P!nk responde haters: 'Pode me chamar de irrelevante' - Tangerina

MÚSICA

Pink

Reprodução/YouTube

Vem hit?

P!nk responde haters com música: ‘Pode me chamar de irrelevante’

Vídeo soma mais de 800 mil reproduções nas redes sociais; cantora sofreu ataque ao defender direito ao aborto nos Estados Unidos

Lucas Almeida
Lucas Almeida

P!nk mostrou que não recebe ordens de ninguém. Depois de sofrer ataques por defender o direito ao aborto nos Estados Unidos, a cantora criou versos de uma música como forma de resposta. Nas redes, ela postou um trecho com a hashtag “shutupandsing” (cale a boca e cante, em português). A frase foi usada por haters durante o conflito nas redes sociais.

“Você pode me chamar de irrelevante, insignificante. Você pode tentar fazer eu me sentir pequena”, P!nk canta no vídeo, antes de cantarolar e dar uma risada para a câmera. Somando os números no Instagram e no Twitter, a gravação já teve mais de 800 mil reproduções em menos de 15 horas. Agora, os fãs estão pedindo que a artista crie uma música inteira para os versos. Por enquanto, ela ainda não confirmou nada.

A resposta surgiu depois de P!nk ficar uma semana sem novas postagens no Twitter. Em 25 de junho, ela se juntou ao coro de artistas que se posicionaram contra a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos de revogar a garantia do direito ao aborto em todo o país, no caso Roe vs. Wade. Ela aproveitou para mandar uma mensagem para seguidores preconceituosos.

“Vou ser clara: se você considera que o governo manda no útero de uma mulher, na vida pessoal ou casamento de um gay, ou que racismo é ‘ok’, por favor, em nome de Deus, nunca mais ouça a p*** da minha música. E vá se f***. Beleza?”, escreveu P!nk na rede social.

A publicação gerou respostas fervorosas e ataques no Twitter. No início de julho, ela já tinha postado uma foto em frente a um microfone, com a frase: “Quando eles dizem para você ‘cale a boca e cante’…. Está bem, então”.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Lucas Almeida

Lucas Almeida

Repórter. Passou pela MTV Brasil e Veja.com. É fã de um pop triste e não deixa de ouvir todos os lançamentos musicais da semana.

Ver mais conteúdos de Lucas Almeida

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal