COLUNAS

Capa da coluna sobre séries históricas com foto de The Great

Foto: Divulgação / Arte: Tangerina

O Cara da Locadora

7 séries históricas fora do óbvio para quem curtiu Bridgerton

Não importa se a trama se passa durante o Império Romano ou nas primeiras décadas do século 20, o que interessa é que há séries históricas para todos os gostos; conheça algumas das melhores

Rafael Argemon

Rafael Argemon

Como era de se esperar, a segunda temporada de Bridgerton é um sucesso absoluto da Netflix. O problema é que, agora que você terminou, o que ver em seguida? Não, você não vai ficar sem séries históricas para maratonar. Pelo menos não sob o nosso reinado de curadoria.

Intrigas palacianas, conflito de classes, crises políticas, descobertas científicas… Não importa se a trama se passa durante o Império Romano ou nas primeiras décadas do século 20, o que interessa é que há séries baseadas em fatos históricos para todos os gostos.

Reunimos aqui sete delas para quem, como nós, já está sentindo saudades de Bridgerton.

Coloque um traje de gala e senta que lá vem história!

A Idade Dourada (2022 – )

Cena da série A Idade Dourada

Trailer de A Idade Dourada

Pense em um Downton Abbey transportado para a Nova York de 1882

Criada e escrita por Julian Fellowes, A Idade Dourada transporta para os EUA toda a pompa e circunstância –e charme– de sua série anterior: a amada Downton Abbey. Com um elenco estelar encabeçado por Christine Baranski (de The Good Fight), Carrie Coon (de The Leftovers), Morgan Spector (de Homeland) e Denée Benton (de UnReal), a trama se passa na Nova York de 1882. Um período de imenso crescimento econômico que fez florescer uma classe de novos ricos. Na história, Bertha (Coon) acaba de se mudar para uma área nobre de Manhattan com seu marido George Russell (Spector), um magnata do ramo das ferrovias. Doida para entrar na alta sociedade local, ela é rechaçada pela aristocrática Agnes Van Rhijn (Baranski).
Onde ver: HBO Max 

Babylon Berlin (2017 – )

Cena da série Babylon Berlim

Volker Bruch é Gereon Rath, um detetive que mergulha nas entranhas do crime no período embrionário do nazismo

Divulgação

Superprodução da TV alemã, Babylon Berlin retrata um período histórico caótico e violento com muitas semelhanças ao que o mundo está vivendo nesse momento, o da ascensão do nazismo. Nos anos pós Primeira Guerra Mundial, durante a República de Weimar (1919-1933), o policial Gereon Rath (Volker Bruch), um traumatizado ex-combatente da Grande Guerra, é transferido da relativamente pacata Colônia para a loucura de Berlim com a missão de desbaratar uma rede de extorsão. Na capital, ele conhece Charlotte Ritter (Liv Lisa Fries), uma jovem que sonha em ser a primeira detetive mulher da polícia alemã. 
Onde ver: Globoplay

Os Bolenas: Uma Família Escandalosa (2021)

Cena da série Os Bolenas

Série combina depoimentos de historiadores com dramatizações sobre os bastidores do reinado de Henrique VIII

Divulgação

Ana Bolena, a segunda esposa de Henrique VIII, que morreu decapitada, pode ser a figura mais famosa da sua família, mas ela não é a única personagem polêmica num clã cuja história é repleta de intrigas e segredos. Produzida pela BBC, a série escrita e dirigida por Richard Curson Smith tem um interessantíssimo formato que combina depoimentos de historiadores especialistas no período com encenações de momentos cruciais na trajetória dos Bolena Interpretados por Rafaëlle Cohen, como Ana; Sam Retford, como seu irmão George; e Max Dowler, como o patriarca Thomas.
Onde ver: Belas Artes À La Carte

Poldark (2015 – 2019)

Épica série da BBC conta a saga de um ex-soldado britânico que precisa reconstruir a vida ao retorna para casa

Baseado em uma série de livros escritos pelo britânico Winston Graham entre 1945 e 2002, o épico da BBC retrata a saga de Ross Poldark (Aidan Turner), um soldado britânico dado como morto durante a Revolução Americana (1775-1784). Ao retornar à Inglaterra, ele descobre que seu pai morreu, que sua propriedade está em ruínas, que as minas de estanho de sua família perderam o valor e que seu grande amor, Elizabeth (Heida Reed), ficou noiva de seu primo. 
Onde ver: Globoplay

Roma (2005 – 2007)

Cena da série Roma

Trama retrata a turbulenta transição de república para império na Roma comandado por Júlio César

Divulgação

Mesmo com uma ótima recepção de crítica e público, a superprodução histórica da HBO era tão cara para ser produzida que não passou da segunda temporada. Uma pena, porque retratava a turbulenta transição de república para império romano comandado por Júlio César (Ciarán Hinds, que concorreu ao Oscar 2022 de melhor ator coadjuvante por Belfast) de uma maneira fantástica. É nesse período de expansão territorial e guerras civis que seguimos o próprio César ascendendo ao poder e os ex-centuriões Lucius Vorenus (Kevin McKidd) e Titus Pullo (Ray Stevenson), que têm de se adaptar à vida civil depois de retornar da famosa campanha de anexação da Gália (hoje, França).
Onde ver: HBO Max

The Great (2020 – )

Cena da série The Great

Trailer de The Great

Elle Fanning está incrível como Catarina II antes de ser conhecida como A Grande

Depois de retratar a vida da pouco conhecida Rainha Ana em A Favorita (papel que rendeu o Oscar de melhor atriz para Olivia Colman em 2019) de uma forma que equilibra muito bem drama e humor grotesco, o roteirista Tony McNamara resolveu contar a história de uma monarca bem mais famosa: Catarina II. Mas o período escolhido para a série se passa antes dela ganhar a alcunha de “A Grande”. A trama começa em meados do século 18, quando Catarina (Elle Fanning) chega à corte russa como a ingênua noiva alemã para Peter (Nicholas Hoult), o não tão grande herdeiro do trono.
Onde ver: Amazon Prime Video, Startzplay, Now e Pluto TV

The Knick (2014 – 2015)

Cena da série The Knick

Trailer de The Knick

Série foca nos avanços da medicina na passagem do século 19 para o 20.

Dirigida pelo cineasta Steven Soderbergh (de Onze Homens e um Segredo) quando decidiu se aposentar do cinema –ele mudou de ideia em 2017–, The Knick tem um tema bem peculiar: os avanços da medicina na passagem do século 19 para o 20. Quase toda filmada usando luz natural, de velas ou lamparinas, a série retrata o dia a dia do Knickerbocker, um dos poucos hospitais públicos sobreviventes no centro de Manhattan (NY). Lá, o Dr. John W. Thackery (Clive Owen) tenta encontrar uma técnica de cesária sem que a mãe ou a criança morram. Ao mesmo tempo que o hospital começa o processo de instalação de luz elétrica, algo que terá um gigantesco impacto na rotina de cirurgias, um novo profissional chega para ajudar o cocainômano Thackery: o Dr. Algernon Edwards (André Holland). Um médico negro que não será bem recebido por muitos colegas e pacientes.  
Onde ver: HBO Max

Siga O Cara da Locadora também no Instagram @caradalocadora

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Rafael Argemon

Rafael Argemon

Rafael Argemon é criador do perfil O Cara da Locadora no Instagram e também assina uma coluna com o mesmo nome na Tangerina, onde indica as pérolas escondidas nas plataformas de streaming. Cinéfilo e maratonador de séries profissional, passou por Estadão, R7, UOL, Time Out e Huffpost. Apaixonado por pugs, sagu e jogos do Mario.

Ver mais conteúdos de Rafael Argemon

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal