FILMES E SÉRIES

Capa previsoes Oscar com imagens de Troy Kotsur, Jane Campion e Will Smith

Fotos: Divulgação / Arte: Tangerina

Oscar 2022

Pra se dar bem no bolão: As principais previsões para o Oscar 2022

Filme, direção, ator, atriz... Analisamos as principais categorias do principal prêmio do cinema mundial

Rafael Argemon

Rafael Argemon

O dia 27 de março –data da cerimônia de entrega do Oscar– está quase aí. Ou seja, nos próximos dias o que se espera é que muitas pessoas acelerem o passo de suas maratonas cinéfilas e, claro, procurem descobrir quem são os favoritos para levar o principal prêmio do cinema mundial.

Se você precisa atualizar sua lista de filmes, a dica de onde assistir aos filmes do Oscar 2022 tá na mão, mas neste texto vamos analisar as reais chances dos finalistas das principais categorias do Oscar de levarem suas respectivas estatuetas pra casa.

Tirando a nova categoria favorito dos fãs, de filmes com forte apelo popular que normalmente não participam de festivais e premiações, o Oscar 2022 não trará lá muitas surpresas. 

Por quê? Nós explicamos aqui abaixo, onde dissecamos as categorias de filme, direção, ator, atriz, ator coadjuvante, atriz coadjuvante, roteiro original, roteiro adaptado, filme internacional, animação e documentário em longa-metragem, consideradas as principais do prêmio.

MELHOR FILME

Benedict Cumberbatch em cena do filme Ataque dos Cães (2021)

Benedict Cumberbatch é o tóxico cowboy Phil Burbank em Ataque dos Cães (2021), de Jane Campion

Divulgação/Netflix

Já com o resultado do Producers Guild of America Awards (prêmio do sindicato dos produtores) favorável a No Ritmo do Coração, a corrida pelo principal prêmio da noite embolou de vez. O PGA é um dos maiores indicativos da categoria e o resultado saiu apenas três dias antes da votação final do Oscar. Ou seja, tem um poder de sugestão bem grande.

O favoritismo de Ataque dos Cães já não é tão sentido. Tudo bem que o filme da Netflix conquistou o Bafta, premiação da Academia Britânica de Cinema e Televisão, que de uns tempos pra cá vem ganhando peso no Oscar, e o  Critics Choice Awards, mas o título da Apple faturou o SAG, prêmio do sindicato dos atores, de melhor elenco (seu equivalente a melhor filme).

Já as duas principais premiações do cinema independente, o Spirit e o Gotham Awards, deram seu maior prêmio para A Filha Perdida, que nem está na lista dos 10 finalistas do Oscar de melhor filme. King Richard ganhou um pequeno alento com o Eddie, prêmio do sindicato dos montadores. Mas a briga mesmo está entre Ataque dos Cães e No Ritmo do Coração, que pode ser a grande surpresa da cerimônia de entrega do Oscar.

FAVORITO: Ataque dos Cães e No Ritmo do Coração
PODE SURPREENDER: King Richard
CORRE POR FORA: Belfast e Amor, Sublime Amor
SEM CHANCE: Duna, Beco do Pesadelo, Licorice Pizza, Drive My Car e Não Olhe Para Cima

MELHOR DIREÇÃO

Phil Jones e Jane Campion nos bastidores de Ataque dos Cães (2021)

Phil Jones e Jane Campion nos bastidores de Ataque dos Cães (2021)

Kirsty Griffin/Netflix

Pode marcar aí no seu bolão: Jane Campion está com a mão na estátua. A diretora neozelandesa, que quase levou o prêmio em 1994 com O Piano, tem tudo para finalmente ganhar seu Oscar de melhor direção. Em 2022 ela já faturou a mesma categoria no DGA, Bafta e Critics Choice. Nos independentes Spirit e o Gotham, quem levou foi a estreante Maggie Gyllenhaal (A Filha Perdida) que nem está na corrida pelo Oscar da categoria.

FAVORITA: Jane Campion (Ataque dos Cães)
CORRE POR FORA: Kenneth Branagh (Belfast) e Steven Spielberg (Amor, Sublime Amor)
SEM CHANCE: Paul Thomas Anderson (Licorice Pizza) e Ryusyke Hamaguchi (Drive my Car)

MELHOR ATOR

Antes das principais premiações que precedem o Oscar, Benedict Cumberbatch (por Ataque dos Cães) disputava cabeça a cabeça com Will Smith, a estrela de King Richard: Criando Campeãs. Mas agora não tem mais pra ninguém. Smith já abocanhou praticamente tudo. Tirando o Spirit, que deu seu prêmio de melhor ator para Simon Rex, por Red Rocket, o ator que interpretou o pai das tenistas Venus e Serena Williams conquistou o prêmio do SAG, Bafta e Critics Choice Awards.

FAVORITO: Will Smith (King Richard: Criando Campeãs)
PODE SURPREENDER: Benedict Cumberbatch (Ataque dos Cães)
CORRE POR FORA: Andrew Garfield (Tick, Tick…BOOM!)
SEM CHANCE: Denzel Washington (A Tragédia de Macbeth) e Javier Bardem (Apresentando os Ricardos)

MELHOR ATRIZ

Os Olhos de Tammy Feye

Jessica Chastain em Os Olhos de Tammy Faye

Divulgação/Fox

O caos reinava na corrida para melhor atriz, mas, depois dos resultados de SAG, Bafta e Critics Choice, será muito improvável o prêmio não ir para as mãos de Jessica Chastain. Com uma leve chance de Olivia Colman (A Filha Perdida) surpreender, já que ela levou no Spirit e Gotham, além do fato da atriz britânica ser uma das queridinhas da Academia nos últimos anos, desde que venceu seu Oscar de melhor atriz por A Favorita, em 2019.

FAVORITA: Jessica Chastain (Os Olhos de Tammy Faye)
PODE SURPREENDER: Olivia Colman (A Filha Perdida)
CORRE POR FORA: Kristen Stewart (Spencer) e Nicole Kidman (Apresentando os Ricardos)
SEM CHANCE: Penélope Cruz (Mães Paralelas)

MELHOR ATOR E ATRIZ COADJUVANTES

As estatuetas do Oscar de melhor ator e atriz coadjuvantes são as maiores barbadas da premiação. Troy Kotsur, por No Ritmo do Coração, e Ariana DeBose por Amor, Sublime Amor dominaram os prêmios pré-Oscar. Kotsur ganhou “apenas” SAG, Bafta, Critics Choice, Spirit e Gotham. Ou seja, absolutamente tudo! DeBose chegou perto. Ela venceu no SAG, Bafta e Critics Choice.

FAVORITOS: Troy Kotsur (No Ritmo do Coração) e Ariana DeBose (Amor, Sublime Amor)
CORRE POR FORA: Kodi Smit-McPhee (Ataque dos Cães), Ciarán Hinds (Belfast), Kirsten Dunst (Ataque dos Cães) e Aunjanue Ellis (King Richard: Criando Campeãs)
SEM CHANCE: Jesse Plemons (Ataque dos Cães), J.K. Simmons (Apresentando os Ricardos), Jessie Buckley (A Filha Perdida) e Judi Dench (Belfast)

MELHORES ROTEIROS

Aí sim temos uma disputa! As categorias mais imprevisíveis do Oscar 2022 são as de roteiro original e adaptado, já que nas premiações, até aqui, não há unanimidade. Por isso, fica ainda mais importante saber o resultado do Writers Guild of America Awards, prêmio do sindicato dos roteiristas que só será anunciado neste sábado (19).

Por enquanto, o único filme que ganhou na categoria de duas premiações distintas foi A Filha Perdida. Maggie Gyllenhaal conquistou os independentes Spirit e Gotham, que não fazem distinção entre adaptado e original. No Oscar, o filme concorre como roteiro adaptado. Já no original, o Bafta elegeu o roteiro de Licorice Pizza, escrito pelo diretor Paul Thomas Anderson; e o Critics Choice optou por Belfast, escrito também por seu diretor, Kenneth Branagh.

ORIGINAL

FAVORITOS: Belfast (Kenneth Branagh) e Licorice Pizza (Paul Thomas Anderson)
CORRE POR FORA: King Richard: Criando Campeãs (Zach Baylin)
SEM CHANCE: Não Olhe Para Cima (Adam McKay e David Sirota) e A Pior Pessoa do Mundo (Eskil Vogt e Joachim Trier)

ADAPTADO

FAVORITO: Ataque dos Cães (Jane Campion)
PODE SURPREENDER: A Filha Perdida (Maggie Gyllenhaal)
CORRE POR FORA: No Ritmo do Coração (Sian Heder)
SEM CHANCE: Drive my Car (Ryusyke Hamaguchi) e Duna (Jon Spaihts, Denis Villeneuve e Eric Roth)

MELHOR FILME INTERNACIONAL

Talvez a categoria preferida dos brasileiros, a de Filme Internacional mais uma vez, não tem um representante do nosso país. Nos últimos anos, alguns filmes pouco cotados surpreenderam, mas em 2022 será muito improvável essa estatueta não ficar com o japonês Drive my Car. O filme de Ryusyke Hamaguchi está com tanta moral na Academia que concorre também em mais três categorias de peso do Oscar, de melhor filme (primeiro japonês a conseguir isso na história da premiação), direção e roteiro adaptado. Não vai levar nenhuma dessas “principais”, mas a de filme internacional está no papo. Por quê? Drive my Car já acumula em sua prateleira de prêmios o Bafta, Critics Choice, Spirit e Gotham, além de ganhar os prêmios da crítica e do júri popular no prestigiado Festival de Cinema de Cannes, em 2021.

FAVORITO: Drive my Car (Japão)
CORRE POR FORA: A Pior Pessoa do Mundo (Noruega)
SEM CHANCE: Flee (Dinamarca), A Mão de Deus (Itália) e A Felicidade das Pequenas Coisas (Butão)

MELHOR ANIMAÇÃO

Mesmo que Encanto, da Disney, esteja na dianteira, essa categoria pode surpreender. No entanto, surpresas não são nada comuns entre as animações. Ou seja, quer uma aposta mais conservadora, vá em Encanto. Mas… A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas estão surgindo com bastante força, já que, além de conquistar o prestigiado Annie Awards (premiação exclusiva para animações), também ganhou o Critics Choice. Encanto levou o Bafta, o Art Directors Guild Awards, o PGA e o Eddie Awards.

FAVORITO: Encanto
PODE SURPREENDER: A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas
CORRE POR FORA: Flee
SEM CHANCE: Luca e Raya e o Último Dragão

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Cena do documentário Summer of Soul

Documentário de Questlove pode levar a estatueta

Divulgação/Disney+

Aqui não há dúvidas. Certo como o Oscar de melhor ator coadjuvante vai para Troy Kotsur, o de melhor documentário em longa-metragem será de Summer of Soul (…ou, Quando A Revolução Não Pode Ser Televisionada). O filme que marca a estreia do músico Questlove –baterista do grupo The Roots– como diretor, ganhou quase tudo. Tirando o Gotham, que preferiu o doc animado dinamarquês Flee, Summer of Soul conquistou prêmios no Bafta, Critics, Spirit, PGA e Eddie. O diretor de Attica levou o DGA, o que dá ao filme uma chance bem pequena. Mínima mesmo, quase nenhuma.

FAVORITO: Summer of Soul (…ou, Quando A Revolução Não Pode Ser Televisionada)
CORRE POR FORA: Flee e Attica
SEM CHANCE: Acension e Writing With Fire

Leia também

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Rafael Argemon

Rafael Argemon

Rafael Argemon é criador do perfil O Cara da Locadora no Instagram e também assina uma coluna com o mesmo nome na Tangerina, onde indica as pérolas escondidas nas plataformas de streaming. Cinéfilo e maratonador de séries profissional, passou por Estadão, R7, UOL, Time Out e Huffpost. Apaixonado por pugs, sagu e jogos do Mario.

Ver mais conteúdos de Rafael Argemon

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal