Taylor Swift protesta contra fim do direito ao aborto - Tangerina

MÚSICA

Montagem com selfies das cantoras Taylor Swift e Billie Eilish

Reprodução/Instagram

'Aterrorizada'

Taylor Swift e Billie Eilish protestam contra fim do direito ao aborto

Cantoras se uniram às vozes da indústria musical, que comentaram sobre decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos

Lucas Almeida
Lucas Almeida

Músicos de diversos gêneros dos Estados Unidos, incluindo Taylor Swift e Billie Eilish, se uniram nas redes sociais para protestar contra uma decisão da Suprema Corte que suspende nesta sexta-feira (24) o direito de fazer aborto no país.

Taylor compartilhou uma carta em que a ex-primeira-dama Michelle Obama disse estar com o “coração partido”. A cantora comentou: “Estou absolutamente aterrorizada que estejamos onde estamos –que depois de tantas décadas de pessoas lutando pelos direitos das mulheres em relação aos próprios corpos, a decisão de hoje nos tirou isso”.

Billie Eilish já havia comentado sobre o caso ao cantar uma música inédita, chamada TV, durante um show no Reino Unido no início do mês. Na letra, ela fala “a internet enlouqueceu assistindo às estrelas de cinema em julgamento/ Enquanto eles derrubam Roe vs. Wade”.

Roe vs. Wade foi o caso judicial em que a Suprema Corte norte-americana havia reconhecido o direito ao aborto em 1973. Após uma nova votação, o caso foi formalmente derrubado nesta sexta-feira.

Em entrevista para a NME, Billie ainda criticou a grande repercussão do julgamento de Amber Heard e Johnny Depp. “Eu estava em estado de depressão, perdendo meus próprios direitos sobre meu corpo, e então eu entrava na internet e as pessoas davam sua opinião sobre esse julgamento”, disse ela.

A cantora Phoebe Bridgers aumentou o coro sobre o caso. No Twitter, ela compartilhou uma experiência pessoal. “Fiz um aborto em outubro do ano passado enquanto estava em turnê. Fui à [ONG] Planned Parenthood, onde me deram a pílula do aborto. Foi fácil. Todos merecem esse tipo de acesso”, escreveu ela, que divulgou maneiras de doar para a causa.

A banda Pearl Jam, a atriz e cantora Bette Midler e a artista country Amanda Shires foram alguns dos outros nomes que se posicionaram sobre a decisão controversa da Suprema Corte nesta sexta.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Lucas Almeida

Lucas Almeida

Repórter. Passou pela MTV Brasil e Veja.com. É fã de um pop triste e não deixa de ouvir todos os lançamentos musicais da semana.

Ver mais conteúdos de Lucas Almeida

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal