FILMES E SÉRIES

Philip Baker Hall

Divulgação/New Line Cinema

LUTO

Ator de Magnólia e Boogie Nights, Philip Baker Hall morre aos 90 anos

O ator Philip Baker Hall morreu no domingo (12), aos 90 anos. Ele atuou em filmes como Jogada de Risco e A Hora do Rush

Luciano Guaraldo

O ator Philip Baker Hall, veterano que colaborou com o cineasta Paul Thomas Anderson em clássicos modernos como Magnólia (1999), Boogie Nights: Prazer Sem Limites (1997) e Jogada de Risco (1996), morreu no domingo (12), aos 90 anos.

A notícia da morte foi compartilhada pelo repórter Sam Farmer, que trabalha no Los Angeles Times e era vizinho do veterano. “Meu vizinho, amigo e uma das pessoas mais espertas, talentosas e generosas que eu já conheci, Philip Baker Hall, morreu em paz na noite passada. Ele estava cercado de pessoas que o amavam. O mundo agora tem uma lacuna”, escreveu ele no Twitter.

Nascido em Toledo, no Estado de Ohio, Philip Baker Hall começou a atuar tardiamente, aos 30 anos, e só fez seu primeiro filme em 1970, às vésperas de completar 40. Depois de mais de duas décadas com papéis coadjuvantes em produções pouco expressivas, ele conquistou a crítica e o público em Jogada de Risco, primeiro longa dirigido por Paul Thomas Anderson.

Na TV, o veterano apareceu em 13 episódios da célebre Falcon Crest (1981-1990), fez parte do elenco fixo da malsucedida Michael Hayes (1997-1998) e, mais recentemente, da série Messiah (2020), da Netflix. Ele ainda participou de Modern Family (2009-2020) e dublou dois capítulos da animação BoJack Horseman (2014-2020).

No cinema, dividiu a tela com Jim Carrey em Os Pinguins do Papai (2011) e O Show de Truman (1998). Equilibrando papéis cômicos com outros muito dramáticos, também apareceu em O Talentoso Ripley (1999), A Soma de Todos os Medos (2002) e Dogville (2003).

Philip Baker Hall deixa a mulher, Holly Ruth Wolfle, com quem teve duas filhas, Anna e Adella Ruth Baker.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal