FILMES E SÉRIES

Emilia Jones como Ruby Rossi em cena do filme No Ritmo do Coração (2021)

Divulgação/Prime Video

Oscar 2022

No Ritmo do Coração ganha o PGA e embola corrida pelo Oscar 2022

Remake de filme francês entra de vez na briga pelo Oscar de melhor filme com o até então favorito Ataque dos Cães

Rafael Argemon

Rafael Argemon

Ao ganhar o Producers Guild of America Awards (PGA) de melhor filme na madrugada deste domingo (20), No Ritmo do Coração entrou de vez pela briga pelo Oscar de melhor filme de 2022 com o até então favorito Ataque dos Cães. Além de No Ritmo do Coração, o sindicato dos produtores de cinema, televisão e mídias diversas dos Estados Unidos, premiou também Encanto como melhor animação e Summer of Soul (…ou, Quando A Revolução Não Pode Ser Televisionada) como melhor documentário..

O PGA é tradicionalmente um dos maiores termômetros da corrida pelo grande prêmio da noite do Oscar, que acontece no próximo domingo (27). E em 2022 essa indicação se mostra ainda mais decisiva, já que aconteceu apenas três dias antes da votação final do Oscar 2022. Ou seja, o PGA tem um poder de sugestão bem grande neste ano.

Com isso, no Ritmo do Coração, da Apple, ganhou bastante fôlego na disputa contra Ataque dos Cães. O filme da Netflix conquistou alguns os principais prêmios da temporada pré-Oscar, como o Bafta (da Academia Britânica de Cinema e Televisão), que de uns tempos pra cá vem ganhando peso no Oscar; e Critics Choice Awards, principal concorrente do Globo de Ouro, que perdeu força por conta de seu histórico negativo em relação à diversidade de seus votantes e falta de transparência do processo de indicação.

Porém, No Ritmo do Coração ganhou também outro prêmio de bastante prestígio: o de melhor elenco do SAG (sindicatos dos atores), seu equivalente a “melhor filme”. 

Quem ficou pra trás foi King Richard, que faturou o Eddie, prêmio do sindicato dos montadores. Antigamente, a categoria de melhor edição era um forte indicativo da vitória como melhor filme, mas essa “tradição” foi perdendo força com o passar dos anos.

A queda de Ataque dos Cães nas intenções de voto para melhor filme ainda possui outro agravante. A Netflix sofre um certo preconceito por parte de toda a indústria do cinema de Hollywood. Os grandes estúdios enxergam a gigante do streaming como uma ameaça ao futuro das exibições em salas de cinema. Por mais que a bilheteria não seja a única forma de lucrar com um filme, ela ainda é fundamental nessa conta.

Desde 2018, a Netflix vem tentando com afinco conquistar a glória máxima do Oscar investindo em produções mais autorais de diretores escolhidos a dedo. Como foi o caso de Roma, do cineasta Alfonso Cuarón; O Irlandês, de Martin Socrsese, e agora com Ataque dos Cães, dirigido pela neozelandesa Jane Campion, que segue como a favorita para vencer o Oscar 2022 de melhor direção.

No Oscar 2022, No Ritmo do Coração, remake americano do filme francês A Família Bélier (2014), concorre a três estatuetas: melhor filme, melhor ator coadjuvante (com o favoritíssimo Troy Kotsur) e melhor roteiro adaptado.

No Brasil, você pode assistir No Ritmo do Coração no Amazon Prime Video.

Veja aqui a premiação completa do PGA:

CINEMA

Melhor filme

  • Amor, Sublime Amor
  • Apresentando os Ricardos
  • Ataque dos Cães
  • Belfast 
  • Duna
  • King Richard: Criando Campeãs (Warner Bros)
  • Licorice Pizza
  • Não Olhe Para Cima
  • No Ritmo do Coração – VENCEDOR
  • Tick, Tick … Boom!

Melhor animação

  • Encanto – VENCEDOR
  • Luca
  • A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas
  • Raya e o Último Dragão 
  • Sing 2

Melhor documentário

  • Summer of Soul (…ou, Quando A Revolução Não Pode Ser Televisionada) – VENCEDOR
  • Ascensão
  • A Primeira Onda
  • Flee
  • In the Same Breath: Verdades e Mentiras da Pandemia
  • Operação Resgate na Tailândia
  • Simples Como a Água
  • Escrevendo com Fogo

TELEVISÃO

Melhor série de drama

  • The Handmaid’s Tale 
  • The Morning Show
  • Round 6
  • Succession – VENCEDOR
  • Yellowstone

Melhor série de comédia

  • Cobra Kai
  • Curb Your Enthusiasm
  • Hacks
  • Only Murders in the Building
  • Ted Lasso – VENCEDOR

Melhor minissérie

  • Mare of Easttown – VENCEDOR
  • Dopesick
  • ​​The Underground Railroad
  • WandaVision
  • The White Lotus

Melhor produção de não ficção para TV

  • 60 Minutes 
  • Allen v. Farrow
  • The Beatles: Get Back – VENCEDOR
  • Queer Eye 
  • Stanley Tucci: Searching for Italy

Melhor produção em entretenimento ao vivo, programa de variedade, esquete, stand-up e talk show

  • The Daily Show with Trevor Noah
  • Dave Chappelle: The Closer
  • Last Week Tonight with John Oliver – VENCEDOR
  • The Late Show with Stephen Colbert
  • Saturday Night Live

Melhor programa de competição

  • America’s Got Talent
  • Nailed It!
  • RuPaul’s Drag Race – VENCEDOR
  • Top Chef
  • The Voice

Leia mais: 

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Rafael Argemon

Rafael Argemon

Rafael Argemon é criador do perfil O Cara da Locadora no Instagram e também assina uma coluna com o mesmo nome na Tangerina, onde indica as pérolas escondidas nas plataformas de streaming. Cinéfilo e maratonador de séries profissional, passou por Estadão, R7, UOL, Time Out e Huffpost. Apaixonado por pugs, sagu e jogos do Mario.

Ver mais conteúdos de Rafael Argemon

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal