O Poderoso Chefão: Astros e diretores fazem tributo a James Caan

FILMES E SÉRIES

Al Pacino, Francis Ford Coppola e Robert De Niro

Reprodução/YouTube

LUTO EM HOLLYWOOD

O Poderoso Chefão: Astros e diretores fazem tributo a James Caan

Astro de O Poderoso Chefão (1972) morreu nesta quarta (6), aos 82 anos

André Zuliani

Al Pacino e Robert De Niro, astros da franquia O Poderoso Chefão, e Francis Ford Coppola, diretor da trilogia, se manifestaram sobre a despedida de James Caan (1940-2022), que morreu nesta quarta (6), aos 82 anos. Em comunicados oficiais enviados à imprensa, o trio de lendas de Hollywood fez um tributo ao amigo.

“Jimmy era meu irmão na ficção e amigo de longa data da vida. É difícil acreditar que ele não está mais no mundo, porque ele era tão vivo e amável. Um grande ator, brilhante diretor e amigo querido. Sentirei sua falta”, escreveu Pacino.

Apesar de econômico nas palavras, De Niro não deixou de lamentar a morte de Caan. “Eu estou muito, muito triste em saber sobre a morte de Jimmy.”

Coppola, responsável por escalar James Caan como Sonny Corleone em O Poderoso Chefão (1972) —papel que lhe rendeu uma indicação ao Oscar e o status de astro de Hollywood—, relembrou a parceria com o amigo em texto enviado exclusivamente ao site Deadline.

“Jimmy foi alguém que se estendeu pela minha vida por mais tempo e mais perto do que qualquer figura de cinema que já conheci. Desde os primeiros tempos trabalhando juntos em Caminhos Mal Traçados [1969] e ao longo de todos os marcos da minha vida, seus filmes e os muitos grandes papéis que ele desempenhou nunca serão esquecidos. Ele sempre será meu velho amigo de Sunnyside, meu colaborador e uma das pessoas mais engraçadas que já conheci”, escreveu o cineasta.

A morte de James Caan foi confirmada por sua família em publicação em seu perfil oficial no Twitter. “É com grande tristeza que informamos vocês da morte de Jimmy na noite de 6 de julho. A família agradece as demonstrações de amor e sentimentos sinceros e pede que vocês continuem a respeitar sua privacidade neste momento difícil”, diz o texto. A causa não foi revelada.

Além de O Poderoso Chefão, que lhe rendeu sua única indicação ao Oscar em 1973, Caan também atuou em outros filmes renomados do século passado. Rollerball: Os Gladiadores do Futuro (1975) e Louca Obsessão (1990) são alguns dos destaques do currículo do artista.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

André Zuliani

Repórter de séries e filmes. Viciado em cultura pop, acompanha o mundo do entretenimento desde 2013. Tem pós-graduação em Jornalismo Digital pela ESPM e foi redator do Omelete.

Ver mais conteúdos de André Zuliani

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal