MÚSICA

Plágio de Dua Lipa? Cantora tem encarado acusações por Levitating

Divulgação

Polêmica

Por que Dua Lipa está sendo processada duas vezes pela mesma música

Hit do disco Future Nostalgia, Levitating tem dado dor de cabeça para a cantora britânica. A música foi alvo de dois processos por suposto plágio na última semana

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

Levitating, uma das faixas mais badaladas do disco Future Nostalgia, tem envolvido Dua Lipa em acusações de plágio. Só na última semana, a cantora britânica foi alvo de duas ações por suposta infração de direitos autorais, por conta da música.

A faixa era considerada um acerto desde sua versão original, um electro-disco que transporta o ouvinte às pistas de dança da década de 1980. Ela ganhou ainda mais fôlego com o remix que juntava Madonna e Missy Elliott.

Mas Levitating também tem dado uma dor de cabeça e tanto para Dua Lipa, por conta dos supostos plágios. A ação mais recente foi aberta em Nova York pelos compositores L. Russell Brown e Sandy Linzer. Eles alegam que a melodia vocal que abre Levitating copia a de duas músicas que escreveram para outros artistas. As canções, meio obscuras, são Wiggle and Giggle All Night e Don Diablo, lançadas em 1979 e 1980.

Plágio ou inspiração?

A Billboard teve acesso ao processo. O texto lembra que Dua Lipa já admitiu previamente ter “deliberadamente emulado eras anteriores”. E que a cantora se “inspirou em músicas antigas para criar um som retrô” de Future Nostalgia.

“Ao buscar inspiração nostálgica, os réus copiaram a criação dos queixosos sem atribuição”, alegam os advogados. Eles ainda fizeram trocadilho com o título da faixa: “Os réus levitaram a propriedade intelectual dos queixosos”. Levitating foi oficialmente composta por Dua Lipa, Clarence Coffee Jr., Sarah Hudson e Koz.

Compare Levitating com Wiggle and Giggle All Night e Don Diablo:

A cantora Cory Daye dança em vídeo dos anos 1980

Ouça Wiggle And Giggle All Night, de Cory Daye

Os compositores da música acusam Dua Lipa de plágio

Outro trecho interessante do processo reforça a importância, nos dias de hoje, da melodia de abertura de uma música pop. “É a parte mais reconhecível de uma obra e desempenha papel crucial em sua popularidade (…) Como os criadores de vídeos frequentemente truncam os já breves trechos de músicas no TikTok, a melodia de abertura representa 50% ou mais desses vídeos virais”, reforçam os advogados.

Dua Lipa ainda não se pronunciou sobre a acusação.

‘Pouco detalhado’

Dias antes, Levitating já tinha sido pivô de outra ação parecida. A diferença é a proximidade entre os lançamentos. Dua Lipa e os demais compositores foram acusados pela banda Artikal Sound System de copiar Levitating a partir da faixa Live Your Life. A canção foi lançada pelo grupo de reggae norte-americano em 2017. Ou seja, três anos antes de Levitating. Aqui, a comparação vai além da melodia vocal, e entra também no instrumental.

O vídeo abaixo, em inglês, faz uma boa comparação entre as duas músicas.

Montagem traz Dua Lipa e a banda de reggae Artikal Sound System. O grupo acusa a britânica de plágio

Compare Levitating com Live Your Life

Dua Lipa foi acusada de plagiar a música da banda Artikal Sound System

A Billboard também teve acesso ao processo e o definiu como “curto” e “pouco detalhado” ao explicar como exatamente Dua Lipa poderia ter roubado a canção. O processo diz que as duas músicas são tão parecidas que é “muito improvável” que não tenha havido plágio. Ainda segundo a Artikal Sound System, a britânica teria tido acesso a Live Your Life antes de criar Levitating. Mas a banda não deu qualquer prova.

Também nesse caso, o time de Dua Lipa optou por não comentar as acusações.

Para ajudar a comparação, é bom ouvir as duas gravações originais, abaixo:

O grupo Artikal Sound System, que acusa Dua Lipa de plágio

Ouça Live Your Life, da Artikal Sound System

Banda de reggae acusa Dua Lipa de plágio

Ed Sheeran nos tribunais

Vale lembrar que Dua Lipa não é a única estrela pop britânica acusada de plágio, no momento. Ed Sheeran está no meio de uma batalha judicial por conta do hit Shape of You, de 2017. Os compositores Sami Chokri e Ross O’Donoghue acusam Sheeran de ter se inspirado, sem dar créditos, na canção Oh Why, lançada em 2015 —compare aqui.

Ed Sheeran marcou presença no tribunal na última sexta-feira, quando o juiz Antony Zacaroli ouviu as duas músicas. O advogado que defende os compositores chamou o cantor, na ocasião, de “um tagarela que pega ideias emprestadas”.

A equipe de Sheeran alega que ele não lembra de sequer ter ouvido Oh Why na vida.

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ
Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira é editor de música na Tangerina e assina a coluna Na Grade, um guia sobre os principais shows e festivais que acontecem pelo país. Ex-jornal O Globo, fuçador do rock ao sertanejo e pai de gatos, trocou o Rio por São Paulo para curtir o fervo da noite paulistana.

Ver mais conteúdos de Luccas Oliveira

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal