GAMES

Montagem com jogos do Batman

Montagem com imagens de Divulgação/WB Games e Divulgação/Telltale Games

Batman

Melhores jogos do Batman para você se sentir o próprio Homem-Morcego

Uma seleção fresquinha com os melhores games protagonizados pelo Cavaleiro das Trevas, pra entrar no clima da estreia de Batman, filme estrelado por Robert Pattinson

Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

O Homem-Morcego, o Cavaleiro das Trevas, Cruzado de Capa, Maior Detetive do Mundo, blá-blá-blá. O Batman é conhecido por muitos nomes, afinal, é um dos heróis mais famosos do mundo e um dos mais importantes da DC Comics.

Nesta quinta (3), ele ganhará uma nova versão nos cinemas sob direção de Matt Reeves e estrelado por Robert Pattinson, que já reúne em seu currículo alguma experiência com criadas aladas da noite. Além de estrelar inúmeros filmes, o herói também é bastante conhecido e adorado nos videogames, com uma série de títulos ao longo das décadas.

Mas, se você está na dúvida sobre por onde começar a jogar e quer saber quais são os melhores jogos do Batman, não se preocupe!

A Tangerina também está em clima de batmania. Então, nada mais justo do que classificar os jogos protagonizados pelo Homem-Morcego, do pior ao melhor. Santo joystick, Batman!

10 – LEGO Batman 3: Beyond Gotham

Cena de LEGO Batman 3: Beyond Gotham

Em LEGO Batman 3, Homem-Morcego reune a Liga da Justiça mais uma vez

Divulgação/WB Games

O terceiro jogo da série de aventura LEGO Batman foi lançado em 2014. Com perspectiva em terceira pessoa, você pode controlar mais de 150 personagens do universo DC, incluindo várias versões do Homem-Morcego.

Assim como os demais jogos baseados em LEGO, você explora um mundo semi aberto enquanto combate inimigos diversos, soluciona quebra-cabeças e coleta moedas. Nada fora do comum em se tratando de LEGO Batman, mas dá para aproveitar a aventura com até dois jogadores no modo cooperativo.

Aqui, a história gira em torno da Tropa dos Lanternas Verdes, cujos poderes são cobiçados por Brainiac para destruir a Terra. Ou seja, cabe ao Batman impedir esse plano maligno, ao lado de Robin, o Lanterna Verde Hal Jordan, Superman, Mulher-Maravilha e outros integrantes da Liga da Justiça.

Disponível para: PC (Windows e macOS X), Wii U, Nintendo 3DS, PlayStation Vita, Xbox 360, PlayStation 3, Xbox One, PlayStation 4, Android e iOS.

9 – Batman: Arkham VR

Cena de Batman: Arkham VR

Batman: Arkham VR te coloca na pele do Homem-Morcego

Divulgação/WB Games

Batman: Arkham VR é a experiência definitiva caso você queira se sentir na pele do Homem-Morcego. Por meio de uma perspectiva em primeira pessoa, os jogadores podem explorar o ambiente e resolver alguns desafios. 

O jogo foi lançado em 2016 e faz parte da celebrada franquia Batman: Arkham. Na trama, você descobre o que aconteceu com os principais aliados do Cavaleiro das Trevas: o Asa Noturna e o atual Robin, Tim Drake.

Utilizando óculos de realidade virtual, você enxerga através dos olhos de Batman e utiliza os controles sensíveis ao movimento para agir e interagir com o ambiente ao redor.

Uma de suas desvantagens, porém, é que o jogo é muito curto, com duração média de 3 horas. Por isso, ele ocupa a nona posição do ranking.

Disponível para: PC (Windows) por meio de HTC Vive e Oculus Rift, e PlayStation 4 por meio de PlayStation VR.

8 – LEGO Batman: The Video Game

Cena de LEGO Batman: The Video Game

LEGO Batman: The Video Game traz versão bem-humorada do Homem-Morcego

Divulgação/WB Games

LEGO Batman: The Videogame é o primeiro da série LEGO Batman. Foi lançado em 2008 e, apesar de ser semelhante aos demais títulos desenvolvidos pelas Traveller’s Tales em termos de jogabilidade e perspectiva de câmera, vale a pena por sua história original.

A aventura tem início quando alguns dos principais vilões da DC Comics fogem do Asilo Arkham. Então, é dever de Batman e Robin capturar criminosos foragidos como o Coringa, o Pinguim, o Espantalho, e muitos outros. Vale apontar ainda para o humor irreverente do jogo, uma marca registrada dos títulos da série LEGO.

Disponível para: PC (Windows e macOS X), PlayStation 2, Nintendo Wii, Nintendo DS, PlayStation Portable, Xbox 360 e PlayStation 3.

7 – Batman: Arkham Origins

Cena de Batman: Arkham Origins

Arkham Origins é prelúdio que se passa nos primeiros anos de atividade do Batman

Divulgação/WB Games

Batman: Arkham Origins é um jogo de ação com exploração em um mundo aberto lançado em 2013. Sua história mostra o Batman no início da carreira, o que torna essa a experiência perfeita para quem procura por uma aventura mais sombria do Homem-Morcego.

Há bastante interação com os apetrechos usados por Batman nos outros jogos da série Arkham, além de novidades como uma arma de gancho, luvas elétricas, atordoadores remotos e um avião que permite viagem rápida pelo mapa. 

O herói encapuzado pode ainda auxiliar a polícia local em missões secundárias e iniciar buscas pelos mais procurados de Gotham, dentre outros modos.

Apesar de fazer parte da história de Batman: Arkham, Origins é de outro estúdio, a Warner Bros. Montreal. Ainda assim, todos os títulos têm jogabilidade semelhante, compartilhando a câmera em terceira pessoa e os combos de ataques corpo a corpo.

Disponível para: PC (Windows), Wii U, Xbox 360, PlayStation 3, Xbox 360, Xbox One e PlayStation 4 (por meio da coletânea Batman: Arkham Collection).

6 – Batman: The Telltale Series

Cena de Batman: The Telltale Series

Batman: The Telltale Series é uma história do Homem-Morcego produzida pelo celebrado estúdio de The Walking Dead

Divulgação/Telltale Games

Nesta aventura interativa composta de cinco episódios, você decide o destino do Batman enquanto descobre as consequências de sua influência como Cavaleiro das Trevas em uma Gotham corrompida pelo crime organizado.

O jogo é dos mesmos criadores do premiado The Walking Dead – A Telltale Games Series, e foi lançado em 2016. Por isso, existem semelhanças em termos de gráficos estilizados e mecânicas de jogabilidade, na qual há menor participação do jogador na ação e mais foco em escolhas de diálogo.

A história se desenrola enquanto o jogador interage em sequências de investigação. Além disso, há várias escolhas narrativas que podem mudar o desfecho dos capítulos. Ou seja, é o jogo ideal para quem busca mergulhar em uma história madura e detalhada do Batman.

Disponível para: PC (Windows), Xbox 360, PlayStation 3, Xbox One, PlayStation 4, Nintendo Switch, iOS e Android.

5 – Batman: Arkham Knight

Imagem de Batman: Arkham Knight

Batman: Arkham Knight encerra trilogia do herói com Batmóvel e Gotham em perigo

Divulgação/WB Games

Batman: Arkham Knight é o quarto e último capítulo da série Arkham, lançado em 2015. Nesse sentido, há melhorias em comparação com os jogos anteriores, com um arsenal expandido para o herói titular e um mundo ainda maior a ser explorado.

Uma das grandes novidades de Batman: Arkham Knight é o Batmóvel, que pode ser usado tanto para transitar por Gotham quanto como tanque de guerra. O Homem-Morcego também tem mais golpes, mais engenhocas em seu arsenal, e enfrenta uma variedade ainda maior de inimigos em um jogo com diversas missões secundárias.

Na história, Gotham é evacuada após o ataque do Espantalho e do Cavaleiro de Arkham, um vilão criado originalmente para o jogo. Porém, a dupla não está sozinha na missão de eliminar Batman e tomar a cidade, pois vários outros vilões se reúnem para tentar derrotar de vez o Cavaleiro das Trevas.

Disponível para: PC (Windows), Xbox One e PlayStation 4.

4 – Batman: The Enemy Within

Cena de Batman: The Enemy Within

Focado em diálogos e drama, Batman: The Enemy Within explora o lado Bruce Wayne do herói

Divulgação/Telltale Games

Lançado em 2017, Batman: The Enemy Within é a sequência direta de Batman: The Telltale Series. O jogo tem cinco episódios protagonizados pelo Homem-Morcego, mas também dá destaque à vida de Bruce Wayne quando ele não veste o capuz de combatente do crime.

O jogo segue a mesma dinâmica do anterior, com investigações, muito diálogos, novas sequências de ação definidas por quick time events —sequências na qual o botão aparece rápido na tela e precisa ser apertado— e, claro, muitas escolhas narrativas que mudam o curso da história.

Desta vez, Batman precisa resolver os enigmas macabros do Charada enquanto lida com o retorno do Coringa e a chegada de um policial federal impiedoso. Há situações ainda mais desafiadoras, sombrias e sangrentas do que em Batman: The Telltale Series. Caso você tenha jogado o jogo anterior, você pode carregar seu arquivo salvo para trazer à nova aventura as consequências das ações que escolheu.

Disponível para: PC (Windows e macOS), Xbox One, PlayStation 4, Nintendo Switch, iOS e Android.

3 – LEGO Batman 2: DC Super Heroes

Imagem promocional de LEGO Batman 2: DC Super Heroes

LEGO Batman 2: DC Super Heroes traz Superman e a Liga da Justiça para o mundo de LEGO do herói

Divulgação/WB Games

Lego Batman 2: DC Super Heroes é a segunda aventura LEGO protagonizada pela dupla dinâmica e ocupa a terceira posição do ranking por trazer melhorias técnicas referentes ao jogo anterior. O segundo jogo expande o universo LEGO Batman de forma divertida, sem a megalomania de Lego Batman 3: Beyond Gotham.

Aqui, Batman e Robin se juntam a outras figuras famosas do Universo DC —como Superman, Mulher-Maravilha e Lanterna Verde— para salvar Gotham das ameaças de Lex Luthor e Coringa. 

O mundo aberto de Lego Batman 2: DC Super Heroes oferece 50 personagens da DC Comics para você jogar, cada um com suas próprias habilidades e trajes. Além disso, dá para combinar os poderes para combater os inimigos espalhados pelos cenários, e toda essa experiência também é possível com dois jogadores no modo cooperativo local. 

Disponível para: PC (Windows e macOS X), Nintendo Wii, PlayStation Vita, Nintendo DS e 3DS, Wii U, Xbox 360, PlayStation 3, Android e iOS.

2 – Batman: Arkham Asylum

Cena de Batman: Arkham Asylum

Batman: Arkham Asylum mudou os jogos de super-herói para sempre

Divulgação/WB Games

Batman: Arkham Asylum, primeiro jogo da série Arkham, saiu em 2009 e não poderia ficar de fora desse ranking. Afinal, seu sucesso resultou em continuações igualmente aclamadas e sua chegada na indústria trouxe uma visão refrescada sobre jogos de super-heróis.

No jogo, Batman cai em uma armadilha do Coringa e é aprisionado no Asilo Arkham com praticamente todos os seus arqui-inimigos. Sua tentativa de escapar desse pesadelo leva você a transitar por um cenário cheio de detalhes e cantos escondidos, encarando vilões e resolvendo mistérios.

Com um visual que equilibra o estilo das HQs com fotorrealismo, Arkham Asylum criou um formato interativo para o que torna o Homem-Morcego especial. Nesse sentido, o destaque fica para a habilidade de investigação, representada por um inovador sistema de dedução de pistas chamado Modo Detetive.

Não à toa, Batman: Arkham Asylum foi bastante elogiado e indicado a prêmios, como o Game Developers Choice Awards (melhor game design) e BAFTA Video Games Awards (melhor jogabilidade e melhor jogo). Portanto, nada mais justo do que classificar esse jogão na segunda posição do ranking!

Disponível para: PC (Windows e macOS X), Xbox 360, PlayStation 3, Xbox One e PlayStation 4 (por meio da coletânea Batman: Arkham Collection).

1 – Batman: Arkham City

Imagem de Batman: Arkham City

Em Batman: Arkham City, bairros inteiros de Gotham viram prisão

Divulgação/WB Games

Com o sucesso de Arkham Asylum, uma continuação da história era questão de tempo, e ela chegou em 2011 com Batman: Arkham City. O jogo é similar ao antecessor, mas traz novos equipamentos, como o detector de transmissões e a visão de detetive para auxiliar na investigação e combate.

A qualidade técnica de Batman: Arkham City é quase equivalente à de Batman: Arkham Asylum. Ainda assim, é no enredo mais aprofundado e nos personagens bem trabalhados que o segundo jogo da série brilha.

A história principal por si só é um prato cheio ao expandir o Asilo Arkham para um setor inteiro de Gotham City. Contudo, o jogo oferece enredos secundários que deixam a experiência ainda melhor. O destaque fica por conta dos enigmas de Charada, que mantém reféns escondidos, e o conteúdo extra da Mulher-Gato, que complementa a campanha de Batman.

Apesar da disputa acirrada com seu antecessor, Batman: Arkham City agrupa tantos méritos que seria uma injustiça não colocá-lo na primeira posição!

Disponível para: PC (Windows e macOS X), Wii U, Xbox 360, PlayStation 3, Xbox One e PlayStation 4 (por meio da coletânea Batman: Arkham Collection).

Menção honrosa: Injustice: Gods Among Us

Cena de Injustice: Gods Among Us

Dos criadores de Mortal Kombat, Injustice traz história com o Batman que virou HQ e animação

Divulgação/WB Games

Jogo 3D de luta desenvolvido pela NetherRealm Studios, de Mortal Kombat, Injustice: Gods Among Us oferece ao jogador um elenco ímpar de personagens retirados diretamente do universo DC Comics.

A narrativa mostra uma realidade paralela onde o Superman se torna ditador depois de cair em uma armadilha do Coringa, que resulta na destruição de Metropolis em uma explosão nuclear e na morte de Lois Lane.

Para impedir que o Superman consolide um regime totalitário mundial sob seu comando, Batman invoca a Liga da Justiça de outro universo, na esperança de que seu Superman derrote a versão déspota do kriptoniano.

Injustice tem um sistema de jogo parecido com Mortal Kombat. Portanto, também chama a atenção pelo modo campanha, que junta lutas com sequências cinematográficas e virou referência para outros jogos de luta.

Vale super à pena para quem procura uma experiência mais cítrica, com muita competitividade e habilidade para emendar combos em lutas com os amigos. 

Disponível para: PC (Windows), Wii U, PlayStation Vita, Xbox 360, PlayStation 3, Android, iOS, PlayStation 4 e Xbox One.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

Repórter da Tangerina, Jessica Pinheiro já cobriu games e tecnologia em veículos coo IGN Brasil, Loading TV e The Enemy. É streamer nas horas vagas e nasceu no Ceará, mas infelizmente não tem sotaque. Ama karaokê e também assina a Koluna Pop, onde traz todas as novidades do universo do k-pop.

Ver mais conteúdos de Jessica Pinheiro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal