FILMES E SÉRIES

Tom Cruise em cena de Top Gun: Maverick

Divulgação/Paramount Pictures

Continuações de Sucesso

Na era dos reboots, Top Gun prova que nostalgia vale mais que recomeço

O novo filme, estrelado por Tom Cruise, mostra o sucesso de continuações

Victor Cierro

Victor Cierro

Top Gun: Maverick estreou na quinta-feira (26) e já mexeu nas estruturas do cinema. Além de ser um sucesso mundial de bilheteria, o novo filme estrelado por Tom Cruise está sendo aclamado pelos críticos. A continuação de Ases Indomáveis (1986) provou mais uma vez que na era dos reboots, as sequências nostálgicas valem mais a pena do que recomeçar uma nova franquia, com atores mais jovens e histórias similares.

Na nova trama, após mais de 30 anos de serviço como um dos principais pilotos da Marinha, Pete “Maverick” Mitchell (Tom Cruise) está onde deveria. Ele vai até o limite como um piloto de testes corajoso, enquanto evita ser promovido nas patentes das Forças Armadas, o que mudaria sua vida para sempre.

Em vez de escalar um ator mais jovem como Maverick (Cruise) e contar uma nova história, a Paramount Pictures tomou a decisão correta. O estúdio escolheu fazer a continuação de Top Gun: Ases Indomáveis para mostrar o amadurecimento do protagonista e como ele agiria nos tempos atuais.

No entanto, as empresas na indústria cinematográfica não costumam optar por este caminho. Neste ano, o reboot de Doze É Demais (2003) estreou no Disney+. Apesar de ter uma premissa interessante, o remake deixa a desejar. O motivo? A nostalgia de ver a reunião da família Baker depois de anos seria mais intrigante do que uma história inédita sobre duas famílias enormes.

Inclusive, outro filme de comédia estrelado por Steve Martin vai ganhar um remake. O novo O Pai da Noiva chega em 16 de junho na HBO Max. A onda de reboots não para! Mas por que Hollywood insiste nesta nova tendência enquanto as continuações nostálgicas provam sua superioridade no cinema?

Para provar esta teoria, a Tangerina preparou uma lista com cinco sequências nostálgicas que tiveram sucesso nos últimos anos!

Blade Runner 2049 (2017)

Ryan Gosling e Harrison Ford em cena de Blade Runner 2049

Trailer de Blade Runner 2049

Ryan Gosling e Harrison Ford em cena de Blade Runner 2049

A continuação de Blade Runner: O Caçador de Androides (1982) mostra a história de K (Ryan Gosling). Depois de descobrir um segredo que pode levar a sociedade para um caos absoluto, o protagonista precisa solucionar esse mistério. E, para isso, ele deve achar Rick Deckard (Harrison Ford).

No entanto, Rick está desaparecido há 30 anos. Então, para evitar a iminente guerra entre humanos e replicantes, K precisa encontrar o homem aposentado e unir forças com a antiga geração. Ao mesmo tempo que foca no personagem de Ryan Gosling, a continuação também ajuda a fechar o capítulo de Ford na saga.

Onde assistir: Netflix

Creed: Nascido para Lutar (2016)

Michael B. Jordan e Sylvester Stallone em cena de Creed

Michael B. Jordan e Sylvester Stallone no filme Creed: Nascido para Lutar

Barry Wetcher/Warner Bros.

Na trama, Adonis Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu o pai. Apollo Creed (Carl Weathers) morreu antes de seu nascimento em Rocky 4 (1985). Mesmo sabendo do destino de seu patriarca, o protagonista decide entrar no mundo de competições profissionais de boxe.

Mas, para isso, ele precisa de aulas intensivas com o melhor lutador possível. Depois de muita insistência, Creed consegue convencer o aposentado Rocky Balboa (Sylvester Stallone) a ser seu treinador.

Onde assistir: Globoplay e Prime Video

Mad Max: Estrada da Fúria (2015)

Tom Hardy em cena de Mad Max: Estrada da Fúria

Trailer de Mad Max: Estrada da Fúria

Tom Hardy em cena de Mad Max: Estrada da Fúria

Ao ser capturado por um tirano, Max (Tom Hardy) se encontra no centro de uma guerra mortal. A imperatriz Furiosa (Charlize Theron) iniciou a batalha feroz para salvar um grupo de garotas no meio do deserto devastado.

Enquanto tenta fugir, Max decide ajudar Furiosa em sua batalha contra as forças do mal. No entanto, durante a guerra, o protagonista precisa tomar mais uma difícil decisão: seguir o próprio caminho ou permanecer no novo grupo.

Onde assistir: HBO Max

Toy Story 4 (2019)

Tony Hale e Tom Hanks em cena de Toy Story 4

Forky e Woody no filme Toy Story 4

Divulgação/Pixar Animation Studios

Depois de quase uma década de espera, os fãs do caubói Woody e do astronauta Buzz Lightyear tiveram a oportunidade de ver a rotina dos brinquedos na casa da jovem Bonnie. Nesta nova aventura, Toy Story 4 apresenta um personagem inédito —o Garfinho.

O brinquedo, que é um garfo de plástico, não aceita sua nova função, se define como lixo e decide fugir da casa. Para não deixar Bonnie triste, Woody embarca em uma missão para achar Garfinho. Enquanto tenta trazer o novo acessório predileto da garota de volta, o caubói reencontra Bo Peep, o amor de sua vida, que vive em um parque de diversões.

Onde assistir: Disney+

Tron – O Legado (2010)

Garrett Hedlund e Olivia Wilde em cena de Tron: O Legado

Trailer de Tron: O Legado

Garrett Hedlund e Olivia Wilde em cena de Tron - O Legado

A sequência de Tron (1982) mistura o mundo real com o dos games. O filme mostra o encontro de Kevin Flynn (Jeff Bridges), um programador especializado em informática, com seu filho, Sam (Garrett Hedlund), no fliperama onde trabalhava.

Dirigida por Joseph Kosinski (Top Gun: Maverick), a continuação acompanha a jornada da dupla dentro do jogo Tron. Os dois são transportados para dentro do game e precisam sobreviver aos desafios impostos por esta realidade virtual.

Onde assistir: Disney+

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Victor Cierro

Victor Cierro

Repórter da Tangerina, Victor Cierro é viciado em quadrinhos e cultura pop e decidiu que seria jornalista aos 9 anos. É o foca da equipe e cria da casa: antes da Tangerina, estagiou no Notícias da TV, escrevendo sobre filmes e séries.

Ver mais conteúdos de Victor Cierro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal