MÚSICA

3.abr.2022 - Bruno Mars e Anderson Paak comemoram prêmio de gravação do ano para Live the Door Open, do Silk Sonic, no Grammy 2022

Reprodução/TNT

Grammy 2022

BTS, dancinha e xixi de Doja: Momentos mais marcantes do Grammy 2022

O Grammy 2022 teve estreia do BTS, Doja Cat voltando correndo do banheiro, dancinha de Bruno Mars e Anderson Paak e homenagem a Marília Mendonça

Natalia Engler

Natalia Engler

Foi uma noite sem grandes eventos dramáticos, ao contrário do Oscar 2022, mas o Grammy 2022 também teve momentos emocionantes, divertidos e até bastante políticos. Afinal, não é todo dia que um o presidente de um país em guerra grava um vídeo diretamente de um bunker para discursar ao público de um grande evento do show business. Ou que o maior grupo de k-pop do mundo faz sua estreia solo na maior premiação da música.

Para você que perdeu a premiação ou quer reviver essa grande festa da música, preparamos uma lista dos momentos mais marcantes do Grammy 2022, que teve Jon Batiste como grande vencedor.

A dancinha de Bruno Mars e Anderson Paak

Ao ouvirem seus nomes anunciados como vencedores do prêmio de melhor canção do ano por Leave the Door Open, Bruno Mars e Anderson Paak, que formam o duo Silk Sonic, levantaram de suas cadeiras com muito groove, ensaiando passos de disco, com direito a Paak alisando a peruca à la James Brown. A plateia foi à loucura. Não contente, a dupla repetiu a dancinha, em uma pegada mais suave e sensual, ao ouvir seu nome ser anunciado novamente como vencedores do prêmio de gravação do ano. Talvez o guitarrista brasileiro Mateus Asato tenha dado sorte aos dois.

A primeira apresentação do BTS no Grammy

O maior grupo de k-pop do mundo já tinha subido no palco do Grammy com Lil Nas X em 2020, mas foi a primeira vez em que os coreanos tiveram uma apresentação toda pra si. E aproveitaram muito bem, com muito conceito na performance da faixa Butter. V começou da plateia, numa conversa íntima com Olivia Rodrigo, enquanto Jung Kook descia do teto, em tom de intriga internacional e espionagem, em uma apresentação que chegou a ocupar dois palcos do MGM Grand Las Vegas. Bela estreia.

Música em apoio à Ucrânia

Depois de notícias de que Volodymyr Zelenskyy poderia discursar no Oscar, o que não se concretizou, o presidente da Ucrânia finalmente teve sua oportunidade de falar a milhões de pessoas no mundo todo que acompanhavam outra grande premiação. Em uma fala pré-gravada de um bunker em Kiev, Zelenskyy pediu apoio a seu país, mencionou os silêncios impostos pela guerra e pediu à comunidade musical: “Preencha o silêncio com sua música. Preencha hoje para contar nossa história”. Na sequência, John Legend sentou ao piano para tocar Free, uma música inédita em apoio à Ucrânia, ao lado das ucranianas Siuzanna Iglidan, Lyubov Yakymchuk e Mika Newton.

Marília Mendonça no In Memorian

Para o resto do mundo todo, talvez tenha sido um momento piscou, perdeu. Mas para o público brasileiro, foi emocionante ver a foto de Marília Mendonça no telão do Grammy 2022 durante o segmento In Memorian, que homenageia personalidades da música que morreram no último ano. Marília, que morreu em novembro de 2021, apareceu logo no início, pouco depois de uma homenagem a Taylor Hawkins, baixista do Foo Fighters morto no dia 25 de março. No palco, Leslie Odom Jr., Rachel Zegler, Cynthia Erivo e Ben Platt cantaram sucessos de musicais de Stephen Sondheim, morto em novembro de 2021.

Marília Mendonça lembrada no Grammy 2022

Marília Mendonça apareceu no In Memorian do Grammy 2022, que homenageia músicos mortos no último ano

Reprodução

O xixi à jato de Doja Cat

Doja Cat voltou a agitar o Twitter por conta do Grammy. Primeiro, porque ela e SZA superaram os astros do BTS na categoria melhor performance pop de duo ou grupo, por Kiss Me More. Não satisfeita, a rapper apareceu no palco ofegante, com cara de chocada e dificuldade para falar. “Nunca tinha feito um xixi tão rápido na minha vida”, justificou Doja, enquanto terminava de ajustar seu vestido. A cena, claro, arrancou risadas da plateia e do apresentador Trevor Noah. No fim, a rapper ainda se emocionou ao lembrar que passou por muita coisa nos últimos meses —Doja Cat costuma ser o alvo preferido de haters no Twitter e já até citou que pensa em se aposentar.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Natalia Engler

Natalia Engler

Natalia Engler é editora-chefe da Tangerina. Jornalista, mestra em audiovisual pela ECA-USP e pesquisadora de gênero e cultura pop, passou por Omelete, UOL, Folha e Ansa. Do feminismo e do Carnaval.

Ver mais conteúdos de Natalia Engler

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal