MÚSICA

O rapper Teto, em alta nas paradas brasileiras

Divulgação

Rei das Prévias

Conheça Teto, o baiano de 20 anos que está dominando o Spotify Brasil

Parceiro de Matuê, artista revelação marca presença em duas das três músicas mais ouvidas do streaming no momento e já tem presença confirmada no Rock in Rio 2022

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

Conhecido pelo codinome rapper Teto, o baiano Clériton Sávio Santos Silva é um dos nomes do momento. Quer tirar a prova? Abra a playlist Top 50 do Spotify Brasil e veja quantas músicas são creditadas a ele. Atualmente, Teto é citado em três das 30 mais tocadas da plataforma, por aqui.

Autoral, Fim de Semana no Rio ocupa o terceiro lugar, enquanto suas participações em Vampiro (de Matuê) e Poesia Acústica 12 – Pra Sempre (da Pineapple Storm) surgem em 1º e 29º no ranking, respectivamente.

Você torce o nariz para números e algoritmos? Então dê um play no clipe de Fim de Semana no Rio, abaixo, e preste atenção na multidão que curtia a participação de Teto no show do também rapper Matuê, no REP Festival. O evento foi realizado no dia 12 de fevereiro, no próprio Rio de Janeiro. E a letra do hit também narra a transição para o presencial de um sucesso que nasceu estritamente digital. “Tocando no Brasil em todas as casas”, cita Teto.

Teto no clipe de Fim de Semana no Rio

Assista ao clipe de Fim de Semana no Rio

Música está em terceiro no Spotify Brasil

O rapper natural de Jacobina, norte da Bahia, colhe agora os louros que veio plantando organicamente durante a pandemia. Detalhe: até um ano atrás, ele mal tinha músicas lançadas oficialmente. Quer entender a história? Dá o play na playlist abaixo e vem com a gente.

Teto, o rapper ‘rei das prévias’

O primeiro grande estouro de Teto veio quando o rapper passou a investir em lives no Instagram durante o primeiro ano de pandemia. Nas transmissões ao vivo bem amadoras, ele apresentava as chamadas “prévias”, trechos cantados de músicas que não estavam nas plataformas. Assim, ele instigava o público e criava a expectativa para quando a canção, enfim, chegasse ao streaming.

O movimento foi tão impactante que Teto batizou seu primeiro EP oficial de Prévias.zip. Faixas como Paypal, Dia Azul e Manha, claro, já eram conhecidas pelo público que o acompanhava no Instagram. Agora, elas acumulam 58 milhões de visualizações só no YouTube. No Instagram, Teto tem hoje 3 milhões de seguidores.

Contrato com a 30PRAUM

O sucesso independente do rapper Teto fez, claro, produtoras e empresários abrirem o olho. Ele foi alvo de disputa a tretas (ou melhor, cifras) pelos principais nomes do mercado de rap. Teto deixou a produtora Hash e acabou assinando com a 30PRAUM, que tem o trapstar Matuê, atração do último Lollapalooza, como um dos sócios. A troca entre as concorrentes resultou numa discussão pública.

Mas claro que a aproximação com Matuê trouxe muitos trunfos para Teto. Tanto que o primeiro grande hit nacional do rapper, M4, conta com participação do amigo e chefe cearense. A música que fala de ostentação e armas, como de costume neste segmento de trap, fez todo o trabalho que um sucesso nos anos 2020 pede. Viralizou com dancinhas no TikTok e ganhou até uma paródia assinada por Whindersson Nunes. Na adaptação, batizada de Aplica Essa Vacina, a canção virou um incentivo à vacinação.

Teto: Imagem do clipe de M4

Assista ao clipe de M4

Música traz parceria entre Teto e o 'patrão' Matuê

O EP Prévias.zip, aliás, já saiu pela 30PRAUM. Teto, inclusive, cita a produtora em Fim de Semana no Rio. “Sabe que a 30PRAUM muda esse clima”, canta ele.

Origem caseira

Em entrevista ao portal G1, o rapper Teto falou um pouco mais sobre sua origem em Jacobina, que fica a mais de 300 km de Salvador, na região da Chapada Diamantina. Até então, sua vida pré-música era pouco conhecida. No papo, ele revelou que cresceu ouvindo pai cantar e tocar pagode, MPB e axé, e que começou a compor aos 12 anos.

Ele se mostrou autodidata na música. “Sempre me gravei aqui [no quarto]. Pego o beat, abro no programa de gravação e começo, vou cuspindo as verdades. Nunca escrevi uma letra na minha vida”, contou ao portal.

Teto se destaca por um flow eclético, habilidoso, e pela capacidade de concatenar boas rimas. Além, claro, de participar da produção de suas próprias músicas.

Músicas apagadas

Por motivos diversos, alguns deles desconhecidos, Teto já soltou na internet mais músicas do que efetivamente estão no perfil do rapper no Spotify. Hoje, só é possível escutar as faixas que ele lançou após assinar com a 30PRAUM, mas sua carreira “prévia” não está mais disponível oficialmente.

Entre Prévias.zip e Fim de Semana no Rio, Teto emplacou ainda o hit Mustang Preto, hoje com 50 milhões de visualizações no YouTube.

Teto: Ilustração do clipe de Mustang Preto

Veja o clipe de Mustang Preto

Mais um hit do rapper Teto

Vampiro, a música mais escutada do Spotify Brasil no momento que traz participação de Teto, também tem uma história curiosa. A faixou vazou sem autorização de Matuê, ainda inacabada, e fez o rapper correr para finalizar em cerca de 24h. Nela, Teto entrega um verso extenso e volta a citar a vida offline. “Hoje meu som bate forte na casa de show, esquentando o coração/ Pode ser que o meu jeito vampiro te deixou com um pouco de tesão”, rima ele.

Show no Rock in Rio

Por falar em vida real, para quem até ano passado nunca tinha feito um show, Teto tem tido uma agenda agitada. O rapper, inclusive, está confirmado no line-up do próximo Rock in Rio. Ele canta no dia 3 de setembro, o mesmo que traz Post Malone como headliner do palco Mundo.

Teto, por sua vez, vai se apresentar no palco Supernova, reservado para novos nomes de destaque na cena nacional.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira é editor de música na Tangerina e assina a coluna Na Grade, um guia sobre os principais shows e festivais que acontecem pelo país. Ex-jornal O Globo, fuçador do rock ao sertanejo e pai de gatos, trocou o Rio por São Paulo para curtir o fervo da noite paulistana.

Ver mais conteúdos de Luccas Oliveira

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal