MD Chefe é premiado como revelação no BET Awards - Tangerina

MÚSICA

MD Chefe Bet Awards

Divulgação/Instagram

É do Brasil!

MD Chefe vence artista revelação internacional no BET Awards

Rapper carioca superou outros concorrentes para levar a estatueta para casa. Já Ludmilla perdeu em sua categoria para a nigeriana Tems

Giulianna Muneratto

Único brasileiro concorrendo ao BET Awards na categoria melhor artista revelação internacional, o rapper MD Chefe levou para casa a estatueta no domingo (26). O evento é considerado a maior festa que celebra a cultura preta norte-americana e premia os principais nomes da música, do cinema, da literatura e do esporte.

Na disputa contra artistas da Nigéria, do Reino Unido, da França e da África do Sul, o brasileiro que viralizou no TikTok levou a vitória com seu talento e sua voz inconfundível. Veja o momento em que MD Chefe foi anunciado como vencedor da categoria:

Relevação no trap ostentação, MD Chefe começou nas batalhas de rap do Rio de Janeiro e deslanchou na cena cantando sobre seu estilo de vida, sofisticação, elegância e empoderamento. Rei Lacoste, um de seus principais sucessos, já ultrapassou 72 milhões de visualizações no YouTube e 55 milhões de streams no Spotify. O trapper é atração confirmada para o Rock In Rio 2022 e fará sua estreia no Palco Favela junto ao sócio DomLaike, em 9 de setembro.

Md Chefe

Assista a Rei Lacoste, sucesso de MD Chefe

Música viral no TikTok já ultrapassou 72 milhões de visualizações

Nas redes sociais, outros artistas comemoram a vitória do brasileiro. “Tô feliz demais pelo MD Chefe! Que orgulho, você merece”, publicou Negra Li. “Nem acredito que o MD ganhou. Parabéns, muleque, tira onda!”, celebrou Filipe Ret no Instagram.

Ludmilla também tinha sido indicada à premiação, na categoria melhor artista internacional, mas perdeu para a nigeriana Tems. No Twitter, a cantora celebrou ter entrado para a seleta lista de brasileiros indicados ao prêmio e parabenizou o rapper.

A premiação já teve outros brasileiros indicados na música: o escritor e compositor Djonga foi o primeiro a ser notado, em 2020, na categoria melhor artista internacional, mas não foi premiado. Assim como o rapper Emicida, que foi indicado na mesma categoria em 2021. A cantora MC Dricka entrou na categoria melhor artista revelação internacional em 2021, mas também não levou o prêmio.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Giulianna Muneratto

Jornalista pela Faculdade Cásper Líbero. Adora um filme clichê, música pop e sonhava em ser cantora de cruzeiro, mas não tem talento pra isso.

Ver mais conteúdos de Giulianna Muneratto

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal