Manu Gavassi em Maldivas
ENTREVISTA EXCLUSIVA

Debochada de nascença, Manu Gavassi se joga no humor over de Maldivas

Manu Gavassi nunca foi uma artista de sutilezas. Por isso, se encantou com o roteiro de Maldivas, série da Netflix que também carrega nas tintas

Rachel Tanugi/Netflix

Luciano Guaraldo

Navegue pela notícia

Lançada na última quarta-feira (15), a série nacional Maldivas rapidamente chegou ao topo das produções mais vistas da Netflix no Brasil. Com tintas carregadas, a atração criada por Natalia Klein foge de qualquer sutileza. Os cenários, os figurinos, as piadas, as atuações, tudo é baseado no exagero. Por isso, virou um projeto dos sonhos para Manu Gavassi. A cantora e atriz, que se autodefine como alguém “debochada de nascença”, se jogou de cabeça no humor over da síndica Milene.

Em entrevista exclusiva à Tangerina, Manu Gavassi explica que sempre buscou uma série assim para poder atuar. “Eu fiz os vídeos no meu Instagram no período do BBB buscando justamente isso, mostrar a minha capacidade de atuação. E de criação mesmo, como um todo”, conta ela.

“As pessoas acham que é só ligar a câmera e sair falando, mas todos aqueles vídeos tinham um roteiro escrito, uma intenção, uma pós-produção de trilha que ajudava na comédia e a destacar as piadinhas que eu colocava ali no meio. Então, foi um trabalho muito planejado por mim e visando justamente esse tipo de convite”, ressalta a artista. “Fico orgulhosa de me lembrar porque deu um trabalhão, mas valeu a pena!”

Manu Gavassi do caricato ao vulnerável

Manu Gavassi e Natalia Klein em Maldivas

Manu Gavassi em cena com Natalia Klein, criadora de Maldivas

Rachel Tanugi/Netflix

A vontade de mostrar diferentes lados de sua vertente atriz fez com que Manu Gavassi fosse prontamente atraída por Milene, a síndica do condomínio Maldivas que é absolutamente viciada em cirurgias plásticas e, como boa parte dos personagens da série, esconde muitos segredos.

“A Milene já era [uma personagem] divertidíssima de ler, e ela me daria a possibilidade de trabalhar cenas de vários tipos. Uma atuação mais caricata e debochada [em um momento] e uma atuação mais natural e vulnerável [em outros]. Foi uma delícia poder fazer os dois e mostrar que eu tenho capacidade de transitar em lugares diferentes. E sentir a resposta do público enaltecendo essa ‘anti-heroína’ é um grandíssimo sonho (risos)”, diverte-se a atriz, que viu a personagem inspirar dezenas de memes nas redes.

Mas será que existe algo de Manu Gavassi na Milene de Maldivas? “Sinto que os atores de que eu gosto sempre têm um pouco deles nos personagens. A Emma Stone, por exemplo. Ela pode fazer personagens diferentes, mas tem sempre um brilho dela, um carisma dela. Eu gosto disso”, resume.

Comédia sim, mas pronta para mais

Thati Lopes e Manu Gavassi

Com Thati Lopes em Socorro, Virei Uma Garota!, outra incursão pela comédia

Divulgação/Downtown Filmes

Maldivas é, essencialmente, uma comédia. Mas não se contenta com o riso fácil. Também tem drama, suspense, romance, mistério, amizade… Para Manu, foi a oportunidade de se aventurar em outros gêneros depois de divertir o público com seus vídeos no Instagram e em trabalhos como o filme Socorro, Virei Uma Garota! (2019).

“Comédia acaba sendo uma zona de conforto para mim. Sou meio debochada de nascença, e usei muito desse artifício nos meus vídeos, nos experimentos que fiz nos primeiros episódios de Garota Errada no YouTube. Vejo que estou sendo chamada para projetos desse gênero. Mas quero começar a explorar tudo que eu posso. Sou extremamente crítica comigo mesma, mas atuar é um dos poucos lugares na minha carreira que me deixa mais feliz do que nervosa”, admite.

E, se ela ficou conhecida do grande público após seu jeito over no BBB 20 e em seus videoclipes com superprodução, Manu Gavassi jura que também tem seus momentos em que “menos é mais”. “Acho que tudo depende do contexto, da sua fase de vida e do projeto. Claramente, em Maldivas, já percebemos pelo pôster e pela premissa que ‘mais é mais’ (risos)! E é por isso que é uma série divertida e que não se leva a sério de maneira nenhuma.”

‘Meu querido, eu sou cantora’

Tom Fletcher, Manu Gavassi e Danny Jones no show do McFly em São Paulo

Com Tom Fletcher e Danny Jones durante show do McFly em São Paulo

Breno Galtier/T4F

Incansável, Manu não se contenta com o lado atriz em projetos como Maldivas. A faceta cantora também vem à tona com frequência. E, apesar de a turnê Eu Só Queria Ser Normal só começar no mês que vem, ela já tem tomado decisões sobre os shows há um bom tempo. Não é um processo fácil, admite.

“Eu me envolvo tanto em cada detalhe que fico completamente louca, aí preciso aprender a delegar funções também! Minha sina (risos). Estou muito feliz com a turnê, animada pra rever tanta gente que tem carinho por mim e pelas minhas músicas, e sinto que isso vai marcar uma nova fase pra mim também, mais livre e segura no palco”, adianta à reportagem.

Tanta liberdade e segurança se estendem para fora do palco. A ponto de Manu Gavassi parar de tentar separar a atriz da cantora. “Acaba sendo um grande caldeirão! Tanto que, no meu último álbum musical, Gracinha [2021], acabei criando uma personagem e todo um filme junto (risos).”

“Como eu falei, sinto que meus artistas favoritos são assim. Vou usar a Rita Lee de exemplo. Ela é uma pessoa de personalidade, e essa personalidade reflete em tudo que ela já fez e a torna única e insubstituível. Acho isso poderoso. Apesar disso, sinto que existe sim um equilíbrio na minha carreira… Eu sei não ser performática e falar sério, mas sei me usar disso pra enriquecer meu trabalho também”, justifica.

Tudo ao mesmo tempo agora

Manu Gavassi e Klebber Toledo em Maldivas

Em Maldivas, Klebber Toledo vive o marido de Milene, Victor Hugo

Rachel Tanugi/Netflix

E o que o futuro reserva para uma artista tão performática? “Quero atuar mais! Estou começando a escolher alguns projetos. Eu me sinto muito feliz como atriz, quero explorar esse lado e evoluir cada vez mais. E quero continuar fazendo ‘tudo ao mesmo tempo agora’ porque entendi que é nessa minha pequena zona de profissões que me sinto realizada”, define.

Uma segunda temporada de Maldivas também está nos planos, é claro. A Netflix ainda não renovou a série, mas Manu Gavassi deu asas à imaginação e contou para a Tangerina o que gostaria de ver nos novos episódios. “Milene e Verônica [Natalia Klein] descobrindo que, na verdade, elas têm tudo para serem amigas? Rayssa [Sheron Menezzes] dando um pé na bunda do Victor Hugo [Klebber Toledo]? Capitão Rafael [Alejandro Claveaux] descobrindo que está perdidamente apaixonado pela Milene? Kat [Carol Castro] uma verdadeira mafiosa profissional? Liz [Bruna Marquezine] loira por uma temporada inteira? São muitas possibilidades!”

Enquanto a série não ganha um novo ano, os fãs de Manu podem conferir a primeira temporada de Maldivas na Netflix.

Bruna Marquezie em cena de Maldivas

Maldivas

Assista ao trailer

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?