FILMES E SÉRIES

Capa da lista de filmes e séries sobre multiverso

Foto: Divulgação / Arte: Tangerina

Multiverso

9 filmes e séries que provam que o multiverso não é só coisa da Marvel

No hype de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, a Tangerina selecionou uma lista com produções sobre universos paralelos para você ver em casa

Rafael Argemon

Rafael Argemon

Multiverso é a palavra da moda atualmente. Muito por conta da nova fase da Marvel, que deseja implementar nos cinemas o conceito já existente nos quadrinhos há décadas. O mais novo lançamento da Casa das Ideias nos cinemas, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura —que estreou nos cinemas na quinta-feira (5)— é todo baseado nele.

Até a grande rival da Marvel, a DC, se rendeu ao multiverso com uma de suas grandes apostas para o ano que vem. Em The Flash, que estreia em junho de 2023, o super-herói mais rápido do planeta encontrará versões de outros personagens famosos da editora, como o Batman vivido por Michael Keaton em dois filmes do Cavaleiro das Trevas dirigidos por Tim Burton em 1989 e 1992.

Isso sem falar de um dos grandes cults de 2022 que deve estrear no Brasil só em junho: Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo. Uma aventura filosófica amalucada estrelada pela chinesa Michelle Yeoh (de O Tigre e o Drgão e Shang-Chi), que foi ovacionado pela crítica quando foi lançado nos Estados Unidos, em março. Nele, Yeoh é Evelyn Wang, uma imigrante chinesa vivendo nos EUA que se vê envolvida na missão de salvar o mundo explorando outros universos que se conectam com as vidas que ela poderia ter vivido.

Mas mesmo que estejam em alta agora, os universos paralelos (ou multiverso) não são uma novidade. Há muitos filmes e séries por aí que já brincaram com esse conceito de diversas formas. Produções bem legais que estão a um clique de distância de você, disponíveis nas mais populares plataformas de streaming.

Quer ver? Então prepare um balde de pipoca multidimensional e aproveite nossa lista com nove filmes e séries sobre multiverso.  

Coerência (2013)

Cena do filme Coerência

Mesmo com um baixíssimo orçamento, Coerência não deixa de nos surpreender com suas boas ideias

Divulgação

Quem disse que você precisa de um grande orçamento para fazer um bom filme de ficção científica sobre universo paralelo? O diretor estreante James Ward Byrkit fez um ótimo em apenas nove dias de filmagem em sua própria casa. E usando apenas amigos como atores. Na trama, a passagem de um cometa causa uma anomalia quântica que divide o universo. Enquanto isso, um grupo de convidados de um jantar começam a suspeitar que alguns deles são versões de um universo paralelo.
Onde ver: Now / Apple TV e Google Play (para alugar)

O Confronto (2001)

cena do filme O confronto

Já imaginou uma realidade paralela em que Jet Li sai na porrada com Jet Li?

Divulgação

Pegue o conceito de Highlander: O Guerreiro Imortal (1986), misture com aqueles típicos filmes de ação de Hong-Kong e você terá algo parecido com O Confronto. Aqui, Jet Li interpreta um vilão que viaja para universos paralelos com o objetivo de matar suas outras versões. Cada um que ele elimina o torna um pouco mais poderoso. O problema é que o último Jet Li não vai se entregar tão fácil. Quer uma versão do multiverso mais incrível do que ver Jet Li lutando contra o próprio Jet Li?!
Onde ver: HBO Max

Coraline e o Mundo Secreto (2009)

Cena da animação Coraline

Bela adaptação de Neil Gaiman usa o multiverso como ferramenta para refletir sobre nossos sonhos

Divulgação

Baseado no primeiro livro de Neil Gaiman (autor da celebrada HQ Sandman), Coraline e o Mundo Secreto é uma belíssima animação em stop-motion dirigida por Henry Selick, que dirigiu outras jóias usando essa mesma técnica, como O Estranho Mundo de Jack (1993) e James e o Pêssego Gigante (1996). No filme, Coraline (dublada por Dakota Fanning) é uma garota de 11 anos que acaba de se mudar para uma casa misteriosa em uma nova cidade. Lá, ela descobre uma passagem para uma outra realidade que a fará refletir sobre seus sonhos e desejos.
Onde ver: Now / Apple TV e Google Play (para alugar)

Counterpart (2017 – 2019)

Cena da série Counterpart

Série de espionagem faz um uso dos mais criativos do conceito de multiverso

Divulgação

É uma pena que pouca gente viu essa interessante série que mistura ficção científica com espionagem estrelada pelo sempre ótimo J. K. Simmons (Oscar de melhor ator coadjuvante por Whiplash – Em Busca da Perfeição). Ele é tão bom que convence interpretando dois personagens totalmente diferentes, mas que com o passar do tempo descobrem que têm muito em comum. Com roteiro de Justin Marks (autor do script do novo Top Gun: Maverick), a série se passa em uma Berlim de um futuro próximo que se transforma em palco de um intrincado jogo de espionagem entre duas realidades paralelas, onde cada pessoa no mundo possui um duplo. 
Onde ver: Globoplay e Claro Video

O Homem do Castelo Alto (2015 – 2019)

Cena da série O Homem do Castelo Alto

Produção baseada em clássico Philip K. Dick faz um assustador exercício de imaginação que poderia ser real

Divulgação

Baseada em um dos melhores livros do escritor americano Philip K. Dick, o guru da ficção científica moderna, O Homem do Castelo Alto se passa em uma realidade paralela em que os países do Eixo, ou seja, a Alemanha nazista, o Japão imperialista e a Itália fascista, venceram a Segunda Guerra Mundial. Nesse universo, seguimos as histórias de alguns personagens que de uma forma ou de outra enfrentam dificuldades nos Estados Unidos divididos entre territórios controlados pelos alemães e japoneses. 
Onde ver: Amazon Prime Video

Hora da Aventura (2010 – 2018)

Pôster da série animada Hora da Aventura

Animação fofinha esconde um mundo pós-apocalíptico entre realidades paralelas

Divulgação

À primeira vista, Hora da Aventura pode parecer uma animação bobinha e super colorida para crianças, mas experimente ver um episódio e você vai perceber que ela é bem mais complexa (e estranha) do que o esperado. Nela, o garoto Finn e o cachorro Jake —que o poder de assumir diversas formas e tamanhos— vivem aventuras malucas por diversas realidades paralelas de um mundo pós-apocalíptico lisérgico.
Onde ver: HBO Max

A Outra Terra (2011)

Cena do filme A Outra Terra

Filme traz um multiverso como a representação da culpa e a busca pela redenção

Divulgação

A Outra Terra usa a ficção científica como pano de fundo de um drama com pegada mais humanista. Nele, na mesma noite em que um planeta semelhante à Terra surge no horizonte, batizado de Terra 2, a jovem Rhoda (Brit Marling) causa um acidente que mata a esposa do músico John Burroughs (William Mapother). Depois de um tempo presa, ela participa de um concurso para conseguir uma passagem à Terra 2 e ver o que seria de sua vida sem o trágico acidente. Mas antes, ela resolve visitar Burroughs para pedir perdão.
Onde ver: Star+

Rick e Morty (2013 – )

Rick e Morty

Animação usa e abusa do multiverso nas loucas aventuras interdimensionais de Rick e Morty

Divulgação

A grande graça da animação mais anárquica e ácida da atualidade é exatamente a utilização engenhosa que ela faz do conceito de mundos paralelos. Criada pela dupla Dan Harmon e Justin Roiland em 2013 como uma brincadeira com o filme De Volta para o Futuro, ela retrata as aventuras recheadas de referências do cientista Rick e seu neto bobão Morty com muito humor mordaz e porradas filosóficas de cortar o coração em histórias que abordam temas como morte, privacidade, amor, existência, pertencimento e cultura nerd/geek em geral.
Onde ver: HBO Max e Netflix

Stranger Things (2016 – )

Stranger Things

Sucesso da Netflix mostra um mundo dividido entre dimensões em conflito

Divulgação

Uma das mais populares séries da atualidade, a base da trama de Stranger Things é exatamente a existência de um mundo paralelo sombrio chamado de Mundo Invertido. E tudo começou quando o pequeno Will (Noah Schnapp) acaba preso nele. Passada em uma cidadezinha do interior dos EUA na década de 1980, a produção emula todo um universo de referências pop oitentistas, de Stephen King a Os Caça-Fantasmas. Tudo com muita aventura, sustos e, é claro, universo paralelo.
Onde ver: Netflix

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Rafael Argemon

Rafael Argemon

Rafael Argemon é criador do perfil O Cara da Locadora no Instagram e também assina uma coluna com o mesmo nome na Tangerina, onde indica as pérolas escondidas nas plataformas de streaming. Cinéfilo e maratonador de séries profissional, passou por Estadão, R7, UOL, Time Out e Huffpost. Apaixonado por pugs, sagu e jogos do Mario.

Ver mais conteúdos de Rafael Argemon

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal