bridgerton, ainda sem quantidade exata de capítulos definidas, mas em processo de filmagem. 

Sarah Polley 

Sarah Polley

Sarah Polley: A queridinha dos indies

Divulgação/Imdb

A canadense Sarah Polley é a queridinha dos diretores independentes por possuir um rosto muito expressivo que reflete os sentimentos de jovens personagens sensíveis. Mas a atriz também se destaca atrás das telas seja como diretora ou roteirista. Sua escolha de não protagonizar produções mainstream vem de uma decisão política que Polley fez de só estar a frente de filmes com relevância social, entretanto, antes de deixar o cinema hollywoodiano, ficou conhecida por protagonizar o filme Vamos Nessa (HBO Max)  Neste ano ela está a frente de Woman Talking, drama que dirige e roteiriza sobre um grupo de mulheres que vivem em uma colônia menonita, isolada e lutam contra o abuso sexual cometido pelos homens desta colônia.  

Sabrina Fidalgo

Sabrina Fidalgo

A cineasta carioca Sabrina Fidalgo nos dá esperança no cinema nacional

Divulgação/TV Brasil

A cineasta carioca, despontou e chamou a atenção do meio cinematográfico em 2016, com o média-metragem Rainha. Entretanto, desde 2006, Sabrina mostrava sua competência na direção de videoclipes, documentários musicais e curtas de ficção. Sua última produção para o cinema foi curta Alfazema (MUBI), estrelado por Elisa Lucinda. Mas Fidalgo sempre está na ativa, como colunista da Vogue Brasil, produtora da Fidalgo Produções e, em 2022, está explorando o audiovisual nas galerias de arte, com a vídeo instalação Voyage Voyage, sobre o isolamento social provocado pelo novo coronavírus, por meio da relação cotidiana dos ser humano com objetos cotidianos. A obra estará exposta na Galeria Abre Alas, no A Gentil Carioca, até o dia 09/04/2022.

Jamie Clayton

jamie clayton

Jamie será a primeira cenobita mulher em Hellraiser

Divulgação/Netflix

Após o sucesso de Sense8 (Netflix) a carreira da atriz alavancou e pudemos acompanhar suas personagens em Designated Survivor (Netflix) e  The L Word: Generation Q (Prime Video). Em 2022 poderemos ver Jamie no remake do clássico de terror Hellraiser, interpretando o cenobita Pinhead. É a primeira vez que o antagonista é representado por uma mulher. 

Dakota Johnson

Dakota

Dakota Johnson: Superem 50 Tons de Cinza

Divulgação/Netflix

Já passou da hora de esquecermos o início de carreira de Dakota em Cinquenta tons de cinza e observar como a atriz vem aparecendo em produções de destaque. Ela está no elenco de A Filha Perdida, produção da Netflix indicada em várias categorias do Oscar. Além disso, neste ano a atriz protagoniza Am I, Ok? e a adaptação de Persuasão, romance da escritora Jane Austen. 

Lena Dunham

Lena Dunham

Lena volta aos holofotes dirigindo, produzindo e roteirizando Sharp Sticks

Divulgação/HBO

Atriz, roteirista, diretora e escritora, Lena Dunham volta aos holofotes com Sharp Stick que ela dirige, roteiriza e produz. O filme conta a história de Sarah Jo, uma inocente mulher de 26 anos que faz de tudo para ser notada, mas, como consequência, se envolve com drogas, abusos e poder. Para quem não conhece a carreira da atriz, a dica é mergulhar nas seis temporadas de Girls, no HBO Max. 

Regina King

Regina King

Regina King: Ninguém segura essa mulher

Divulgação/HBO

Depois de conquistar o público interpretando Sister Night, em Watchmen (HBO Max), Regina King vem vivendo momentos de glória em sua carreira. Em 2021, dirigiu um dos indicados ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado e Ator Coadjuvante, One Night in Miami… (Prime Video) sobre o encontro, fictício, das personalidades negras Muhammad Ali, Malcom X, Sam Cook e Jim Brown. Neste ano aguardamos ansiosos pela cinebiografia Shirley, sobre a primeira congressista negra dos Estados Unidos, Shirley Chrisholm. 

Sandra Bullock

Sandra Bullock

Sandra Bullock: Quem é rainha nunca perde a majestade

Divulgação/HBO

A estrela de Velocidade Máxima, estará novamente em duas aventuras, ao lado de seu amigo Brad Pitt. Uma delas é The Lost City e a outra Bullet Train. Enquanto o primeiro filme será uma comédia de ação sobre uma expedição em busca de uma cidade perdida, o segundo um suspense baseado no livro de Maria Beetle de Kotaro Isaka, sobre cinco assassinos que se encontram dentro de um trem bala, em que a atriz substitui Lady Gaga. 

Tig Notaro

Tig Notaro: O futuro da comédia

Divulgação/Netflix

A comediante conhecida por interpretar a comandante Jett Reno, de Star Trek: Discovery (Prime Vídeo), estará em nada menos que quatro produções para cinema e TV. Versátil, a atriz estará na aventura We have a ghost (Netflix), na comédia romântica Your Place or Mine, na série derivada do filme de Zack Snyder, Army of the Dead: Lost Vegas (Netflix) e no drama Am I, OK?  

Marsai Martin

Marsai

Marsai Martin: A mais jovem produtora executiva do mundo

Divulgação/ABC

A filha caçula do casal Johnson do filme Black-ish fora das telas é uma das mais jovens produtoras do mercado cinematográfico estadunidense. Marsai foi a pessoa mais jovem a produzir um filme de estúdio, aos 14 anos, em 2019. Além de estar na série derivada, Grown-Ish, estará em Fantasy Football, sobre uma garota de 15 anos que controla o movimento do pai que é jogador de futebol através de seu videogame. Enquanto ofilme não chega, vale a pena conferir a atriz em A Chefinha, disponível na Netflix.

Amy Poehler

Amy Pohler

Amy Pohler: Polivalente

Divulgação/Netflix

A comediante do Saturday Night Live dirigirá um documentário sobre Lucille Ball e seu marido, Desi Arnaz, explorando a ascensão profissional do casal na comédia devido ao programa I Love Lucy. Para esperar o lançamento do documentário, a dica é assistir ao filme Conhecendo os Ricardos, disponível no Prime Vídeo, com uma bela interpretação de Nicole Kidman.

Maisa Silva

Maisa Silva

Maisa: Construindo uma carreira sólida no audiovisual nacional.

Divulgação/Netflix

A encantadora Maisa, que no momento vem bombando o top 10 da Netflix com De Volta Aos 15 está creditada para atuar em mais uma comédia, intitulada Desapega! sobre Rita. A personagem é uma mãe que assume a liderança de um grupo de compradores compulsivos, tentando dar a volta por cima e aprender a lidar com o vício para resgatar a relação com sua filha. 

Tomoko Yoshida

Tomoko Yoshida

Tomoko Yoshida: A rainha dos doramas.

Divulgação/MUBI

Para quem gosta de doramas, a Netflix lançará em março de 2022 um filme chamado Como Pétalas Que Caem, roteirizado por Tomoko Yoshida. A roteirista é bem conhecida no Japão por fãs do gênero e em neste ano também estará em outra produção Netflix com My Dearest, Like Cherry Blossom (título provisório). 

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Yasmine Evaristo

Yasmine Evaristo

Yasmine Evaristo é crítica de cinema associada à Abraccine e pesquisa o gênero fantástico e representação e representatividade de pessoas negras no cinema. Devota da santíssima trindade Tarkovski-Kubrick-Lynch, também é artista visual, desenhista e cursa graduação em letras.

Ver mais conteúdos de Yasmine Evaristo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal