KOLUNA POP

NCT Dream: Glitch Mode Concept

Reprodução/SM Entertainment

K-Pop

Comeback do NCT Dream aposta em estética digital e conexão global

O aguardado retorno do NCT Dream está marcado para 28 de março e a divulgação está pesada em torno do 2º álbum, Glitch Mode. Por isso, a Tangerina reúne tudo que se sabe sobre o disco, incluindo número de faixas, conceitos e mais

Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

Um dos comebacks mais aguardados (ao menos por esta que vos fala) é o do NCT Dream. O subgrupo masculino de k-pop retorna em 28 de março com seu segundo álbum de estúdio, Glitch Mode, de acordo com a SM Entertainment, que agencia o projeto. O disco conta com 11 faixas.

Por isso, ao longo do mês de março, o perfil oficial do NCT Dream tem soltado teasers, incluindo imagens conceituais e vídeos breves nas redes sociais, com fontes brilhantes deformadas e efeitos de estática, para trazer à tona a sensação de um glitch —isto é, uma falha em sistemas de computador.

O que é NCT Dream?

Antes de apresentar devidamente o NCT Dream, é preciso explicar o projeto NCT como um todo. O grupo foi formado em 2016 e o nome é uma abreviação para Neo Culture Technology. A ideia é que o número de integrantes seja ilimitado, mas dividido em várias subunidades com membros de diferentes cidades.

Por isso, além do grupo NCT, existem quatro subunidades: o NCT U, NCT 127, NCT Dream e WayV. Existem mais subgrupos sendo formados com os integrantes do grupo, mas eles não foram oficializados até o momento.

O primeiro álbum de estúdio do NCT, o NCT 2018 Empathy, contou com a participação de todos os 21 membros que tinham estreado no grupo até o momento. No lançamento do segundo disco de estúdio, NCT 2020 Resonance Pt. 1, foram oficializadas todas as quatro subunidades e dois novos integrantes, totalizando 23 idols no projeto.

NCT Dream: Glitch Mode Concept

Da esquerda para a direita: Mark, Renjun, Jeno, Jaemin, Jisung, Haechan e Chenle

Reprodução/SM Entertainment

Falando especificamente do NCT Dream, a subunidade fez seu debut oficial em agosto de 2016 com sete membros: Mark, Renjun, Jeno, Haechan, Jaemin, Chenle e Jisung. A subunidade chama a atenção pelas composições focadas no teen pop, músicas que falam de amadurecimento e descobertas na adolescência.

Além do sucesso comercial de seu mini álbum We Boom de 2019 e de ganharem prêmios importantes no Golden Disc Awards e Seoul Music Awards, o NCT Dream foi reconhecido em listas influentes, como o 21 Under 21 da Billboard onde apareceu por três anos seguidos, e o 25 Most Influential Teens de 2018 da revista Time.

Glitch Mode

Os meninos do NCT Dream já estavam investindo em projetos solo e colaborações, mas a partir do anúncio oficial do segundo álbum de estúdio, a divulgação se tornou pesada.

Para esta nova era, o NCT Dream aposta em um conceito universal e tecnológico. Por isso, nos conjuntos de fotos conceituais, os meninos aparecem ou de terno e seguram respectivos capacetes futuristas a lá Daft Punk, ou vestem roupas casuais e vibrantes. Somando o visual apresentado e o que se sabe do Glitch Mode, é possível ter uma noção do que esperar do disco.

Pelo tom das imagens e dos teasers divulgados até o momento, são esperadas algumas composições sérias, e outras suaves e alegres, com faixas puxadas ora para batidas eletrônicas e sintetizadores, ora para baixos e guitarras elétricas. Pelas prévias reportadas pelo site Chosun, acredita-se que as músicas mesclam diferentes estilos de música com composições marcantes.

Além disso, os títulos das faixas (divulgadas pelo site MEAWW) parecem brincar com conceitos tecnológicos, incluindo arcade, que faz alusão às máquinas de fliperama, e replay e rewind, que são elementos de reprodução de áudio e vídeo. A universalidade do conceito, por sua vez, seria por conta de como a tecnologia conecta e informa pessoas de diferentes faixas etárias e locais do planeta.

Para conhecer mais…

Enquanto o Glitch Mode não está disponível, você pode ouvir o primeiro álbum de estúdio do NCT Dream, Hot Sauce, logo abaixo.

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ
Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

Repórter da Tangerina, Jessica Pinheiro já cobriu games e tecnologia em veículos coo IGN Brasil, Loading TV e The Enemy. É streamer nas horas vagas e nasceu no Ceará, mas infelizmente não tem sotaque. Ama karaokê e também assina a Koluna Pop, onde traz todas as novidades do universo do k-pop.

Ver mais conteúdos de Jessica Pinheiro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal