Jensen Ackles rebolou para não 'interpretar' Dean em The Boys

FILMES E SÉRIES

Jensen Ackles

Divulgação/Prime Video

SOLDIER BOY

Jensen Ackles rebolou para não ‘interpretar’ Dean em The Boys; entenda

Depois de 15 temporadas de Supernatural, o Soldier Boy precisou se esforçar para não repetir trejeitos do personagem em The Boys

André Zuliani

Protagonista de Supernatural (2005-2020) durante 15 temporadas, Jensen Ackles teve em The Boys a primeira oportunidade de dar vida a um personagem regular diferente após quase duas décadas no mesmo papel. Para viver esta experiência na série hit do Prime Video, no entanto, o ator precisou rebolar para não voltar a “interpretar” Dean Winchester no processo.

Em The Boys, Ackles reencontrou Eric Kripke, criador tanto de Supernatural quanto da série do Prime Video. Ao reeditar a parceria com o showrunner, que comandou a ex-atração da rede The CW nas primeiras cinco temporadas, o intérprete de Soldier Boy ouviu um pedido inusitado. “Olha, apenas escute: não deixe o seu Dean transparecer”, contou o ator, aos risos, em entrevista exclusiva à Tangerina.

Para Ackles, que confessou ser fã de The Boys desde antes de se juntar ao elenco, o sentimento de viver um outro personagem foi de excitação e ansiedade. Em Supernatural, ele explorou as várias facetas de Dean Winchester ao longo das 15 temporadas, e com Soldier Boy ele conseguiu “esticar as pernas”.

“Eu tentei me livrar de tudo [sobre Dean] e ser um personagem totalmente novo, com diferentes valores, história e superpoderes, em um universo completamente diferente àquele do qual eu vim. Foi animador e desafiador em todos os sentidos. Dean foi uma grande parte da minha vida, e eu não queria cair nos mesmos trejeitos”, explicou.

De acordo com o astro, o que mais o ajudou a “se livrar” da memória de Dean foi a atmosfera distinta encontrada no set de The Boys. Afinal, com exceção de Eric Kripke, toda a equipe e o elenco da série do Prime Vídeo eram diferentes de quem ele conheceu enquanto protagonista de Supernatural.

“Eram pessoas e relacionamentos diferentes. Eu recebi outras energias e outros contextos deste grupo de atores talentosos. Claro, se Jared [Padalecki, o Sam de Supernatural] aparecesse, provavelmente eu me tornaria novamente o Dean. Mas eu estava em um mundo diferente e com outros rostos, o que me ajudou a interpretar um personagem diferente. Foi muito legal”, completou.

Antony Starr

Antony Starr como Capitão Pátria

Divulgação/Prime Video

Reviravolta em The Boys

A principal reviravolta da terceira temporada de The Boys –e uma das maiores da série– envolveu o recém-chegado Soldier Boy. No sétimo episódio do novo ano, o ex-líder dos heróis da Vought descobriu ser pai biológico de ninguém menos do que Capitão Pátria (Antony Starr), o grande antagonista da trama.

A descoberta do famigerado “plot twist” da série acabou afetando o trabalho dos dois atores de maneiras diferentes. Enquanto Starr sabia o segredo do personagem desde o início das gravações, Ackles só o descobriu quando Eric Kripke lhe entregou o roteiro do episódio em questão, pouco antes de começar a gravá-lo.

“Acho que foi de propósito”, comentou Ackles. “Nós recebemos os roteiros com antecedência e, quando recebi, eu pensei: ‘Como não previ isso antes?’. Eu fiquei boquiaberto. Fiquei animado como fã da série e como isso afetaria a maneira como interpreto o personagem depois de ler isso. Criou-se uma outra dinâmica. Antes, Soldier Boy era apenas raiva e vingança, agora ele tem um filho e um neto. Como isto vai ficar? Essa mudança é tudo. Foi um trabalho fantástico dos roteiristas.”

No caso de Antony Starr, a informação não foi um segredo. À reportagem, o astro explicou que é uma opção sua saber de tudo antes de começar a gravar uma nova temporada.

“Sabe, eu não gosto de não saber essas coisas. É como uma peça: você não ensaia tudo para, pouco antes da estreia, ficar sabendo de um segredo importante sobre a trama. Eu gosto de saber porque isso me leva até onde eu posso ir. Tipo, eu posso forçar em uma direção e, naquele exato momento, ir para outra completamente diferente. Isso influencia tudo. Então, eu já sabia, mas eu meio que esqueci. Eric me contou o segredo sobre a verdade deste relacionamento, mas eu esqueci e interpretei como estava no roteiro. E, no fundo, eu sabia para onde [a trama] estava indo”, acrescentou.

Antony Starr e Jensen Ackles

Antony Starr e Jensen Ackles nos bastidores da terceira temporada

Divulgação/Prime Video

Importância da série

Durante bate-papo com jornalistas em sua visita ao Brasil, a dupla reforçou a importância de uma série como The Boys para o mundo atual. Para eles, a atração do Prime Video toca em feridas da sociedade e expõe o lado podre de certas figuras. À Tangerina, eles detalharam um pouco mais sobre esta visão.

“Acho que muitas coisas fazem The Boys ser única. Eu tenho muito orgulho desta série. Ela sempre se mostra corajosa, e isso é por causa dos nossos roteiristas. Todos somos do mesmo time, mas eles são corajosos por terem um ponto de vista. As pessoas muitas vezes têm medo de dizer algo errado ou de se pronunciar, mas eles o fazem. É bom ter uma série que faça isso, ter uma opinião e forçar conversas que não são fáceis de ter”, reforçou o intérprete de Capitão Pátria.

“A série é capaz de fazer graça com as coisas que não podemos dizer. Nós conseguimos dizer e mostrar para as pessoas o motivo de nós não podermos dizer. Séries com super-heróis são bem recebidas e são necessárias em uma sociedade que está tão sensível. Nós precisamos olhar para as coisas e fazer graça com elas. Essa é a missão da série. Nós temos um bom senso de tom e equilíbrio. Nossa bússola moral está na direção correta. Ninguém quer reinventar a roda sobre o que podemos dizer ou não. Nós pegamos o que não podemos dizer e colocamos na boca de um personagem que é um completo bosta. Para que as pessoas saibam que ele está errado”, finalizou Ackles.

As três temporadas de The Boys estão disponíveis completas no catálogo do Prime Video –o último episódio do terceiro ano foi disponibilizado nesta sexta (8).

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

André Zuliani

Repórter de séries e filmes. Viciado em cultura pop, acompanha o mundo do entretenimento desde 2013. Tem pós-graduação em Jornalismo Digital pela ESPM e foi redator do Omelete.

Ver mais conteúdos de André Zuliani

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal