FILMES E SÉRIES

Cena do filme Naquele Fim de Semana

Divulgação

Listas

Cinco suspenses matadores para quem curtiu Naquele Fim de Semana

Adora passar um nervoso vendo um filme? Se liga só nesta lista com thrillers de roer as unhas como no novo sucesso da Netflix

Rafael Argemon

Rafael Argemon

Você é daquelas pessoas que adora passar um nervoso vendo filme? Saiba que não está sozinhe. Tanto que, desde que estreou na Netflix, o thriller Naquele Fim de Semana ocupa o topo no ranking da plataforma. 

Baseado no best-seller de Sarah Alderson, Naquele Fim de Semana conta a história de um dos final de semana especial das amigas Kate (Christina Wolfe) e Beth (Leighton Meester). Dessa vez, o local escolhido é a costa da Croácia.

Depois de uma noite de balada forte, Beth acorda sem lembrar muito do que aconteceu e percebe que Kate desapareceu. Ao buscar sua amiga, ela não recebe apoio nenhum da polícia e procura a ajuda de Zain (Ziad Bakri), o motorista que conheceu ao chegar na Croácia.

Naquele Fim de Semana tem um enredo básico daquele tipo de suspense que a gente adora. Tanto que nos inspiramos a fazer uma listinha para você que curte um mistério.

Veja aqui:

Busca Frenética (1988)

Pôster do filme Busca Frenética

Busca Frenética (1988)

Um dos melhores thrillers da década de 1980, Busca Frenética anda meio esquecido

Harrison Ford é mais conhecido por seus papéis como Han Solo e Indiana Jones, mas ele também estrelou diversos suspenses em sua carreira. Principalmente entre a década de 1980 e 1990. E Busca Frenética é um dos melhores. Nele, Ford é um médico que vai a Paris para uma conferência acompanhado de sua esposa. Ao voltar do banho em seu quarto de hotel, ele se dá conta que ela desapareceu. Ao procurá-la pelas ruas da cidade, ele se vê no submundo de Paris.

Onde ver: HBO Max / Apple TV (para alugar)

Buscando… (2018)

Cena do filme Buscando...

Buscando... (2018)

Uso criativo da tela é uma das grandes sacadas desse suspense estrelado por John Cho

Estrelado por John Cho, Buscando… faz um uso bem inteligente da tela para prender nossa atenção do começo ao fim do filme. O diretor Aneesh Chaganty usa apenas telas de dispositivos como computadores e celulares para contar a história de David Kim (Cho). Pai de uma garota de 16 anos, ele se desespera quando sua filha desaparece. Ao vasculhar no laptop da filha, ele descobre coisas sobre ela que ele não fazia ideia.

Onde ver: Netflix / Apple TV, Google Play, Microsoft Store, Looke e Claro Vídeo (para alugar)

Fresh (2022)

Cena do filme Fresh

Fresh (2022)

Instigante e assustador, Fresh não é para estômagos sensíveis

Lançamento fresquinho –desculpe o trocadilho irresistível– do Star+, o thriller/terror estrelado por Sebastian Stan (o Soldado Invernal da Marvel) e Daisy Edgar-Jones (da ótima minissérie Normal People) não é para estômagos sensíveis. Pelo menos para quem curte um bife suculento. Na trama, Noa (Edgar-Jones) não tem muita sorte com os caras que encontra via aplicativos de relacionamento. Até que conhece Steve (Stan) em um supermercado. Simpático, divertido, gato e médico, ele parece ser muito bom pra ser verdade. E claro que era, cilada, né.
Onde ver: Star+

Garota Exemplar (2014)

Cena do filme Garota Exemplar

Garota Exemplar (2014)

Reviravoltas inesperadas não faltam no suspense baseado no best-seller de Gillian Flynn

A surpreendente trama do best-seller de Gillian Flynn ganha muito com a direção sempre muito precisa de David Fincher (de Seven: Os Sete Crimes Capitais e Clube da Luta). Na trama, o comportamento errático de Nick Dunne (Ben Affleck) o transforma em principal suspeito do desaparecimento da mulher, Amy (Rosamund Pike), que “narra” a história do conturbado relacionamento do casal por meio de seu diário.

Onde ver: Netflix, Amazon Prime Video, Star+, Telecine Play e Globoplay

Um Contratempo (2016)

Cena do filme Um Contratempo

Um Contratempo (2016)

Filme dirigido por Oriol Paulo é um belo exemplo da força do cinema de gênero espanhol

É difícil de acreditar como filmes com apelo popular tão grande quanto os do cineasta espanhol Oriol Paulo nunca estrearam nos cinemas por aqui. Thrillers muito bem construídos e recheados de reviravoltas que tinham tudo para ir bem nas bilheterias brasileiras. Caso do eletrizante Um Contratempo. A trama segue a fórmula típica dos filmes de Paulo, onde nada é o que parece ser, constantemente pregando peças no espectador. Adrian Doria (Mario Casas) é um empresário de sucesso com uma vida aparentemente perfeita, mas tudo começa a ruir quando ele acorda em um quarto de hotel ao lado de sua amante morta, coberta por uma pilha de dinheiro.

Onde ver: Netflix

Leia mais:

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Rafael Argemon

Rafael Argemon

Rafael Argemon é criador do perfil O Cara da Locadora no Instagram e também assina uma coluna com o mesmo nome na Tangerina, onde indica as pérolas escondidas nas plataformas de streaming. Cinéfilo e maratonador de séries profissional, passou por Estadão, R7, UOL, Time Out e Huffpost. Apaixonado por pugs, sagu e jogos do Mario.

Ver mais conteúdos de Rafael Argemon

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal