NO PALCO

Deirdre O'Connell em Dana H.

Divulgação/Carol Rosegg

TONY AWARDS

Atriz leva maior prêmio do teatro sem emitir um único som

Deirdre O'Connell venceu seu primeiro prêmio Tony pela peça Dana H., em que ela apenas move sua boca para uma entrevista pré-gravada

Luciano Guaraldo

Há mais de 40 anos nos palcos norte-americanos, a atriz Deirdre O’Connell venceu seu primeiro prêmio Tony na noite de domingo (12) sem precisar falar uma única palavra. Estrela da peça Dana H., a veterana apenas move sua boca para um áudio pré-gravado da verdadeira Dana Higginbotham, mulher que passou cinco meses sob as garras de um supremacista branco. Um playback digno de troféus.

As histórias de Dana Higginbotham (a mulher) e de Dana H. (a peça) são igualmente inusitadas. A primeira trabalhava como capelã em um hospital na Flórida. Em 1997, um de seus pacientes invadiu sua casa e a sequestrou. Durante longos cinco meses, ele a arrastou por vários motéis de beira de estrada e a agrediu. Levava sua vítima para onde queria, agarrando-a pelo pescoço. Nenhuma das pessoas que cruzou o caminho dos dois questionou o que havia de errado ali –nem mesmo policiais.

Dana é mãe de Lucas Hnath, dramaturgo indicado ao Tony em 2017 pelo texto do espetáculo A Doll’s House, Part 2. O escritor, que na época do crime estava na faculdade, nunca se perdoou por não ter entrado em contato com a mãe durante todo esse período nem desconfiado de que havia algo errado. Decidiu “pedir perdão” com uma peça que contasse sua história.

E, em Dana H., ela literalmente conta sua história. Hnath pediu a um amigo, o diretor teatral Steve Cosson, que entrevistasse sua mãe para relembrar a tragédia do passado. O áudio dessa conversa é usado como o único texto do espetáculo. Deirdre O’Connell entra no palco, coloca um fone de ouvido e começa o playback do som que é tocado para toda a plateia. O monólogo de 75 minutos ganha força no talento da atriz, que comove e choca apenas com suas expressões faciais e corporais.

Vencedores do Tony Awards 2022

Além de Deirdre O’Connell, o Tony Awards deste ano trouxe outras surpresas entre seus vencedores. Jesse Williams (de Grey’s Anatomy), muito bem cotado por sua atuação (de corpo inteiro) na peça Take Me Out, perdeu o troféu para seu xará de elenco, Jesse Tyler Ferguson (de Modern Family). E Hugh Jackman, que fez o preço dos ingressos do musical The Music Man disparar, também foi superado por Myles Frost, que vive Michael Jackson no espetáculo MJ.

E o inovador A Strange Loop, favorito da crítica e líder em indicações (11, no total), terminou a noite de domingo com apenas dois prêmios Tony: melhor musical e melhor roteiro. L Morgan Lee, que fez história ao ser a primeira atriz indicada ao Oscar do teatro, perdeu sua categoria para Patti LuPone, que já tinha outros dois troféus em sua prateleira.

Confira a lista completa de vencedores e indicados do Tony 2022:

Melhor peça
Clyde’s
Hangmen
The Lehman Trilogy
The Minutes
Skeleton Crew

Melhor musical
Girl From The North Country
MJ
Mr. Saturday Night
Paradise Square
Six: The Musical
A Strange Loop

Melhor revival de peça
American Buffalo
for colored girls who have considered suicide/when the rainbow is enuf
How I Learned to Drive
Take Me Out
Trouble in Mind

Melhor revival de musical
Caroline, or Change
Company
The Music Man

Melhor ator em peça
Simon Russell Beale, The Lehman Trilogy
Adam Godley, The Lehman Trilogy
Adrian Lester, The Lehman Trilogy
David Morse, How I Learned to Drive
Sam Rockwell, American Buffalo
Ruben Santiago-Hudson, Lackawanna Blues
David Threlfall, Hangmen

Melhor atriz em peça
Gabby Beans, The Skin of Our Teeth
LaChanze, Trouble in Mind
Ruth Negga, Macbeth
Deirdre O’Connell, Dana H.
Mary-Louise Parker, How I Learned to Drive

Melhor ator em musical
Billy Crystal, Mr. Saturday Night
Myles Frost, MJ
Hugh Jackman, The Music Man
Rob McClure, Mrs. Doubtfire
Jaquel Spivey, A Strange Loop

Melhor atriz em musical
Sharon D Clarke, Caroline, or Change
Carmen Cusack, Flying Over Sunset
Sutton Foster, The Music Man
Joaquina Kalukango, Paradise Square
Mare Winningham, Girl From The North Country

Melhor ator coadjuvante em peça
Alfie Allen, Hangmen
Chuck Cooper, Trouble in Mind
Jesse Tyler Ferguson, Take Me Out
Ron Cephas Jones, Clyde’s
Michael Oberholtzer, Take Me Out
Jesse Williams, Take Me Out

Melhor atriz coadjuvante em peça
Uzo Aduba, Clyde’s
Rachel Dratch, POTUS: Or, Behind Every Great Dumbass are Seven Women Trying to Keep Him Alive
Kenita R. Miller, for colored girls who have considered suicide/when the rainbow is enuf
Phylicia Rashad, Skeleton Crew
Julie White, POTUS: Or, Behind Every Great Dumbass are Seven Women Trying to Keep Him Alive
Kara Young, Clyde’s

Melhor ator coadjuvante em musical
Matt Doyle, Company
Sidney DuPont, Paradise Square
Jared Grimes, Funny Girl
John-Andrew Morrison, A Strange Loop
A.J. Shively, Paradise Square

Melhor atriz coadjuvante em musical
Jeannette Bayardelle, Girl From The North Country
Shoshana Bean, Mr. Saturday Night
Jayne Houdyshell, The Music Man
L Morgan Lee, A Strange Loop
Patti LuPone, Company
Jennifer Simard, Company

Melhor direção em peça
Lileana Blain-Cruz, The Skin of Our Teeth
Camille A. Brown, for colored girls who have considered suicide/when the rainbow is enuf
Sam Mendes, The Lehman Trilogy
Neil Pepe, American Buffalo
Les Waters, Dana H.

Melhor direção em musical
Stephen Brackett, A Strange Loop
Marianne Elliott, Company
Conor McPherson, Girl From The North Country
Lucy Moss & Jamie Armitage, Six: The Musical
Christopher Wheeldon, MJ

Melhor design cênico de peça
Beowulf Boritt, POTUS: Or, Behind Every Great Dumbass are Seven Women Trying to Keep Him Alive
Michael Carnahan and Nicholas Hussong, Skeleton Crew
Es Devlin, The Lehman Trilogy
Anna Fleischle, Hangmen
Scott Pask, American Buffalo
Adam Rigg, The Skin of Our Teeth

Melhor design cênico de musical
Beowulf Boritt and 59 Productions, Flying Over Sunset
Bunny Christie, Company
Arnulfo Maldonado, A Strange Loop
Derek McLane and Peter Nigrini, MJ
Allen Moyer, Paradise Square

Melhor roteiro de musical
Conor McPherson, Girl From The North Country
Lynn Nottage, MJ
Billy Crystal, Lowell Ganz & Babaloo Mandel, Mr. Saturday Night
Christina Anderson, Craig Lucas & Larry Kirwan, Paradise Square
Michael R. Jackson, A Strange Loop

Melhor trilha original
Tom Kitt e Michael Korie, Flying Over Sunset
Jason Robert Brown e Amanda Green, Mr. Saturday Night
Jason Howland, Nathan Tysen e Masi Asare, Paradise Square
Toby Marlow e Lucy Moss, Six: The Musical

Michael R. Jackson, A Strange Loop

Melhor figurino em peça
Montana Levi Blanco, The Skin of Our Teeth
Sarafina Bush, for colored girls who have considered suicide/when the rainbow is enuf
Emilio Sosa, Trouble in Mind
Jane Greenwood, Neil Simon’s Plaza Suite
Jennifer Moeller, Clyde’s

Melhor figurino em musical
Fly Davis, Caroline, or Change
Toni-Leslie James, Paradise Square
William Ivey Long, Diana, The Musical
Santo Loquasto, The Music Man
Gabriella Slade, Six: The Musical
Paul Tazewell, MJ

Melhor iluminação em peça
Jon Clark, The Lehman Trilogy
Jane Cox, Macbeth
Yi Zhao, The Skin of Our Teeth
Joshua Carr, Hangmen
Jiyoun Chang, for colored girls who have considered suicide/when the rainbow is enuf

Melhor iluminação em musical
Neil Austin, Company
Tim Deiling, Six: The Musical
Donald Holder, Paradise Square
Natasha Katz, MJ
Bradley King, Flying Over Sunset Jen Schriever, A Strange Loop

Melhor design de som em peça
Justin Ellington, for colored girls who have considered suicide/when the rainbow is enuf
Mikhail Fiksel, Dana H.
Palmer Hefferan, The Skin of Our Teeth
Nick Powell and Dominic Bilkey, The Lehman Trilogy
Mikaal Sulaiman, Macbeth

Melhor design de som em musical
Simon Baker, Girl From The North Country
Paul Gatehouse, Six: The Musical
Ian Dickinson for Autograph, Company
Drew Levy, A Strange Loop
Gareth Owen, MJ

Melhor coreografia
Camille A. Brown, for colored girls who have considered suicide/when the rainbow is enuf
Warren Carlyle, The Music Man
Carrie-Anne Ingrouille, Six: The Musical
Bill T. Jones, Paradise Square
Christopher Wheeldon, MJ

Melhores arranjos
David Cullen, Company
Tom Curran, Six: The Musical
Simon Hale, Girl From The North Country
Jason Michael Webb and David Holcenberg, MJ
Charlie Rosen, A Strange Loop

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal