Cheio de referências, Padrinhos Mágicos marcou uma geração - Tangerina

FILMES E SÉRIES

Wanda, Timmy, Cosmo e Poof

Reprodução/Nickelodeon

MUNDO DAS FADAS

Cheio de referências pop, Os Padrinhos Mágicos marcou uma geração

Durante seus 16 anos no ar, Os Padrinhos Mágicos (2001-2017) se inspirou em Schwarzenegger, Britney Spears e até transformou a banda Kiss em animação

Giulianna Muneratto

Uma das mais icônicas séries de animação da Nickelodeon, Os Padrinhos Mágicos (2001-2017) acompanhou toda uma geração durante seus 16 anos no ar. Em dez temporadas, que chegaram ao fim em 26 de julho de 2017, o público viu as aventuras de um garotinho de boné rosa chamado Timmy Turner. Para enfrentar grandes perigos na infância, como pais negligentes, uma babá do mal e um professor maluco, o garoto foi agraciado com padrinhos mágicos, que realizavam seus desejos e tornavam sua vida um pouco mais fácil.

Criada por Butch Hartman, a série fez um sucesso estrondoso e teve seus episódios reprisados quase que diariamente por anos. Cosmo e Wanda se tornaram o sonho de consumo de qualquer criança que cresceu nos anos 2000, e a animação chegou a ganhar três filmes live-actions e até um crossover com outros sucessos da Nickelodeon, como Jimmy Neutron (2002-2006). 

Durante seu tempo de exibição, não faltaram referências incríveis para compor a história de Timmy Turner –em meio a tantos desejos, o garoto chegou a conhecer uma versão parodiada da cantora Britney Spears e até o ator Adam West (1928-2017), o Batman da TV!

A Tangerina separou algumas dessas referências para você relembrar os momentos e personagens mais marcantes de Os Padrinhos Mágicos, que chegava ao fim há exatos cinco anos:

Professor Crocker

Professor Crocker e Walter Kornbluth

Denzel Crocker foi inspirado em Walter Kornbluth, tanto na aparência como na obsessão por criaturas mágicas

Reprodução

Perdendo somente para Vicky, a babá que fazia a vida de Timmy um verdadeiro inferno, o segundo maior arqui-inimigo do protagonista era o professor Denzel Crocker.

Ele era completamente obcecado por provar a existência de fadas, e sua aparência e seu jeito foram inspirados em um personagem bastante peculiar: Walter Kornbluth, interpretado por Eugene Levy, do filme Splash: Uma Sereia em Minha Vida (1984). 

Também antagonista do filme, Dr. Walter era um cientista excêntrico que dedicava sua vida à descoberta de criaturas marinhas lendárias –mais especificamente, sereias. Um paralelo inegável com o professor que perseguia Timmy Turner por desconfiar piamente que o garoto tinha fadas. 

Jorgen Von Estranho

Jorgen Von Estranho

Apesar de lembrar Jean-Claude Van Damme, Jorgen foi inspirado em Arnold Schwarzenegger

A fada mais forte e poderosa do Mundo das Fadas, responsável por impor as tão temidas regras às crianças que têm padrinhos mágicos, não contava com a aparência doce e frágil das demais.

Para quem não lembra, Jorgen era uma fada musculosa, com aparência bastante masculinizada, que usava roupa de exército e jatos no lugar das asas. Essa figura tão importante da animação foi inspirada em um famoso ator e fisiculturista: Arnold Schwarzenegger.

E o grande líder do mundo das fadas não foi o único inspirado no ex-governador da Califórnia. O ator de Exterminador do Futuro (1984) também serviu de base para Arnold Schwartzengerman, que apareceu no 11º episódio da terceira temporada. No episódio, os amigos de Timmy, Tad e Chad, criaram uma nova versão de Hamlet, estrelada por ninguém mais ninguém menos do que uma versão parodiada de Arnold Schwarzenegger.

Britney Britney

Britney Britney de Os Padrinhos Mágicos

A cantora pop Britney Britney não podia ter outra referência, senão Britney Spears

Reprodução/Nickelodeon

Não há inspiração mais óbvia para Britney Britney do que a estrela pop Britney Spears. Assim como a cantora real, a Princesa da Platina do desenho da Nickelodeon era famosa desde criança, tinha longos cabelos loiros e se vestia como Britney no auge de sua carreira.  

Sua primeira aparição foi no episódio com a famosa Convenção das Fadas organizada por Cosmo, mas a personagem se tornou tão queridinha que chegou a aparecer de maneira recorrente na série.

Chip Skylark

Chip Skylark e Chris Kirkpatrick

Chip Skylark foi inspirado e dublado por Chris Kirkpatrick, do 'N Sync

Reprodução/Nickelodeon/Youtube

Se você já assistiu a Os Padrinhos Mágicos, certamente já passou um tempo com músicas como Icky Vicky ou Meus Dentinhos ecoando na cabeça. Os hits chiclete eram interpretados por Chip Skylark, mais um dos artistas que apareciam de forma recorrente na animação.

O artista pop tem uma inspiração quase que óbvia em cantores de boyband –mais especificamente no ‘N Sync, famosa boyband dos anos 1990, da qual participou Justin Timberlake. A inspiração, na verdade, era Chris Kirkpatrick –e não somente pela semelhança visual, mas porque o personagem também era dublado pelo próprio cantor na versão norte-americana do desenho. 

Homem-Gato

Homem-Gato de Os Padrinhos Mágicos

O ator Adam West emprestava sua voz ao Homem-Gato de Os Padrinhos Mágicos

Reprodução/Nickelodeon

O engraçadíssimo Homem-Gato é um herói incompetente de Dimmsdale que foi não somente inspirado, mas também dublado pelo saudoso Adam West (1928-2017). O Homem-Gato tem uma forte inspiração no Batman – O Homem Morcego (1966), mas também fazia referência ao personagem de mesmo nome da DC. 

Adam West já apareceu na série em diversos episódios como ele mesmo e era um dos grandes ídolos de Timmy Turner.

Banda Kiss

Banda Kiss em Os Padrinhos Mágicos

Paul Stanley e Gene Simmons concordaram em dublar a versão animada da banda Kiss

Reprodução/Nickelodeon

Nem só de referências do mundo pop viveu Os Padrinhos Mágicos: em um episódio especial dividido em três partes, Timmy Turner foi escolhido para salvar o universo. Para isso, precisou ir a um festival de rock da Idade Média para recuperar uma varinha mágica. Para a surpresa de todos, quem estava nesse festival? A banda Kiss

A princípio, os produtores pensaram em criar um grupo fictício inspirado nos astros de rock, mas o Kiss gostou muito da ideia de participar do desenho. Além de permitirem a utilização das músicas na animação, Paul Stanley e Gene Simmons emprestaram suas vozes aos personagens e dublaram eles mesmos. Que moral!

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ

Giulianna Muneratto

Jornalista pela Faculdade Cásper Líbero. Adora um filme clichê, música pop e sonhava em ser cantora de cruzeiro, mas não tem talento pra isso.

Ver mais conteúdos de Giulianna Muneratto

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal