Caso Britney Spears ganha novos rumos na Justiça; entenda - Tangerina

MIX

Britney Spears

Reprodução/Instagram

de volta ao tribunal

Caso Britney Spears ganha novos rumos na Justiça; entenda

Após decisão do Tribunal de Los Angeles, pai de Britney Spears terá que apresentar documentos sobre as acusações de monitorar a filha

Giulianna Muneratto

Uma audiência decisiva a respeito da tutela de Britney Spears foi realizada na quarta-feira (13). Ela pode, novamente, mudar os rumos do caso na Justiça. A juíza Brenda Penny, do Tribunal de Los Angeles, decidiu que o pai e ex-tutor da cantora, Jamie Spears, deve prestar um novo depoimento e apresentar todos os documentos solicitados pela equipe da artista.

Os documentos em questão referem-se à vigilância eletrônica praticada por Jamie enquanto Britney ainda estava sob sua tutela. A decisão é favorável à cantora, uma vez que indica que o tribunal tem motivos para investigar a acusação de que o ex-tutor contratou uma empresa de segurança que a vigiava, com alegações de monitorar seu quarto, grampear seu telefone e gravar suas conversas privadas.

Na audiência de quarta-feira, Alex Weingarten, advogado de Jamie, pediu à juíza que desse à sua equipe acesso aos documentos da equipe de Britney Spears para ajudar a preparar o depoimento de seu cliente. O pedido foi negado sob a alegação de ser “um depoimento, não uma emboscada”.

Em junho, Jamie Spears havia solicitado que Britney Spears prestasse novos depoimentos sobre as acusações que ela tem feito à família por meio das redes sociais, enquanto a defesa da cantora solicitava que ele voltasse a depor sobre acusações de má conduta durante o período como curador da filha.

A última audiência teve discussões acaloradas entre os advogados de ambas as partes. A defesa do ex-tutor alegou que o tratamento para o pai de Britney Spears seria injusto caso ela não estivesse, também, prestando depoimentos à corte. “Ele tem direitos… Neste país, você é inocente até que se prove o contrário”, argumentou.

O advogado de Britney, Mathew Rosengart, não hesitou em defender sua cliente. “Você não coloca uma vítima de volta na frente do vitimizador. É a coisa errada a se fazer”, retrucou. Inicialmente, o pedido de Weingarten havia sido negado, mas a magistrada considerou trazer o assunto à tona em uma audiência futura.

Jamie Spears tem 30 dias para apresentar a documentação ao Tribunal de Los Angeles. Rosengart fez um último apelo ao pai de Britney por meio da imprensa. “Senhor Spears, se ele ama sua filha, como ele diz que ama, deveria deixá-la em paz”, disse a repórteres, segundo a Variety. “Ele deveria seguir com sua vida, em vez de continuar litigando contra sua filha.”

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Giulianna Muneratto

Jornalista pela Faculdade Cásper Líbero. Adora um filme clichê, música pop e sonhava em ser cantora de cruzeiro, mas não tem talento pra isso.

Ver mais conteúdos de Giulianna Muneratto

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal