Com estúdio pornô, novela deu prejuízo milionário nos EUA - Tangerina

MIX

Elenco da novela Wicked Wicked Games

Divulgação/MyNetworkTV

HÁ 15 ANOS

Com estúdio pornô, novelas do horário nobre perderam milhões nos EUA

Nascida pelas beiradas da fusão entre The WB e UPN, a MyNetworkTV decidiu se diferenciar da concorrência investindo em novelas. Mas fracassou

Luciano Guaraldo

As novelas são parte importante da cultura brasileira e de outros países da América Latina. No entanto, o formato nunca pegou nos Estados Unidos. Por lá, o horário nobre é dominado por séries, game shows e programas jornalísticos, enquanto as soap operas ficam com a faixa vespertina. A última tentativa de emplacar um folhetim diário e noturno falhou miseravelmente e, há exatos 15 anos, deixou uma rede de TV recém-lançada com um prejuízo milionário e flertando com a falência.

Para contextualizar, é preciso voltar um pouquinho mais no tempo. Em 2006, duas redes nanicas dos EUA anunciaram sua fusão. A UPN, ligada à Paramount e que tinha programação voltada majoritariamente para a população negra, se uniria à The WB (operada pela Warner Bros. e com foco no público jovem) para formar a The CW, hoje famosa por suas séries de super-herói. Para fisgar as antigas afiliadas das redes que não fariam a migração para o novo canal, a Fox decidiu lançar a MyNetworkTV, que teria como carro-chefe de sua grade noturna as adaptações de novelas latinas.

Ao contrário do que acontece na TV brasileira, as telenovelas da MyNetworkTV durariam apenas 65 episódios, exibidos de segunda a sexta durante 13 semanas. Aos sábados e domingos, compactos contariam tudo o que aconteceu naquele período e atualizaram o público que perdeu algum capítulo. Assim que uma novela chegasse ao fim, outra tomaria seu lugar, sem espaço para reprises –o plano era ter 600 horas de programação original por ano.

A tentativa de popularizar as novelas para o público norte-americano, porém, durou menos de um ano. Em 18 de julho de 2007, a experiência fracassada chegava ao fim com o encerramento abrupto de American Heiress e Saints & Sinners, apenas a quinta e a sexta produções originais da MyNetworkTV. Elas saíram do ar com 39 capítulos a serem exibidos. Segundo a Fox, a rede de TV perdia cerca de US$ 2 milhões (R$ 10,8 milhões, na cotação atual) por semana com o investimento no gênero.

Taylor Kinney e Natalie Martinez na novela Fashion House

Antes de ser noivo da Lady Gaga e estrelar Chicago Fire, Taylor Kinney fez a novela Fashion House

Reprodução/MyNetworkTV

Mas por que as novelas não deram certo nos EUA?

Antes mesmo de estrear, as novelas da MyNetworkTV já tinham vários fatores jogando contra. Para o elenco, foram escalados modelos ou misses com pouca ou nenhuma experiência na atuação, com um ou outro nome de (relativo) peso para chamar a atenção do público. A vencedora do Oscar Tatum O’Neal, por exemplo, estrelou Wicked Wicked Games (2006-2007), enquanto Bo Derek e Morgan Fairchild estavam à frente de Fashion House (2006).

Taylor Kinney, que nem pensava em namorar Lady Gaga e estava longe de ser escalado para Chicago Fire, fez sua estreia como ator nas novelas da MyNetworkTV. O mesmo ocorreu com Robert Buckley (de One Tree Hill), Natalie Martinez (de Under the Dome), Jaimie Alexander (de Thor) e AnnaLynne McCord (de 90210).

Além do elenco inexperiente, a produção era barata. Muito barata! Chefe dos estúdios de televisão da Fox na época, Jack Abernathy disse que cada capítulo custava cerca de US$ 200 mil (R$ 1 milhão), o que equivale a um décimo do valor investido em outras séries exibidas naquela temporada. As novelas sequer tinham roteiristas –os responsáveis pelos textos eram chamados de “tradutores”, porque apenas adaptavam os originais latinos para o inglês.

E fica pior! As novelas da MyNetworkTV eram filmadas no Stu Segall Studios, em San Diego, um local conhecido por servir de cenário para produções pornográficas! E, como o terreno era grande, o dono ainda tinha alugado parte dele para o governo dos EUA, que reproduziu uma vila do Iraque por ali para treinar soldados das Forças Armadas.

Mesmo com o investimento reduzido, as novelas davam prejuízo. Uma média de 780 mil pessoas assistiram aos programas em todo o país, um número extremamente baixo para a época. A The CW, por exemplo, teve 3,5 milhões espectadores com a estreia de Gossip Girl (2007-2012). A baixa audiência afastou possíveis anunciantes e destruiu o sonho de as novelas ocuparem de vez o horário nobre.

Sem investir em programação original, a MyNetworkTV se tornou um canal de reprises. Atualmente, a rede exibe episódios antigos das séries Law & Order: SVU, Chicago P.D. e Chicago Fire, além de reapresentações do jornalístico Dateline. Seu maior sucesso de audiência foi com a luta livre: entre 2008 e 2010, a TV nanica exibia edições inéditas do WWE Smackdown, segundo maior programa de pro-wrestling do mundo.

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal