KOLUNA POP

2NE1

Reprodução/Coachella

K-Pop

Sente falta de k-pop em grandes festivais? A tendência é melhorar

Você já se perguntou por que grupos famosos de k-pop não participam de festivais e eventos internacionais conhecidos? A Koluna Pop de hoje reflete sobre isso e traz um parecer sobre a questão

Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

A música popular sul-coreana tem se popularizado cada vez mais nos últimos anos, isso é um fato. O meio do k-pop conta com grupos que podem ser considerados verdadeiros fenômenos, como o BTS e o BlackPink, que quebram recorde atrás de recorde onde quer que seus passos sincronizados e ritmos marcantes alcancem. E onde estão esses artistas quando se fala de grandes festivais musicais internacionais?

Há pelo menos três gerações de k-pop, muito se especulava sobre rivalidade entre agências, sem contar o preciosismo em torno da agenda dos idols que é, digamos, montada de maneira cuidadosa para que eles sigam à risca um calendário de lançamentos, ensaios, performances e mais.

Na Coreia do Sul, porém, festivais como o Dream Concert e premiações musicais como o Golden Disc Awards são extremamente comuns e grandes. E há também as apresentações televisionadas e produzidas pelos próprios canais de TV sul-coreanos, como é o caso do SBS Super Concert da emissora SBS, ou ainda o SMTOWN Live, em que diversos artistas da agência SMTOWN se reúnem para um super evento.

SMTOWN Live 2021

SMTOWN LIVE - Culture Humanity

Vídeo com os melhores momentos do show

No restante do mundo, o cenário é diferente: aos poucos, estão começando a surgir festivais de música dedicados ao k-pop, o que comprova que o interesse tem se ampliado. Um bom exemplo é a KCON, convenção anual que acontece desde 2012 e já passou por oito países levando alguns dos grupos de maior destaque do gênero para se apresentar.

Europa tem seu primeiro festival de k-pop

Já a Europa sedia pela primeira vez, em 2022, um festival focado em k-pop, o Kpop.Flex. O evento musical acontece nos dias 14 e 15 de maio e o line-up conta com nomes como Enhypen, Mamamoo, NCT Dream, (G)I-Dle, Monsta X, IVE e AB6IX, entre outros.

Caso você, fã de k-pop que mora no Brasil, esteja se perguntando quando/se esses grupos e solistas virão ao país como parte do repertório de um grande —e diversificado— festival, tal como o Rock in Rio ou o Lollapalooza, a resposta ainda é incerta. O melhor caminho é apoiar os artistas de sua preferência durante as apresentações solo deles em território nacional. O próprio BTS e o Monsta X, por exemplo, estiveram por aqui em 2019, e antes deles, tivemos muitos outros.

Girl group aespa no Coachella 2022

O quarteto de k-pop aespa apresentou a nova música Life's Too Short no Coachella

Reprodução/Coachella/88rising/SM Entertainment

Para 2022, até então estão marcadas apresentações do 2Z para 17 de junho, enquanto o quarteto KARD retorna ao Brasil em 22 de julho, e o MCND tem show agendado para 12 de agosto no país. Todas as performances não estão agregadas a nenhum festival ou evento.

Mas este cenário ainda pode mudar. Basta analisar o Coachella que, desde 2019, tem convidado alguns grupos de k-pop para performances únicas. Em 2019, o BlackPink se apresentou em um palco secundário, e a edição de 2020 teria marcado o aguardado comeback do BigBang, mas este não foi o caso devido à pandemia de Covid-19.

Em 2022, porém, o festival recebeu a rapper CL e seu antigo grupo 2NE1, o solista Jackson Wang do grupo GOT7, e as meninas do aespa na segunda semana. Por outro lado, o Grammy 2022 sediou uma apresentação lendária do BTS.

Os exemplos são inúmeros e, depois de muito investigar a respeito, a conclusão é que é apenas uma questão de tempo até que esses grupos comecem a fazer parte do line-up de grandes festivais internacionais com mais recorrência.

Os primeiros passos foram dados e o caloroso engajamento do público nas redes sociais fora da Coreia tem ajudado a instigar a participação de artistas de k-pop como convidados de grandes eventos. Agora, é esperar. E isso inclui, claro, o Brasil.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Jessica Pinheiro

Jessica Pinheiro

Repórter da Tangerina, Jessica Pinheiro já cobriu games e tecnologia em veículos coo IGN Brasil, Loading TV e The Enemy. É streamer nas horas vagas e nasceu no Ceará, mas infelizmente não tem sotaque. Ama karaokê e também assina a Koluna Pop, onde traz todas as novidades do universo do k-pop.

Ver mais conteúdos de Jessica Pinheiro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal