FILMES E SÉRIES

Abertura de Dragon Ball Z

Divulgação/Toei Animation

Anime

Sem dublagem brasileira, Dragon Ball chega ao catálogo da Crunchyroll

As três séries chegam ao serviço de streaming como parte da unificação do catálogo com a Funimation

Bruno Silva

Bruno Silva

Dragon Ball, Dragon Ball Z e Dragon Ball GT serão disponibilizados nesta terça-feira (15) no catálogo da Crunchyroll. Os três animes estarão disponíveis já aparecem no serviço de streaming e poderão ser assistidos a partir das 12h (horário de Brasília). É a primeira vez que as três séries poderão ser assistidas via streaming no Brasil. A série chegou a ser retirada do catálogo ao longo do dia, mas retornou por volta das 19h.

Entretanto, as três séries não terão a dublagem em português do Brasil em um primeiro momento. Elas chegam ao catálogo da Crunchyroll apenas com a dublagem em inglês. A adição de Dragon Ball ao serviço é parte da unificação de catálogos da Crunchyroll com a Funimation, feita em 1º de março.

Exibido de 1986 a 1989 no Japão, Dragon Ball adapta o mangá homônimo de Akira Toriyama, uma das obras mais populares da cultura pop japonesa. A série tem 153 episódios e acompanha a vida do jovem Goku em busca das sete Esferas do Dragão, capazes de realizar qualquer desejo. A série foi exibida no Brasil nos anos 1990 pelo SBT e pela Globo na TV aberta e pelo Cartoon Network na TV por assinatura. Veja a página de Dragon Ball na Crunchyroll.

Dragon Ball Z, por sua vez, adapta a segunda fase do mangá de Toriyama. A série foi exibida de 1989 a 1996 no Japão e foi responsável pela popularidade internacional do anime. Nessa parte da história, vemos um Goku adulto, casado e com filhos que descobre ser um saiyajin, espécie guerreira conhecida por dominar planetas.

Ao lado de antigos rivais que se tornam aliados, ele precisa defender a Terra de ameaças de outros planetas, como Vegeta, o príncipe dos saiyajins, e o terrível imperador Freeza. A série tem 291 episódios e foi exibida no Brasil pelo Cartoon Network em 1999. Depois, chegou à TV aberta por dois canais: a Band, que exibiu o anime até a saga Cell, e a Globo, que exibiu o restante do anime. Veja a página de Dragon Ball Z na Crunchyroll.

Imagem de Dragon Ball GT

Dragon Ball GT é continuação de Dragon Ball Z que não adapta histórias do mangá

Divulgação/Toei Animation

Por fim, Dragon Ball GT é uma série filler, ou seja, não é uma adaptação da história original do mangá. Na série, Goku é transformado novamente em criança por acidente por conta das Esferas do Dragão. Para voltar à forma adulta, ele precisa viajar o universo para buscar um novo conjunto de esferas mais poderoso, capaz de reverter esse desejo. A série tem 64 episódios e passou no Japão entre 1996 e 1997. No Brasil, foi exibida pelo Cartoon Network na TV por assinatura e pela Globo na TV aberta. Veja a página de Dragon Ball GT na Crunchyroll.

O lançamento encerra uma corrida por Dragon Ball em serviços de streaming no Brasil. A Crunchyroll tem desde 2015 Dragon Ball Super, quarto anime da franquia que se passa entre DBZ e DBGT. Em 2021, a Globoplay chegou a anunciar Dragon Ball em seu catálogo, mas a série não foi disponibilizada por lá até agora. Já a HBO Max pode adicionar em julho Dragon Ball Kai, uma versão remasterizada e sem fillers de Dragon Ball Z.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Bruno Silva

Bruno Silva

Editor de games e animes na Tangerina, Bruno Silva é brasiliense e fã de basquete. Jornalista, apresentador e streamer, foi co-criador do The Enemy e já publicou no Omelete, Nerdbunker, Metrópoles e Correio Braziliense.

Ver mais conteúdos de Bruno Silva

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal