LIVROS E HQS

Webtoon - Capa

Reprodução/WEBTOON

Curiosidades

Conheça os Webtoons, quadrinhos usados como matéria-prima para doramas

As HQs coreanas conhecidas como Webtoons viraram uma febre e atualmente inspiram a produção de diversos k-dramas famosos, incluindo Amanhã, que estreou recentemente na Netflix

Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

O k-drama Amanhã estreou recentemente na Netflix e vem levantando interessantes discussões a cada novo episódio, garantindo um bom engajamento e audiência estável. O que pouca gente sabe, no entanto, é que a produção é baseada em uma webtoon. Aliás, diversas outras séries sul-coreanas —e até animes— foram adaptados dessa mídia, incluindo alguns doramas que estão nos serviços de streaming atualmente.

Apenas para citar alguns exemplos disponíveis na Netflix, temos Love Alarm, Sweet Home, Profecia do Inferno, Nosso Eterno Verão, Itaewon Class, Caçadores de Demônios e All of Us Are Dead, enquanto no Viki Rakuten você encontra os k-dramas As Células de Yumi, O Que Houve com a Secretária Kim?, Extra-ordinary You, Queijo na Ratoeira… As adaptações são inúmeras!

Melhores adaptações de Webtoons

Diversos k-dramas e animes foram adaptados de webtoons

Montagem/Tangerina

Mas afinal, o que são essas webtoons que estão servindo como inspiração para tantas produções? Basicamente, webtoons são quadrinhos sul-coreanos que se diferem dos mangás japoneses em alguns aspectos: além de serem coloridos, o sentido de leitura segue o padrão ocidental (da esquerda para a direita) e o formato é de tira vertical com rolagem. 

Esse tipo de mídia é disponibilizada na internet desde 2003, quando algumas plataformas, como o Daum e a Naver, criaram páginas online para a publicação dessas histórias. Através desses portais, diversos autores sul-coreanos começaram então a compartilhar suas próprias webtoons regularmente, construindo suas próprias comunidades de fãs. 

Em 2010, surgiram então mais serviços de publicação e leitura de webtoon, mas focados na tradução desses quadrinhos para o inglês, expandindo assim a mídia para além da Coreia do Sul.

Capas de All of Us Are Dead

All of Us Are Dead (Animado) | WEBTOON

K-Drama de zumbis nasceu da webtoon Now At Our School

Vale citar que os quadrinhos digitais sul-coreanos também foram evoluindo em seu formato. Primeiramente, era comum que webtoons tivessem uma imagem única que ocupava uma página inteira, mas depois, os artistas migraram para animações ao estilo flash, e por fim, passaram a desenhar tiras com divisões e rolagem vertical.

Atualmente, as webtoons são bem acessíveis: é possível curtir essas histórias através de aplicativos em smartphones e tablets, com traduções oficiais. Mas claro que, mesmo com o crescimento do mercado de webtoons, ainda existem revistas impressas na Coreia do Sul, e algumas editoras até escolhem disponibilizar encadernados e versões digitais ao mesmo tempo para seus leitores.

Com o sucesso dos webtoons ao redor do mundo, nada mais natural do que transformar essa mídia em fonte para a produção de diversas séries e animes, como vem acontecendo nos últimos anos. O serviço de streaming de animes Crunchyroll, por exemplo, realizou uma parceria com a companhia WEBTOON para a produção de três animes: Noblesse, Tower Of God, The God of High School. Todos foram adaptados de quadrinhos sul-coreanos disponíveis na plataforma e este último, inclusive, foi eleito o melhor anime de ação no Crunchyroll Awards 2021.

Capas de Beleza Verdadeira

A protagonista aprende a se maquiar e vira uma deusa da beleza na escola, mas vive com medo de ser descoberta

Reprodução/tvN/Viki/Naver Webtoon

Um outro exemplo de sucesso é o k-drama Beleza Verdadeira, adaptação da webtoon True Beauty, de 2018. Esta é uma verdadeira referência quando o assunto são quadrinhos sul-coreanos, pois até abril de 2022, a obra havia acumulado 7 milhões de seguidores e mais de 865 milhões de visualizações na plataforma WEBTOON. São mais de 190 capítulos e a publicação ainda está em andamento.

Atualmente, há inclusive uma exposição sobre webtoons no Centro Cultural Coreano do Brasil (CCCB), em São Paulo. A atração está em cartaz entre 31 de março e 20 de maio, com entrada gratuita de segunda a sábado.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

Repórter da Tangerina, Jessica Pinheiro já cobriu games e tecnologia em veículos coo IGN Brasil, Loading TV e The Enemy. É streamer nas horas vagas e nasceu no Ceará, mas infelizmente não tem sotaque. Ama karaokê e também assina a Koluna Pop, onde traz todas as novidades do universo do k-pop.

Ver mais conteúdos de Jessica Pinheiro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal