MÚSICA

Setlists do Lollapalooza: Miley Cyrus no show da edição chilena do festival

Divulgação/Raul Bravo

Lollapalooza 2022

Tudo o que você precisa saber sobre o 2º dia de Lollapalooza 2022

Festival segue em seu segundo dia no Autódromo de Interlagos com shows de Miley Cyrus, Alok, Alexisonfire, A$AP Rocky e mais

O Lollapalooza 2022 segue neste sábado (26), depois de um primeiro dia marcado pelo pop. Na sexta-feira, Pabllo Vittar, Doja Cat e Marina foram alguns dos destaques, enquanto o headliner Strokes decepcionou. O segundo dia terá muito funk e a estreia de Miley Cyrus no festival. Confira os shows imperdíveis e tudo que você precisa saber para sobreviver a mais um dia de Lollapalooza.

Palcos e horários do Lollapalooza 2022 – sábado, 26/3

Horários e palcos de sábado no Lollapalooza

A divisão do sábado

Reprodução

Alexisonfire – 21h45 – Palco Adidas
Miley Cyrus – 21h30 – Palco Budweiser
Alok – 21h30 – Perry’s by Doritos
Deorro – 20h15 – Perry’s by Doritos
A$AP Rocky – 20h10 – Palco Ônix
Alessia Cara – 19h05 – Palco Adidas
Emicida – 19h05 – Palco Budweiser
WC no Beat e convidados – 19h – Perry’s by Doritos
A Day To Remember – 18h – Palco Ônix
Boombox Cartel – 17h45 – Perry’s by Doritos
Two Feet – 16h55 – Palco Budweiser
Remi Wolf – 16h55 – Palco Adidas
DJ Marky – 16h30 – Perry’s by Doritos
Jão – 15h50 – Palco Ônix
Chemical Surf – 15h15 – Perry’s by Doritos
Jup do Bairro – 14h45 – Palco Adidas
Silva – 14h45 – Palco Budweiser
Victor Lou – 14h – Perry’s by Doritos
Clarice Falcão – 13h55 – Palco Ônix
MC Tha – 13h05 – Palco Adidas
Terno Rei – 13h05 – Palco Budweiser
Ashibah – 13h – Perry’s by Doritos
Lamparina – 12h15 – Palco Ônix
Fatnotronic – 12h – Perry’s by Doritos

Shows imperdíveis do Lollapalooza 2022 no sábado

MC Tha – 13h05 – Palco Adidas

Esse é para quem chega cedo! Com o elogiado disco Rito de Passá, lançado em 2019, a cantora promete botar o público para dançar com o repertório recheado de canções que variam entre pop e funk, muito pautadas em suas vivências no terreiro.

Além das produções solo, MC Tha colaborou com os amigos e parceiros musicais Jaloo, Matheus Carrilho e LAZÚLI. Com o último, ela lançou o trabalho mais recente, o single O Que É, que, inclusive, deve estar no setlist do show. No Twitter, a paulistana já avisou que é para decorar Olha Quem Chegou. Vale a pena sair de casa antes para curtir a vibe do show.

Jup do Bairro – 14h45 – Palco Adidas

Uma das grandes revelações da música brasileira, Jup do Bairro conquistou um ótimo público após o lançamento do EP Corpo Sem Juízo, em 2020. No projeto, honesto e potente, a artista destaca as vivências como mulher transsexual nascida e criada na periferia de São Paulo. 

Jup já dividiu os vocais com Rico Dalasam, Linn da Quebrada, atual participante do BBB22, e Deize Tigrona, pioneira do funk. Além deles, a artista também colaborou com Brisa Flow e Leonardo Marques. Para o show, ela convidou Apeles para subir ao palco como diretor criativo da apresentação e baixista. 

Remi Wolf – 16h55 – Palco Adidas

Como diria aquele slogan, “isso ainda vai ser grande no Brasil”. A cantora americana gosta de evitar padrões e regras num som que descreve como “funky soul pop”. Seu primeiro disco, Juno, lançado no ano passado, é um grande cartão de visitas para a sonoridade que ela experimenta e vai trazer para o palco brasileiro.

Leve sua canga, porque este é um show perfeito para um fim de tarde sentado no gramado do Autódromo: boas vibrações, uma voz marcante e mãozinhas para o alto. Vai ter até cover de Electric Feel, do MGMT, para você que é indie.

WC no Beat – 19h – Palco Perry’s by Doritos

Vai ter funk no Lollapalooza 2022, sim! Já acostumado a dividir o palco com um grande elenco, WC no Beat comandará o bonde formado por Kevin O Chris, Haikaiss, PK, Felp 22, MC TH e Hyperanhas no festival. Se nas edições anteriores só ouvimos uma palinha de artistas de funk (MC Bin Laden foi convidado por Skrillex e Diplo, em 2016, e Kevin O Chris cantou Baile da Gaiola ao lado de Post Malone, em 2019), agora, vários artistas unirão forças para um show marcante e energético. 

O próprio músico e produtor dos sucessos Meu Mundo e Deixa convidou representantes dos dois gêneros para dar vazão ao que ele popularizou no Brasil: o trapfunk. WC promete “uma invasão do funk” no festival, já que nos últimos anos, o evento tem focado bastante em atrações eletrônicas. Espere ouvir o recente sucesso de Kevin O Chris, Tipo Gin, viral do TikTok e Quando a Vontade Bater, do rapper PK.

Miley Cyrus – 21h30 – Palco Budweiser

Fãs da era Hannah Montana, da Miley country ou da Miley rockstar: todos serão contemplados. Se a artista seguir a vibe da seleção feita para o Lollapalooza Chile… todo mundo sai sorrindo. Por isso, prepare-se para ouvir hits de Bangerz (We Can’t Stop e Wrecking Ball), aquele clássico cover de Jolene, da Dolly Parton, Dooo It! da era psicodélica e injustiçada da cantora, 7 Things —hit que tocava sempre no TVZ— e os singles do mais recente lançamento, Plastic Hearts.

Além da presença de palco de Miley, o show deve contar com projeções bem estrela pop anos 2010, como a Madonna em Rebel Heart (quem lembra?). A última vez que a cantora esteve em solos brasileiros foi em 2014 e, de lá para cá, muita coisa mudou —inclusive ela. Agora, Miley parece ter feito as pazes com o passado e curte com tranquilidade os novos rumos musicais. Quem é fã, surfa junto, quem não é, talvez seja um ótimo momento para dar uma chance para a artista.

O que muda com a pandemia?

Nesta quarta, 23, o festival anunciou que o uso de máscaras não será mais obrigatório no Autódromo de Interlagos, devido aos decretos 66.554/2022 e 66.575/2022 do Estado de São Paulo. Mas a organização encoraja o uso do item para a proteção individual e coletiva. A mudança vai de acordo com a decisão tomada pelo governador de São Paulo, João Dória, que retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos e fechados no último dia 17 de março. A medida preventiva, contudo, segue obrigatória nos transportes públicos e nas unidades médico-hospitalares.

Embora as máscaras sejam opcionais, o comprovante de vacinação (físico ou virtual) com, no mínimo, duas doses da vacina contra a Covid-19 é obrigatório. Junto ao registro, é necessário levar um documento de identificação com foto. Para quem se vacinou fora de São Paulo —ou do Brasil—, basta levar o comprovante físico ou digital. Para facilitar a conferência dos dados, a organização encoraja o público a apresentar os comprovantes pelos aplicativos Poupatempo ou o E-Saúde SP. Todas as normas devem ser seguidas durante os três dias de festival.

Nas edições anteriores, o festival fornecia água gratuitamente para o público. Devido à pandemia, esse refresco não será possível. Por isso, se atente às dicas do que você pode ou não levar para o Lollapalooza (contamos abaixo).

Como chegar e como ir embora do Lollapalooza 2022

  • De trem: Se você quer economizar, aposte nos serviços da Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM). A estação Autódromo (Linha 9 – Esmeralda) é a mais perto do local do evento. De lá, é necessário fazer uma caminhada de cerca de 20 minutos até o portão do Lollapalooza. A passagem custa R$ 4,40. Durante os três dias do festival, a estação funcionará até 1h. Fique atento aos horários das outras estações, caso você precise fazer alguma transferência ao retornar para casa. No local, tanto na ida como na volta, terá uma equipe auxiliando esse trânsito.
  • De ônibus: No terminal da estação Barra Funda do metrô, existem vários ônibus que vão diretamente ao local do evento. A linha especial 606F-10 Circular Lollapalooza-Autódromo também estará disponível para o público de sexta, 25, a domingo, 27, das 9h às 16h. O transporte atende os portões K/9, 7, 8 e A. Além dele, a linha especial 607L-10 Autódromo de Interlagos-Term. Santo Amaro funcionará nos três dias de festival.
  • De táxi: No Autódromo, haverá um bolsão de táxis na avenida Senador Teotônio Viela, entre as avenidas do Jangadeiro e Interlagos, junto ao portão A do Autódromo. Porém, fique atento: durante o festival, as seguintes vias passarão por constante monitoramento: Avenida Interlagos, Avenida Senador Teotônio Vilela, Rua Jaquirana, Praça Jacob Dubena, Rua do Autódromo, Praça Enzo Ferrari, Avenida do Jangadeiro, Avenida Jacinto Júlio, Rua Manuel de Teffé, Avenida João Paulo da Silva, Rua Plínio Schmidt, Avenida Feliciano Correia, Avenida Miguel Yunes, Ponte Jurubatuba e Ponte Vitorino Goulart.
  • De carro: Neste ano, não haverá serviço de estacionamento dentro do festival. A própria organização aconselha o público a ir de transporte público, aplicativos de transporte ou pelo serviço de transfer.
  • De Lolla Transfer: Serviço promovido pelo festival e parceiros, quem não quer passar perrengue. O valor do transfer varia entre R$85 – R$95, com vários pontos espalhados pela cidade. Confira aqui quais são.
  • De aplicativos de transporte: Os pontos a seguir serão o de encontro para aplicativos e veículos particulares: Rua Armando Vieira x Avenida Jair Ribeiro da Silva; Avenida José Carlos Pace – após Praça Enzo Ferrari e Av. Antônio Barbosa Sandoval – sentido Av. Atlântica, após Av. Rio Bonito.
  • Acesso PCD: a entrada para o festival será realizada pelo portão 7 (Avenida Senador Teotônio Vilela).

O que pode levar

E na hora de preparar a mochilinha para enfrentar essa maratona de três dias? Os seguintes itens estão liberados:

  • Pulseira Lolla Cashless (o seu único meio de acesso para o festival, ela equivale ao ingresso)
  • Documentos pessoais
  • Óculos escuros
  • Barra de cereal
  • Álcool em gel (máximo: 50ml)
  • Capa de chuva
  • Protetor solar
  • Protetor labial
  • Câmera portátil
  • Frutas cortadas
  • Alimentos industrializados fechados
  • Chapéu ou boné* para complementar o look, também está liberado
  • Canga*
  • Mochila ou bolsa*

*Alguns desses itens também estarão à venda na lojinha oficial do Lollapalooza.

O que não pode levar

Presta atenção para você não ser barrado na porta, ok?

  • Garrafas, latas, bebidas
  • Utensílios de armazenamento
  • Embalagens rígidas com tampa
  • Capacetes
  • Cadeiras ou bancos
  • Armas de fogo e armas brancas
  • Objetos pontiagudos, cortantes e/ou perfurantes
  • Correntes e cinturões
  • Fogos de artifício
  • Objetos de vidro
  • Câmeras fotográficas ou filmadoras profissionais ou com lente destacável
  • Cartazes feitos com papelão grosso e/ou fixados a madeiras, canudos rígidos e etc
  • Animais (exceto cães guia identificados e acompanhados de portadores de deficiência visual)
  • Bastão para tirar foto
  • Guarda-chuva
  • Substâncias inflamáveis, corrosivas e/ou tóxicas
  • Revistas, jornais e livros

Abertura dos portões

O horário de abertura dos portões que dão acesso ao festival se inicia às 11h. Lembre-se de chegar cedo, pois as filas na entrada e a distância entre os palcos podem prejudicar a sua experiência no festival. Chegando nesse horário, também dá um espaço para você conhecer as outras atrações patrocinadas do evento.

Mapa do festival

Previsão do tempo

De acordo com o Climatempo, as emoções não vão ser apenas nos shows, mas também na temperatura. No sábado, 26, a previsão é de sol e aumento de nuvens pela manhã, com pancadas de chuva à tarde e à noite. A temperatura deve variar entre 20º e 31º.

Dicas

Já percebeu que a previsão do tempo pode ser um pouco confusa? Então, já prepara a capa de chuva e uma blusa de frio para você não sofrer. Além disso, opte por roupas leves e confortáveis, além de um calçado guerreiro para te acompanhar nessa maratona de shows. Usar um par de tênis é uma opção coringa, e você pode usá-lo ao seu favor para complementar os looks. Sandálias abertas ou rasteirinhas podem deixar os seus pés sujos, por conta da terra do Autódromo, ou até levar umas pisadas. Ninguém quer se machucar, né? Então, é melhor prevenir.

Outra dica é que, embora as mochilas e bolsas sejam permitidas, tome cuidado com o peso delas! Lembre-se de que você passará horas se locomovendo e, em algum momento, o que estiver na mochila pode se virar contra você.

Não esqueça de beber água também! Com sol ou chuva, é possível que você esqueça de se hidratar. Aproveite a pausinha entre os shows para recompor as energias e dar aquele shot de hidratação.

Onde assistir

Para você que vai ficar em casa e não quer perder nenhum momento do festival, além de acompanhar as redes sociais da Tangerina, você pode sintonizar no Multishow (palcos 1 e 2) e no canal BIS (palco 3 e Perry’s), que ficam responsáveis pelas transmissões completas das atrações, de sexta a domingo, a partir das 14h30. A Globo possui os direitos de transmissão do festival, então também será possível acompanhar um resumo no final de cada dia, com apresentação de Marcos Mion.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira é editor de música na Tangerina e assina a coluna Na Grade, um guia sobre os principais shows e festivais que acontecem pelo país. Ex-jornal O Globo, fuçador do rock ao sertanejo e pai de gatos, trocou o Rio por São Paulo para curtir o fervo da noite paulistana.

Ver mais conteúdos de Luccas Oliveira

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal