FILMES E SÉRIES

A Filha Perdida

Divulgação/Netflix

Filmes e Séries

A Filha Perdida fatura prêmio de melhor filme no Spirit Awards

Longa de Maggie Gyllenhaal, que também está cotado para o Oscar 2022 levou 6 prêmios no total. Confira os demais vencedores

Gabriela Franco

Gabi Franco

A Filha Perdida, longa de estreia da atriz e agora diretora Maggie Gyllenhaal, que está no catálogo da Netflix e já tem três indicações ao Oscar 2022, foi o grande vencedor do Film Independent Spirit Awards, realizado neste domingo (6). Mais conhecida apenas como Spirit Awards, a premiação foi criada para celebrar produções independentes e/ou de baixo orçamento nos Estados Unidos e é celebrado em Santa Monica, Los Angeles.

Não se trata de um termômetro para o Oscar, mas como ainda estamos em temporada de premiações, pode ser encarado como um reconhecimento importante para Gyllenhaal que também levou os prêmios de melhor roteiro e direção. Maggie dedicou seu prêmio “às mulheres do cinema”.

O longa, que tem Olivia Colman (indicada ao Oscar de melhor atriz) e Dakota Johnson no elenco, é uma adaptação do livro homônimo de Elena Ferrante e tem a maternidade como tema central. O filme é certeiro em transmitir a estranheza e o incômodo dessa condição a que as mulheres têm que se resignar, abrindo mão de seu corpo, tempo, sonhos e até mesmo identidade, enquanto a carga para os homens, como pais, parece ser desproporcional.

Identidade

Da esquerda para a direita: Ruth Negga e Tessa Thompson em Identidade, na Netflix.

Divulgação/Netflix

Outros filmes cotados ao Oscar como Ataque dos Cães nem entraram na premiação, já que que a celebração dá preferência a obras de médio a baixo orçamento.

Entre os vencedores da noite quem também ganhou destaque foi Troy Kotsur, que levou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante por No Ritmo do Coração, e também fez história como o primeiro ator surdo a ganhar um Spirit Award. No Ritmo do Coração também crava a força do streaming, já que A Apple TV+ exibiu o longa com exclusividade nos EUA sem antes estrear nos cinemas.

O filme Zola, que teve sete indicações venceu apenas dois prêmios: Melhor Atriz (Taylour Paige) e Edição.

O prêmio de Melhor Ator ficou com Simon Rex por Red Rocket, novo filme de Sean Baker ( do fenomenal Projeto Flórida), e o de Melhor Atriz Coadjuvante com Ruth Negga por Identidade, mais uma produção da Netflix. Summer of Soul também ganhou como Melhor Documentário e pode ser assistido na Globoplay ou no Telecine. Já Drive My Car, que está indicado a quatro categorias no Oscar: Melhor Filme, Direção, Longa Internacional e Roteiro Adaptado- ganhou o Spirit Award de Melhor Filme Internacional. O longa estreia nos cinemas em 17 de março e no dia 1 de abril, na MUBI.

Identidade também já está na Netflix. Já No Ritmo do Coração está no Amazon Prime, enquanto Zola está disponível para aluguel/compra na Apple TV.

Veja os vencedores do Spirit Awards

Melhor filme
A Filha Perdida
Melhor primeira obra
7 Days
Melhor documentário
Summer of Soul
Melhor filme internacional
Drive My Car (Japão)
Melhor realização
Maggie Gyllenhaal, por A Filha Perdida
Melhor ator
Simon Rex, em Red Rocket
Melhor atriz
Taylour Paige, em Zola
Melhor ator coadjuvante
Troy Kotsur, em No Ritmo do Coração
Melhor atriz coadjuvante
Ruth Negga, em Identidade
Melhor roteiro
A Filha Perdida
Melhor primeiro roteiro
Pig
Melhor edição
Zola
Melhor fotografia
Identidade
Prêmio Robert Altman
o realizador, o elenco e o diretor de elenco de Mass
Prêmio John Cassavetes
Shiva Baby
Producers Award
Lizzie Shapiro
Someone to Watch Award
Alex Camilleri, “Luzzu”
Truer Than Fiction Award
Faya Dayi

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Gabriela Franco

Gabi Franco

Editora de filmes e séries na Tangerina, Gabi Franco é criadora do Minas Nerds, jornalista, cineasta, mãe de gente, pet e planta. Ex- HBO, MTV, Folha, Globo… É marvete, mas até tem amigos DCnautas.

Ver mais conteúdos de Gabi Franco

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal