Netflix provoca HBO Max com 'Boneca Russa' da Suécia - Tangerina

FILMES E SÉRIES

Hedda Stiernstedt

Robert Eldrim/Netflix

ONE MORE TIME

É guerra? Netflix provoca HBO Max com ‘Boneca Russa’ da Suécia

Um dia depois de a HBO Max anunciar o fim das séries originais na Escandinávia, Netflix revelou um projeto de peso na Suécia

Luciano Guaraldo

Apenas um dia depois de a HBO Max anunciar que pararia as produções originais em vários países da Europa, inclusive na Suécia, a Netflix decidiu provocar sua rival e revelar um novo projeto no país da Escandinávia. O filme One More Time mostrará uma mulher que sofre um acidente no seu aniversário e começa a reviver o mesmo dia várias vezes –como na série Boneca Russa.

One More Time conta a história de Amelia (Hedda Stiernstedt), uma mulher que é atropelada por um ônibus no dia em que completaria 40 anos. Ela misteriosamente acorda em 2002, quando tinha apenas 18, e “ganha a chance de reviver seu melhor dia e transformar sua vida na visão perfeita que ela tinha imaginado”, diz a sinopse no site oficial da Netflix.

Porém, Amelia começa a repetir o mesmo dia várias vezes, e precisa descobrir o que ela precisa consertar em seu passado para poder seguir em frente e voltar aos dias atuais. O projeto terá roteiro de Tove Forsman e Sofie Forsman (Young Royals) e direção de Jonatan Etzler. A estreia está prevista para 2023.

“Eu estou muito empolgada para esse projeto ganhar vida. Acho que é hora de olhar para trás, para o início dos anos 2000, e mergulhar nessa era repleta de alegria. Eu estou trabalhando com o talentoso Jonatan Etzler e com um grupo de atores muito bons. Estamos nos divertindo muito, e acho que isso vai ser perceptível no resultado final”, declarou Hedda Stiernstedt (Beforeigners) em comunicado liberado pela Netflix à imprensa.

HBO Max cancela séries estrangeiras

O anúncio de One More Time parece uma provocação da Netflix à HBO Max por ter acontecido nesta terça-feira (5). Na segunda (4), foi revelado que o streaming da Warner Bros. Discovery cortou produções de séries nos países da Escandinávia (Noruega, Finlândia, Suécia e Dinamarca), da Europa central, da Holanda e da Turquia. Alguns dos maiores sucessos internacionais da HBO Max vieram da região, como a dinamarquesa Kamikaze e a sueca Lust.

Séries que já estavam em produção vão continuar em desenvolvimento, mas podem ser vendidas para outras plataformas. Lust, Kamikaze e a húngara O Informante também devem deixar o catálogo internacional da HBO Max e serem negociadas com streamings rivais. A proposta, claro, é diminuir custos e aumentar os lucros.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal