FILMES E SÉRIES

David Harbour na quarta temporada de Stranger Things, da Netflix

Divulgação/Netflix

NOVA TEMPORADA

Stranger Things 4: Entenda como Hopper sobreviveu à explosão na série

Os primeiros episódios da 4ª temporada de Stranger Things estrearam na Netflix e finalmente explicaram como Hopper sobreviveu à explosão

André Zuliani

A quarta temporada de Stranger Things finalmente estreou na Netflix e respondeu diversas questões que habitavam a mente dos fãs nos últimos anos. Uma das principais é como o policial Hopper (David Harbour), que aparentemente foi desintegrado e dado como morto após a explosão no laboratório subterrâneo do shopping Starcourt, aparece vivo nos novos episódios.

Para parte do público, a sobrevivência de Hopper nunca foi questionada. A cena pós-créditos do fim da terceira temporada revelou que um norte-americano estava sendo mantido preso em uma prisão soviética –mesma nacionalidade dos cientistas responsáveis pelo laboratório em Starcourt. Meses depois, a Netflix confirmou a expectativa ao divulgar o primeiro teaser do quarto ano. Nele, o personagem aparece como um dos prisioneiros do local.

A resposta, no entanto, precisaria ser convincente. Aos olhos do espectador, o laboratório explodiu e o corpo de Hopper desapareceu para nunca ser encontrado pelas autoridades. Apesar disso, há uma máxima simples no universo da cultura pop que sempre indicou a sobrevivência do policial: se não há corpo, não há morto.

Como, então, o pai adotivo de Eleven (Millie Bobby Brown) sobreviveu à explosão e foi parar em uma prisão na União Soviética? A explicação, para o deleite de alguns e desespero de outros, é mais simples do que se imagina.

David Harbour

David Harbour na 4ª temporada de Stranger Things

Divulgação/Netflix

A resposta sobre o destino do policial aparece logo nos instantes iniciais do segundo episódio. A sequência mostra novamente a cena na qual Hopper se despede de Joyce (Winona Ryder) e aparentemente é desintegrado pela explosão. Na verdade, o bigodudo se joga da plataforma antes que as chamas o atinjam e cai desacordado no andar debaixo do laboratório.

Após ficar um tempo inconsciente, Hopper acorda e sobe de volta para a plataforma por uma escada –sim, havia uma escada que dava acesso ao andar inferior e que ninguém notou. Ao chegar no local, ele é recebido por um grupo de soldados soviéticos que, novamente, o colocam para dormir.

No início, ao ser levado para a União Soviética, o policial é torturado pelos soldados para que eles obtenham informações sobre por que Hopper estava no laboratório e quem eram seus aliados –os soviéticos conseguiram uma imagem de Joyce disfarçada com o uniforme deles–, mas ele nunca cede. Percebendo que Hopper supera todas as suas técnicas, os vilões determinam que ele é forte o suficiente para trabalho braçal e o enviam para viver em cárcere em uma prisão em Kamchatka.

Em entrevista à revista Entertainment Weekly, Harbour disseca a experiência do personagem na prisão russa e explica como estes eventos vão influenciar na trajetória de Hopper durante a quarta temporada de Stranger Things:

“Especialmente depois da terceira temporada, acho que veremos cores totalmente diferentes de Hopper. Ele está em um ambiente brutal. Ele está passando por coisas externas e também internas brutais”, entregou.

“Hopper está na Rússia sendo espancado pelos guardas da prisão, está isolado e sozinho, há um monstro nesta prisão. E ele também tem esses segredos que o impediram de ser o pai e o homem que ele quer ser. Ele precisa expurgar esses segredos internos para seguir em frente e ser o guerreiro que pode ser necessário nessa luta contra o Mundo Invertido”, concluiu.

O volume um da quarta temporada de Stranger Things estreou com sete episódios. O volume dois, que contará com os dois episódios derradeiros do novo ano, chegam à plataforma apenas em 1º de julho.

Cena de Stranger Things 4

Stranger Things 4ª temporada - Volume um

Assista ao trailer legendado:

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

André Zuliani

Repórter de séries e filmes. Viciado em cultura pop, acompanha o mundo do entretenimento desde 2013. Tem pós-graduação em Jornalismo Digital pela ESPM e foi redator do Omelete.

Ver mais conteúdos de André Zuliani

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal