FILMES E SÉRIES

Will Smith

Reprodução

Oscar 2022

De tapa a vitória da diversidade: Momentos marcantes do Oscar 2022

A última edição do Oscar, que aconteceu no domingo (27) em Los Angeles, ficou marcada pela briga entre os atores Will Smith e Chris Rock, mas teve outros momentos importantes

Gabriela Franco

Gabi Franco

O Oscar 2022 aconteceu no Dolby Theatre na noite de domingo (27) com muitas mudanças em relação às cerimônias dos anos anteriores: um pré-show separado para as categorias técnicas, premiação para os mais votados pelos fãs e três apresentadoras Regina Hall, Amy Schumer e Wanda Sykes liderando o evento.

No entanto, a cerimônia será lembrada como a noite em que Will Smith deu um tapa o comediante Chris Rock, ofuscando os premiamos. Mas o Oscar 2022 também merece ser lembrado por outros momentos marcantes, como o primeiro Oscar para um ator surdo. Selecionamos os momentos mais importantes e, claro, doidos da noite:

5 – A surpresa de No Ritmo do Coração

37.mar.2022 - Troy Kotsur posa com o Oscar de melhor ator coadjuvante por No Ritmo do Coração

37.mar.2022 - Troy Kotsur posa com o Oscar de melhor ator coadjuvante por No Ritmo do Coração

Michael Yada/A.M.P.A.S.

Apesar de Ataque dos Cães, dirigido por Jane Campion, ter recebido 12 indicações ao Oscar, o filme levou apenas o Oscar de melhor direção. O grande prêmio da noite, que é o de melhor filme, acabou ficando com No Ritmo do Coração, história de uma garota ouvinte cuja família é toda surda, que ainda abocanhou as categorias de melhor ator coadjuvante (Troy Kotsur) e melhor roteiro adaptado, as três para as quais havia sido indicado.

4 – Lady Gaga com Lisa Minelli

27.mar.2022 - Lady Gaga e Liza Minnelli apresentam o Oscar de melhor filme

Lady Gaga e Liza Minnelli apresentam o Oscar de melhor filme

Blaine Ohigashi/A.M.P.A.S.

Outro grande momento da noite foi o emocionante encontro de gerações entre Lady Gaga e Lisa Minelli, que subiram ao palco do Oscar 2022 para apresentar a categoria de melhor filme, a mais esperada da noite. Lisa Minelli causou comoção, principalmente entre os amantes do cinema musical. A atriz, filha da grande Judy Garland (atriz de O Mágico de Oz, entre outras grandes pérolas do cinema), ganhou o Oscar de melhor atriz em 1973 por Cabaret. O longa foi uma adaptação para as telas do musical da Broadway, dirigido pelo grande coreógrafo Bob Fosse. Cabaret completou 50 anos de sua primeira exibição em fevereiro deste ano.

3 – Número musical com Beyoncé

27.mar.2022 - Beyoncé se apresenta no Oscar 2022

Beyoncé se apresenta no Oscar 2022

Reprodução/Globoplay

Na abertura da premiação, as campeãs Venus e Serena Williams apresentaram a cantora Beyoncé, que cantou Be Alive, trilha sonora de King Richard: Criando Campeãs. Ela cantou em uma quadra de tênis em Compton, bairro onde as irmãs Williams foram criadas e treinaram para conquistar o posto de melhores tenistas do mundo.

O corpo de baile de Beyoncé trajava um figurino da cor de bolas de tênis e, para começar, a banda soltou um sample de Nuthin’ but a ‘G’ Thang, do Dr. Dre (que também é de Compton), antes de lançar a canção em que Beyoncé repete os versos: “Olha como lutamos para permanecer vivas, então, quando vencermos, é para temos orgulho”.

2 – Marco histórico de Troy Kotsur no Oscar

Troy Kotsur

Troy Kotsur recebe o Oscar de melhor ator coadjuvante por No Ritmo do Coração

Blaine Ohigashi/A.M.P.A.S.

O ganhador de Oscar na categoria melhor ator coadjuvante, Troy Kotsur deixou sua marca na história do cinema como o primeiro ator surdo a ganhar um Oscar. Seu discurso em ASL (língua americana de sinais) foi emocionante. Ele mencionou o pai que se acidentou e perdeu os movimentos e por isso não conseguia mais se comunicar com ele. Completou com “Eu cheguei aqui”, recebendo a estatueta das mãos da atriz sul-coreana Youn Yuh-jung, eleita a melhor atriz coadjuvante em 2021 por Minari.

1 – O tapa de Will Smith em Chris Rock

will smith

Will Smith grita com Chris Rock durante o Oscar 2022

Reprodução

Este não poderia deixar de faltar. Talvez o momento mais chocante da noite. Durante a entrega do prêmio para melhor documentário, o apresentador e comediante Chris Rock fez uma piada que gerou um incidente com o ator Will Smith. Enquanto comentava sobre premiados e fazia piadas, Rock disse que Jada Pinkett-Smith, mulher de Will, iria estrelar no próximo G.I. Jane (filme com Demi Moore de 1997 traduzido no Brasil como No Limite da Honra), porque a atriz está careca. Acontece que Jada tem uma condição médica que implica na perda de cabelo, o que deve ter irritado Will Smith. Foi quando ele correu para o palco e deu um tapa no rosco de Rock e, depois, voltando para o seu lugar, gritou duas vezes a plenos pulmões “MANTENHA O NOME DA MINHA ESPOSA FORA DA P#$% DA SUA BOCA!”. A situação surreal deixou todos atônitos e confusos sem saber se aquilo tinha sido combinado ou não. No final, ficou claro de que a indignação foi real e Will Smith pediu perdão à Academia por ter ofuscado o brilho de uma noite tão importante.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Gabriela Franco

Gabi Franco

Editora de filmes e séries na Tangerina, Gabi Franco é criadora do Minas Nerds, jornalista, cineasta, mãe de gente, pet e planta. Ex- HBO, MTV, Folha, Globo… É marvete, mas até tem amigos DCnautas.

Ver mais conteúdos de Gabi Franco

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal