FILMES E SÉRIES

Max Verstappen e Lewis Hamilton em cena de F1: Dirigir para Viver

Divulgação/Netflix

Fórmula 1

Dirigir para Viver: O que a série revela sobre os bastidores da F1

A série documental de automobilismo mostra curiosidades e polêmicas das corridas. Na quarta temporada, acompanhamos o campeonato de 2021

Victor Cierro

Victor Cierro

Os fãs de automobilismo já sabem, a temporada da Fórmula 1 de 2021 foi uma completa loucura. Muitos pilotos de alto nível, múltiplas rivalidades pegando fogo e até confusão nos bastidores deixaram as corridas com um gosto especial. E, como de costume, em seu quarto ano consecutivo, a Netflix registrou o ano inteiro de circuitos na série F1: Dirigir para Viver. Na quarta temporada do documentário, lançada nesta sexta (11), a plataforma de streaming revelou curiosidades e novas informações sobre os pilotos e equipes favoritas do público nos dez novos episódios.

Quer saber o que descobrimos com a quarta temporada de F1: Dirigir para Viver? A Tangerina te conta.

Apresentação dos principais personagens

Você não precisa ter assistido a temporada de 2021 da Fórmula 1 para apreciar a quarta temporada de F1: Dirigir para Viver. Já no primeiro episódio, a Netflix apresenta quem são os principais personagens dos próximos capítulos. Os atuais campeões, a equipe da Mercedes e Lewis Hamilton, tentam manter a consistência. O piloto é sete vezes campeão mundial de automobilismo. E, logo de cara, nós somos introduzidos a seus maiores rivais: a Red Bull e Max Verstappen.

A nova temporada também ressalta quais foram as maiores mudanças de 2020 para 2021 na Fórmula 1. Carlos Sainz saiu da McLaren e ingressou na equipe da Ferrari. Daniel Ricciardo foi o substituto do piloto espanhol na construtora britânica.

Além desta alteração, outra novidade eram os novatos, os pilotos que faziam suas estreia na Fórmula 1. Nikita Mazepin, Yuki Tsunoda e o filho da lenda do esporte, Michael Schumacher, Mick, ficaram nos holofotes da série da Netflix.

Regras da F1

O que aprendemos com o primeiro episódio de F1: Dirigir para Viver? Uma regra da Fórmula 1. Sim, Lewis Hamilton venceu a primeira corrida de 2021 por conta do regulamento do automobilismo. Max Verstappen chegou a superar o piloto multi-campeão, mas por fora da pista. E como o documentário deixa claro: é proibido ultrapassar por fora da pista, e caso você fizer isso, precisa devolver a posição.

Lewis Hamilton em cena de F1: Dirigir para Viver

Trailer de F1: Dirigir para Viver

Lewis Hamilton entrou na temporada 2021 como o atual campeão da Fórmula 1

Mas o que a Batalha de Gigantes revelou afinal? Como mostra nos bastidores, a Mercedes contou muito com a sorte para vencer a primeira corrida de 2021, o GP de Bahrein. A equipe chamou Hamilton muito cedo para o pit-stop, mesmo contra a vontade do piloto. Verstappen até conseguiu ultrapassar o inglês, mas por conta de centímetros, ele precisou devolver a posição e acabou cedendo a vitória.

Problemas na McLaren

Quando a McLaren contratou Daniel Ricciardo, o plano parecia ser perfeito. A introdução do experiente piloto seria benéfica para o jovem Lando Norris. Mas no segundo episódio, Ás na Manga, a série da Netflix mostrou que esse não foi o caso.

O começo de Ricciardo foi desastroso. Ele não conseguiu emplacar boas corridas com o carro, enquanto Norris teve a capacidade de alcançar boas posições nos circuitos. A McLaren até teve paciência com o piloto australiano, mas seu companheiro de equipe não mostrou simpatia com a situação complicada. F1: Dirigir para Viver mostrou os bastidores conturbados da construtora britânica e uma reunião entre os pilotos após uma polêmica na imprensa.

Atrito nos bastidores

Logo no início da temporada 2021, Max Verstappen e a Red Bull estavam imparáveis. Hamilton e a Mercedes não conseguiam fazer nada para atrapalhar esse começo avassalador. Mas ao chegar no circuito de Silverstone, na Inglaterra, Lewis precisava da vitória. O inglês queria vencer em seu país para prestigiar seus compatriotas nas arquibancadas.

Max Verstappen em cena de F1: Dirigir para Viver

Max Verstappen depois de um acidente na Fórmula 1

Divulgação/Netflix

E, no terceiro episódio, Momento Decisivo, aconteceu uma das corridas mais emocionantes e polêmicas de 2021. Enquanto brigavam pelas primeiras posições, Hamilton e Verstappen colidiram. O carro da Red Bull foi arremessado para fora da pista e o piloto holandês ficou fora do circuito. O documentário mostra como foram os bastidores dessa batida. Lewis recebeu uma punição de dez segundos, o que deixou a equipe rival enfurecida. O capítulo mostra a reclamação e total indignação da Red Bull.

Drama na Haas

Uma Montanha para Escalar, o quarto episódio da nova temporada de F1: Dirigir para Viver, joga os holofotes em dois novatos da Fórmula 1: Mazepin e Schumacher. Os pilotos da Haas são fontes de entretenimento. Nikita é filho do patrocinador de sua própria equipe, Dmitry Mazepin, um oligarca bielorrusso, e Mikk é filho da lenda do automobilismo, Michael Schumacher.

O documentário mostra como o início de temporada de Mazepin foi fraco, em comparação com seu companheiro de equipe. Em vez de analisar se tinha um problema com o seu jeito de pilotar, Mazepin causou confusão dentro da Haas. O russo não conseguia entender como Schumacher estava conduzindo o carro sem nenhuma dificuldade. O clima ficou ainda mais tenso quando ele começou a questionar se existia alguma diferença entre os carros… da mesma equipe. A posição de filho do patrocinador deixou a situação mais constrangedora.

Mas eu quero saber de você! Qual a principal curiosidade e novidade que você aprendeu com a quarta temporada de F1: Dirigir para Viver? Conta para a gente!

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Victor Cierro

Victor Cierro

Repórter da Tangerina, Victor Cierro é viciado em quadrinhos e cultura pop e decidiu que seria jornalista aos 9 anos. É o foca da equipe e cria da casa: antes da Tangerina, estagiou no Notícias da TV, escrevendo sobre filmes e séries.

Ver mais conteúdos de Victor Cierro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal